Página inicial AméricaArgentina Quanto custa viajar para Ushuaia? Saiba como gastar só US$ 72 por dia

Quanto custa viajar para Ushuaia? Saiba como gastar só US$ 72 por dia

por Escolha Viajar
Letreiro com a palavra Ushuaia é atração na baía da cidade

Está planejando as férias e quer saber quanto custa viajar para Ushuaia? Esta cidade nos confins da Argentina ostenta o título de ‘fim do mundo’ e atrai milhões de turistas em busca de frio intenso e natureza exuberante aos pés dos Andes. Infelizmente, essa não é uma viagem barata. Mas vamos mostrar na ponta do lápis quanto custa viajar para Ushuaia e como gastar só US$ 72 por pessoa ao dia, economizando no que é possível e sem abrir mão do melhor da cidade!

⇒ Reserve já seu hotel em Ushuaia e garanta os melhores preços! ⇐

O primeiro fator a se levar em consideração na hora de calcular quanto custa viajar para Ushuaia é o transporte. Não é necessário alugar um carro para circular pela cidade, pois há plena oferta de transfers e traslados para os locais mais distantes do centro. Um deles é o aeroporto. Se você vai chegar até Ushuaia por via aérea, como a maioria dos turistas, pode contratar transporte até o seu hotel aqui por apenas US$ 6.

A maioria dos visitantes prefere conhecer as atrações da cidade a bordo de tours, então não precisa se preocupar com transporte. Mas quem quer economizar um pouco e conhecer pontos turísticos por conta própria, pode contratar um transporte junto ao seu hotel, chamar um Uber ou mesmo pedir carona. É o caso das trilhas para a Laguna Esmeralda e o Glaciar Martial, que são atrações gratuitas e onde não se necessita contratar um tour ou um guia.

Outro local de fácil acesso ao turista é o Parque Nacional Terra do Fogo. Há transporte regular de vans desde o centro da cidade até diversos pontos dentro do parque ao custo de US$ 14 ida e volta. Elas partem de um ponto localizado entre as avenidas Maipú e Juana Fadul, ao lado do posto de gasolina YPF. Os horários de funcionamento variam conforme a estação do ano, então é bom perguntar antes no seu hotel ou no centro de informações ao turista.

⇒ FOTOS DE USHUAIA! Uma ‘viagem’ à cidade em 60 imagens ⇐

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Mas é claro que, se o seu orçamento de viagem não é tão apertado, você pode alugar um carro. O preços para três dias partem de US$ 147. Os valores foram pesquisados no site da RentCars, que reúne as melhores locadoras do Brasil em um só lugar e facilita a sua vida para alugar um carro. Para fazer sua cotação, clique aqui! Falando em tours, saiba que eles vão pesar bastante no seu cálculo de quanto custa viajar para Ushuaia.

Por isso, recomendamos que você faça com agências de viagem apenas aqueles que não há possibilidade de ir por conta própria. Como dissemos mais acima, você pode visitar sozinho e de graça a Laguna Esmeralda e o Glaciar Martial. A Laguna Esmeralda é um trekking de 9,4 km ida e volta por uma trilha razoavelmente bem sinalizada. Sempre tem muita gente indo e vindo, não tem como se perder. Nós fizemos por conta própria e não vimos nenhuma necessidade de um guia.

Mulher admira a Laguna Esmeralda, com o Glaciar Ojo del Albino ao fundo

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Quem optar por contratar um tour para fazer a caminhada, vai desembolsar mais de US$ 70! Mas, se esta for a melhor opção para você, faça sua reserva aqui. Não tivemos a oportunidade de ir ao Glaciar Martial, mas lemos vários relatos de outros viajantes na internet de que é muito fácil ir por conta própria. A trilha dura cerca de 5 horas (não encontrei a quilometragem exata) e é muito bem sinalizada.

⇒ QUANTO CUSTA VIAJAR PARA BUENOS AIRES? Prepare seu bolso

Tanto que quase nenhuma agência vende mais o passeio ao Martial. Quem faz, cobra cerca de US$ 50. Além disso, se você não quer subir ao topo da geleira a pé, pode optar por ir de teleférico. Ele não funciona durante todos os meses do ano, costumando ficar em manutenção no verão, então é preciso questionar no seu hotel ou pousada se haverá disponibilidade no período em que você estiver em Ushuaia. O ticket custa US$ 15, bem menos que o tour!

Outro passeio que é possível fazer por conta própria e economizar muito dinheiro é ao Parque Nacional Terra do Fogo. Como dissemos mais acima, o transporte de van custa US$ 14 e o ingresso sai mais US$ 17. Você só vai gastar mais se quiser carimbar seu passaporte no famoso ‘Correio do Fim do Mundo’, que fica dentro do parque. Custa US$ 2,50. Quem preferir fazer o passeio com uma agência vai gastar a partir de US$ 40, e você pode fazer a sua reserva aqui.

Passaporte com estampa especial em frente ao 'Correio do Fim do Mundo'

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Mas nem todos os tours em Ushuaia podem ser feitos por conta própria, e é aí que recomendamos que você invista o dinheiro que economizou nos passeios anteriores. Por que eles não são nada baratos… O primeiro é o trekking ao Glaciar Vinciguerra. Esse é um ponto turístico menos popular em Ushuaia, mas que vem sendo procurado por um número cada vez maior de visitantes. Quando fizemos, nosso grupo estava com a lotação máxima!

⇒ ROTEIRO EM BUENOS AIRES: O que fazer em 1, 2 ou 3 dias

A caminhada de 13 quilômetros ida e volta é bem puxada e quase sem sinalização, por isso recomenda-se fazer com um guia se você não for um trilheiro experiente. Indicamos fazer o passeio com a agência Brasileiros em Ushuaia, que cobra a partir de US$ 60 pelo tour (acesse aqui para mais informações e reservas). Outro passeio imperdível – e caro – que você terá que fazer com uma empresa de turismo é a navegação pelo Canal de Beagle + Caminhada com Pinguins.

Várias agências fazem a navegação pelo Canal de Beagle com observação dos pinguins de dentro do barco, mas apenas UMA leva você a caminhar com os pinguins de Isla Martillo. Por isso, é importante marcar o tour com antecedência, pois a procura é grande! Novamente, indicamos fazer o passeio com a agência Brasileiros em Ushuaia, que cobra a partir de US$ 125 (reservas aqui). Você vai gastar mais US$ 8,50 pela entrada na Estância Harberton e US$ 0,50 de taxa portuária.

Pinguim de Magalhães cruza passarela na Isla Martillo

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

O próximo item da sua lista de quanto custa viajar para Ushuaia é a hospedagem. É possível encontrar hotéis e pousadas muito bem avaliados no site de reservas Booking e com localização próxima ao centro por entre US$ 60 e US$ 150 a diária para o casal. Entre elas o MIL810 Ushuaia Hotel, por US$ 74 a diária (reservas aqui); o Los Calafates B&B, por US$ 48 a diária (reservas aqui); e a Posada Del Fin Del Mundo, por US$ 50 a diária (reservas aqui).

⇒ COMO ECONOMIZAR DINHEIRO PARA VIAJAR? 10 dicas essenciais ⇐

Se você quer economizar mais e não se importa em ficar longe do centro, recomendamos o Departamentos Temporarios Ushuaia 2. É um minúsculo apartamento para duas pessoas que nos recebeu em nossa viagem e atendeu perfeitamente nossas necessidades. Como estávamos de moto, a distância de 2,5 quilômetros do centro não era um problema e, assim, conseguimos fazer uma bela economia! A diária custou US$ 29 para duas pessoas (reservas aqui).

Só nos resta falar sobre alimentação, que é algo que sai caro em Ushuaia se você quiser fazer suas refeições nos restaurantes do centro e experimentar os pratos característicos da cidade. No Tía Elvira, o mais famoso de Ushuaia, a centolla – crustáceo gigante típico do Pacífico – sai a partir de US$ 12 sem guarnições. Se quiser fresquinha, retirada ainda viva do aquário, o preço sobe para US$ 37 a centolla média e US$ 43 a grande.

Quarta de apartamento alugado em Ushuaia

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Já a merluza negra, outro prato típico de Ushuaia, sai por US$ 15 sem qualquer acompanhamento. Se colocar uma garrafa de vinho na jogada, pode aumentar a conta em pelo menos mais US$ 12. Já o Casimiro Biguá, serve o famoso cordeiro patagônico a partir de US$ 6 sem guarnições. A parrillada patagônica para duas pessoas sai por US$ 10. Lembre-se que nos restaurantes argentinos, se você não solicitar a retirada dos ‘cubiertos’ da mesa, eles serão cobrados na conta.

⇒ VIAJE GASTANDO POUCO! 12 destinos entre R$ 4.000 e R$ 7.000 ⇐

‘Cubiertos’ são pequenos tira-gosto, como bolachinhas salgadas, azeitonas ou pão, que ficam na mesa para você beliscar enquanto espera a comida. Só que eles são cobrados mesmo que você não coma, por isso é preciso solicitar a retirada se você não quiser ser taxado por isso. Falando em economizar, a melhor forma de gastar pouco com comida em Ushuaia é indo aos supermercados e cozinhando no seu local de hospedagem.

Ou ainda, pegando comida pronta nas parrillas locais. Bem pertinho de onde estávamos hospedados, por exemplo, havia a Parrilla Dany. Então, comprávamos nos minimercados os itens para o nosso café da manhã, para fazer sanduíches para levar de almoço nos passeios e bebidas. À noite, nos abastecíamos com frango assado, churrasco, linguiça e babatas fritas da Dany e levávamos para comer no apartamento. Assim, gastávamos menos de US$ 6 por jantar para duas pessoas!

Restaurante serve o típico cordeiro patagônico com batatas fritas

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Nem por isso deixamos de provar a deliciosa culinária argentina, já que não há nada mais típico que as parrillas, mesmo sendo as pequenas de bairro. Uma porção de churrasco + batatas fritas para duas pessoas saía por US$ 4,50. Além disso, provamos muitas cervejas locais – inclusive produzidas na própria Ushuaia! -, todas disponíveis nos minimercados por cerca de US$ 1. O turismo em Ushuaia custa caro, mas tivemos sucesso em fazer economia sem perder o melhor da cidade!

⇒ QUANTO CUSTA CERVEJA PELO MUNDO? Veja preços em 38 países ⇐

O Escolha Viajar passou 4 dias em Ushuaia em março de 2020 e gastou um total de US$ 574,21, o equivalente a US$ 71,77 por pessoa a cada dia. Vale destacar que esta foi uma viagem onde tentamos economizar ao máximo, pois estávamos de moto e, com isso, os gastos em combustível e hospedagem ao longo dos 5.000 quilômetros que percorremos até chegar a Ushuaia já foram bem pesados. Por isso, optamos pela hospedagem bem avaliada mais econômica que encontramos.

Também tivemos que nos limitar a não ir comer em nenhum restaurante, optando sempre por fazer compras nos minimercados ou nas parrillas e levar para cozinhar no apartamento. Além disso, fizemos por conta própria todos os tours que era possível, deixando para gastar dinheiro com os passeios em que não era possível ir sozinho. E, graças à moto, não gastamos com transporte. Veja a lista completa de despesas, saiba quanto custa viajar para Ushuaia e prepare o bolso!

Cerveja artesanal Beagle, produzida em Ushuaia

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Quanto custa viajar para Ushuaia?

  • Refeições compradas em restaurantes ou lanchonetes: US$ 15,24 ou US$ 1,90 por pessoa a cada dia
  • Comida e bebida comprada em minimercados e padarias: US$ 34,95, ou US$ 4,36 por pessoa a cada dia
  • Quatro noites de hospedagem em apartamento: US$ 115,20, ou US$ 14,40 por pessoa a cada noite
  • Tour para o Glaciar Vinciguerra: US$ 124,23, ou US$ 62,11 por pessoa
  • Tour pelo Canal de Beagle + Caminhada com Pinguins: US$ 249,60, ou US$ 124,80 por pessoa
  • Ingresso para entrada na Estância Harberton: US$ 16,94, ou US$ 8,47 por pessoa
  • Taxas portuárias do passeio de catamarã pelo Canal de Beagle: US$ 0,90, ou US$ 0,45 por pessoa
  • Ingresso para entrada no Parque Nacional Tierra del Fuego: US$ 12,64, ou US$ 6,32 por pessoa
  • Carimbar o passaporte no ‘Correio do Fim do Mundo’: US$ 4,51, ou US$ 2,25 por pessoa
Mulher de moto posa para foto na placa que indica o fim da Ruta 3, no Parque Nacional Terra do Fogo

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve no Ushuaia em março de 2020 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais