Página inicial EuropaMontenegro Confira 8 dicas de Montenegro que você precisa saber antes de viajar

Confira 8 dicas de Montenegro que você precisa saber antes de viajar

por Escolha Viajar
Dicas de Montenegro que você precisa saber antes de viajar

Montenegro é uma pequena joia do leste europeu ainda muito pouco conhecida entre brasileiros. Mas o país já é destino certo de férias de verão de muitos habitantes do Velho Continente, principalmente porque desbanca a vizinha Croácia no quesito preços acessíveis. Além de abrigar algumas das praias mais lindas dessa parte do mundo, este minúsculo país conquista cada vez mais viajantes com um verão repleto de sol e calor, belezas naturais e cidades medievais cheias de charme. Aliás, este é um dos poucos – senão o único – lugares do mundo onde você poderá curtir uma praia à sombra de muralhas com mais de meio século de idade. Para quem ficou com vontade de embarcar, selecionamos algumas dicas de Montenegro.

⇒ ONDE SE HOSPEDAR EM MONTENEGRO e gastar pouco
⇒ GUIA DE VIAGEM MONTENEGRO: Tudo que você precisa saber!

Nada complexo porque, apesar de seu um país abriu as portas para o turismo apenas a partir de 2006 – quando decidiu se separar da Sérvia – Montenegro é um lugar muito fácil de visitar e sem resquícios da guerra civil que assolou a antiga Iugoslávia. Mas, como dissemos acima, ainda há pouca informação sobre ele para brasileiros, então compilamos algumas dicas de Montenegro básicas, como clima, transporte, religião, quanto vai custar etc. E também algumas curiosidades, como o fato de que o país, apesar de ser menor do que o estado de Pernambuco, abriga o maior cânion do continente europeu!

Confira oito dicas de Montenegro que você precisa saber antes de viajar:

Dicas de Montenegro 1 – Mais que um bate-volta

Muita gente se contenta em ‘conhecer’ o país fazendo um passeio de bate-volta desde a cidade de Dubrovnik, na Croácia, até Kotor, a localidade mais turística de Montenegro. Ambas estão a apenas 93 quilômetros de distância uma da outra, sendo que a croata está há muito mais tempos no ‘mercado’ do turismo mundial e é uma cidade medieval muito popular por ter servido de cenário para a série ‘Game of Thrones’. Kotor é uma irmã menor, mas igualmente linda e que merece ser explorada por pela menos um dia inteiro.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

⇒ Vai para Kotor? Reserve aqui sua hospedagem pelo Booking ⇐

Além disso, Montenegro tem muitas outras atrações imperdíveis a oferecer ao turista além de cidades medievais. O país é o balneário de férias favorito de russos e ingleses, abriga algumas das praias mais lindas da Europa, o maior cânion do Velho Continente, mosteiros ortodoxos e seus famosos afrescos, baladas e restaurantes de primeira, parques com montanhas a perder de vista, lagos, esportes de aventura e trilhas de bike. Portanto, programe-se para passar alguns dias explorando o país em vez de se contentar apenas com um aperitivo de poucas horas.

Dicas de Montenegro - Atrações

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas de Montenegro 2 – Prepare-se para gastar pouco

Montenegro é um país que, assim, como a Grécia, adoto o euro por moeda oficial, mas não tem uma economia que sustente sua força. Isso significa que, mesmo tendo uma divisa cara para o brasileiro, as coisas por lá custam tão barato quanto em outras nações do leste europeu que não usam o euro, como a Croácia ou a República Tcheca. Além disso, é sempre econômico fazer uma viagem para um país tão pequeno. Em Montenegro, é possível encontrar hospedagem em quartos compartilhados de albergue por menos de US$ 20, mesmo na alta temporada de férias de verão (junho-agosto).

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

Os ‘day tours’ que saem de Budva e Kotor e percorrem basicamente TODAS as atrações turísticas do país custam menos de US$ 40. Muitas das atrações do país, como as próprias cidades medievais de Budva e Kotor, são de livre acesso, assim como as praias e a maioria das igrejas. Já para comer bem e barato, é preciso sair das zonas extremamente turísticas e procurar os restaurantes locais. Fora dos muros das cidades medievais, você consegue fazer refeições completas para duas pessoas por preços como US$ 19 em Budva e US$ 10 em Kotor. Confira aqui o relato completo de quanto custa viajar para Montenegro.

Dicas de Montenegro - Custos

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas de Montenegro 3 – Cuidado com a hospedagem

Existe apenas uma coisa com a qual você deve tomar cuidado para fazer uma viagem econômica a Montenegro: hospedagem. Principalmente se estiver viajando na alta temporada de férias europeia, que vai de junho a agosto. Lar de algumas das praias mais lindas da Europa, o país é o balneário de férias favorito de russos e ingleses, que lotam os hotéis, hostels e apartamentos e jogam os preços nas alturas nessa época do ano. Por isso, é preciso garimpar um pouco e se preparar para abrir mão de um quarto privado se quiser gastar pouco com o lugar onde vai ficar.

⇒ Vai para Budva? Reserve aqui sua hospedagem pelo Booking ⇐

Ao aceitar se hospedar em albergues, você consegue não apenas preços baixos como também algo que um hotel grande não pode dar: localização privilegiada dentro das muralhas das cidades medievais. Nos dois principais polos turísticos do país, é possível encontrar camas em dormitórios compartilhados por US$ 11 no Montenegro Hostel Kotor, e por US$ 17 no Montenegro Hostel Budva. E esse é o preço da alta temporada! Se você não abre mão de um quarto só seu, os mesmos albergues oferecem acomodações privativas, mas aí é claro que os custos sobem.

Dicas de Montenegro - Hospedagem

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas de Montenegro 4 – Clima (e quando viajar)

Localizado na porção sul do leste europeu, entre a Albânia e a Croácia, Montenegro se beneficia de um clima privilegiado entre muitos colegas de continente. Embora a neve seja forte e constante nas montanhas do interior de dezembro a março, no litoral, onde ficam as cidades turísticas de Budva e Kotor, o calor é bem mais generoso. Por isso, os melhores meses para conhecer o país e suas belas praias são os de primavera e verão – de maio a agosto, sendo que neste último a temperatura da água do mar pode chegar a 25ºC. Na capital, Podgorica, as temperaturas médias mínimas e máximas ficam entre 1ºC e 15ºC no inverno, e de 9ºC a 25ºC na primavera, e de 17ºC a ºC no verão.

Dicas de Montenegro - Clima

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas de Montenegro 5 – Um país ortodoxo

Montenegro está localizado em uma região da Europa onde confluem diferentes crenças religiosas – e que por isso mesmo foi palco de tantas guerras civis. Enquanto a vizinha Croácia é católica, a vizinha Bósnia-Herzegovina é muçulmana. Mas, assim como a Sérvia, de quem fez parte até 2006, Montenegro segue a Igreja Ortodoxa. Embora sejam cristãos como nós, brasileiros de maioria católica e evangélica, os ortodoxos levam a religião a rédeas muito mais curtas do que estamos acostumados.

Por isso, se for visitar algum dos belos monastérios de Montenegro – como o sensacional Ostrog, escavado no relevo de uma montanha – respeite os costumes locais. Se não estiver acompanhado de um guia, pergunte primeiro se é permitido entrar no templo naquele horário, o que nem sempre é possível. Tenha uma echarpe à mão para cobrir ombros ou pernas à mostra. E não tire fotos dos famosos afrescos que costumam cobrir paredes e teto destes locais, pois, além de proibido, esse ato colabora para destruí-los mais rapidamente.

Dicas de Montenegro - Religião

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas de Montenegro 6 – Transporte fácil, fácil

Devido a sua área de apenas 13.810 quilômetros quadrados – metade do tamanho do menor Estado brasileiro, Sergipe –, transporte nunca será problema em Montenegro. Se tiver orçamento, você pode alugar um carro e fazer tudo por conta própria, embora algumas estradas do país possam ser bem estreitas e sinuosas. Se não se sentir à vontade para dirigir, pode se deslocar de táxi, já que corridas mesmo de uma cidade para outra não costumam sair a preços absurdos porque as distâncias nunca são grandes. Um motorista nos ofereceu o trajeto da capital, Podgorica, até o balneário de Budva por apenas US$ 40.

Mas a opção mais econômica para se deslocar é a bordo dos ônibus intermunicipais, que partem com boa frequência das cidades turísticas, e percorrer as atrações do país com os ‘day tours’. Basta montar base em uma ou duas cidades – as mais buscadas são Kotor e Budva – e contratar os passeios no hotel ou nas agências espalhadas pelas ruas. Assim, você poderá visitar o cânion de Tara, o Parque Durmitor e , o Monastério Ostrog, o Lago Skadar, o Monte Lovcen e o Mausoléu de Njegos em um ou dois dias de viagem.

Dicas de Montenegro - Transporte

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas de Montenegro 7 – Maior cânion da Europa

Embora Montenegro seja um país minúsculo, a região do Rio Tara é um lugar para se falar de superlativos. É lá que estão localizados o maior cânion da Europa e também a mais longa tirolesa em atividade no Velho Continente. O rio está localizado na região nordeste de Montenegro e corre por 144 quilômetros, até a fronteira com a Bósnia, sendo muito popular entre praticantes de rafting. Já o cânion faz parte do Parque Nacional de Durmitor, além de ser Patrimônio da UNESCO. Sua extensão é de 78 quilômetros, alcançando 1.300 metros de profundidade.

Se você quiser um passeio com emoção, pode fazer rafting nas corredeiras do cânion contratando um tour especializado, ou cruzar o desfiladeiro de tirolesa, que fica junto à ponte Djurdjevitsa e tem 350 metros de extensão. A maioria dos tours para exatamente nesta parte, pois quem não quiser a ‘emoção’ pode cruzar essa bela ponte de arcos de concreto e admirar as cores impressionantes do cânion e do rio Tara lá embaixo.

Dicas de Montenegro - Cânion de Tara

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas de Montenegro 8 – Brasileiros não precisam de visto

Brasileiros não precisam de visto para viagens de turismo a Montenegro, por até 90 dias. Ao entrar no país, você deve apresentar apenas um passaporte válido.

Dicas de Montenegro - Visto

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve em Montenegro em junho de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais