Página inicial Planeje sua viagemDinheiro Quanto custa viajar para Nova York? Saiba como gastar só US$ 87 por dia

Quanto custa viajar para Nova York? Saiba como gastar só US$ 87 por dia

por Escolha Viajar
Táxi passa em frente a painel de luzes de neon que mostra a bandeira dos EUA na Times Square

Está planejando as férias e quer saber quanto custa viajar para Nova York? Infelizmente, não é barato. Alguns dos hotéis, lojas e restaurantes mais caros do mundo estão lá. Mas conhecer a maior, mais cosmopolita e vibrante cidade dos Estados Unidos definitivamente vale o preço. Vamos mostrar na ponta do lápis quanto custa viajar para Nova York e como gastar só US$ 87 por pessoa ao dia, economizando no que é possível e sem abrir mão do melhor do turismo na cidade!

⇒ Reserve já seu hotel em Nova York e garanta os melhores preços! ⇐

O primeiro fator a se levar em consideração na hora de calcular quanto custa viajar para Nova York é o transporte. Todo mundo que sonha em viajar para lá já se imaginou acenando para um dos táxis amarelos na beira da calçada. Mas na hora do turismo real oficial, você vai ter que caminhar bastante e andar de metrô (‘subway’)se quiser economizar. Não só as tarifas dos táxis não são baratas como os congestionamentos são constantes em uma cidade tão grande.

Claro que os icônicos carros amarelos podem ser substituídos por um app de transporte em caso de necessidade. Mas a forma mais rápida, prática e econômica de se deslocar em Nova York é de metrô mesmo. A passagem custa US$ 3. Para economizar, você deve ir a uma das maquininhas das estações e emitir o MetroCard. Nesse cartão, você pode carregar até US$ 80 de créditos e pagar US$ 2,75 por cada passagem (‘pay-per-ride’).

Pedestres caminham sob bandeira dos EUA em calçada de Nova York enquanto táxi passa pela rua

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Quem vai ficar mais tempo em Nova York ou pretende se deslocar muito por optar pelo MetroCard ‘7 Day Unlimited’, que permite sete dias de uso ilimitado do metrô e ônibus da cidade por US$ 33, ou mesmo o ’30 Day Unlimited’, que custa US$ 127 para um mês de viagens livremente. Para emitir qualquer um desses cartões, o custo é de US$ 1. Pode parecer caro na primeira olhada, mas vale a pena. A rede de metrô de Nova York é muito extensa!

São 36 linhas que chegam a qualquer ponto turístico imaginável e funcionam 24 horas por dia. Fora que você pode organizar sua viagem de forma a usar apenas dois ou três trens subterrâneos por dia. Você usa um para chegar até atrações em um ponto específico da cidade e depois caminha por outras que fiquem próximas, só voltando a usar transporte quando voltar ao seu hotel. Quem vem/vai ao aeroporto JFK tem que pegar também o ‘air train’ (US$ 7,75).

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Vagão do metrô parado em estação de Nova York

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Nós fizemos isso, então aproveite e confira aqui nossa sugestão de roteiro dia a dia em Nova York! Falando em pontos turísticos, saiba que eles também podem pesar bastante no seu cálculo de quanto custa viajar para Nova York. São tantos museus, edifícios icônicos, monumentos e memoriais para visitar! Para economizar nesse quesito, recomendamos que você adquira o New York CityPASS, um passaporte que dá acesso a seis atrações com 40% de desconto.

⇒ ROTEIRO EM WASHINGTON: O que fazer em 1 ou 2 dias de viagem ⇐

Com ele, você pode visitar o Empire State Building, o Museu de História Natural, o Metropolitan Museum of Art (Met), o Top of the Rock, o Museu e Memorial do 11 de Setembro e a Estátua da Liberdade e Ellis Island. O passe custa US$ 136 e você pode comprar o seu aqui. Fica de fora do passe apenas o Museu de Arte Moderna (MoMA). Os ingressos custam US$ 25 para maiores de 16 anos e US$ 18 para maiores de 65. Você pode comprar o seu aqui.

As demais atrações essenciais para ver em Nova York são gratuitas: Central Park, Times Square, Grand Central Terminal, Ponte do Brooklyn, The High Line, Wall Street, Quinta Avenida… Para conhecer cada uma delas e saber como visitá-las, confira aqui nosso texto sobre o que fazer em Nova York! Se você é novato na cidade, pode ainda fazer um ‘free walking tour’, um passeio a pé gratuito pelas ruas no qual só se paga uma gorjeta para o guia.

Guia fala com grupo de turistas que participam de tour pelas ruas do sul de Manhattan

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Recomenda-se o valor de US$ 10. O tour de duas horas e meia explora o sul da Ilha de Manhattan, onde ficam o Battery Park, Wall Street e o Memorial do 11 de Setembro. Para mais informações e horários, acesse aqui. Note que esse valores são apenas referentes a pontos turísticos ou passeios, não a eventos. Se você quiser assistir a um musical da Broadway ou um jogo da NBA no Madison Square Garden ou Barclays Center, vai ter que gastar mais.

O próximo item da sua lista de quanto custa viajar para Nova York é a hospedagem. Alguns dos hotéis mais imponentes e caros do mundo estão localizados nos arredores da Quinta Avenida. Então, não espere que encontrar hospedagem boa e barata no coração de Manhattan seja tarefa fácil. Há opções mais econômicas em bairros distantes da ilha, como Jamaica, mas para quem viaja a turismo, é meio fora de mão ficar tão longe das atrações.

Jogo de basquete da NBA no Barclays Center, no Brooklyn

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Nós tentamos e não recomendamos. No entanto, as opções em Manhattan – ou mesmo no adjacente Brooklyn – pesam no bolso. Dos 385 estabelecimentos de hospedagem disponíveis no site de reservas Booking, apenas UM tem acomodações por menos de US$ 58, e 30 dispõem de diárias por entre US$ 58 e US$ 117. Um roubo se formos comparar com grandes cidades da Europa, onde se encontra uma cama de hostel por entre 10 e 25 euros facilmente.

⇒ QUANTO CUSTA VIAJAR PARA WASHINGTON? Prepare seu bolso ⇐

A melhor opção custo-benefício que encontramos até hoje foi o HI NYC Hostel. Ele fica a apenas três quadras do Central Park e a uma da estação de metrô 103rd Street, o que torna muito fácil e simples a circulação pelas demais áreas da cidade. As diárias partem de US$ 40 por uma cama de dormitório compartilhado. Não há quartos privativos, mas famílias/grupos podem fechar uma acomodação com quatro camas por US$ 219. Mais informações e reservas aqui.

Para quem faz questão de um quarto privativo – ou simplesmente prefere outra área na ilha -, selecionamos outras opções com preços razoáveis e bem avaliadas no Booking. O The Duffy Times Square, em Hell’s Kitchen, sai por US$ 131 para duas pessoas (reserve aqui). O Leon Hotel, no Lower East Side, US$ 133 (aqui). O Soul Food Mont Morris, no Harlem, US$ 117 (aqui). O Colonial House Inn, em Chelsea, US$ 131 (aqui). E o Hotel 31, em NoMad, US$ 126 (aqui).

Fachada de tijolos do prédio onde funciona o HI NYC Hostel, em Nova York

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Só nos resta falar sobre alimentação, que é algo que sai caro em Nova York se você quiser fazer suas refeições em restaurantes. Alguns dos mais renomados e disputados do mundo ficam por lá e é comum ter que fazer reserva com antecedência. Se o objetivo é gastar pouco e não perder tempo com reservas, pode-se comer em qualquer uma das muitas carrocinhas ambulantes ou lojas de grandes redes espalhadas pela cidade.

É possível encontrar preços tão baixos como US$ 10,50 por três pedaços de pizza; US$ 11 a porção de nuggets + fritas para dois e US$ 10 a porção de fritas + refrigerante para dois. Mas não estamos falando apenas de ‘fast food’. Em Nova York as possibilidades de comer rápido e barato são infinitas. Tem redes de comida orgânica, italiana, indiana, saladas e tudo o mais que você puder imaginar. Pratos americanos você acha na Applebee’s por entre US$ 20 e US$ 30.

Cupckaes coloridos na vitrine da famosa Magnolia Bakery, no Grand Central Terminal

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Na Friday’s, por entre US$ 10 e US$ 30. Bons hambúrgueres saem por a partir de US$ 7,50 na famosa Shake Shack. E os cupcakes dos deuses da Magnolia Bakery saem por apenas US$ 3,95 cada! Se você ficar hospedado em um apartamento ou hostel com cozinha, pode apelar ainda para os minimercados para economizar. Dá para comprar comidas fáceis e rápidas de fazer, lanches para levar na mochila, refrigerantes ou cerveja por preços bem mais em conta.

⇒ QUANTO CUSTA CERVEJA PELO MUNDO? Veja preços em 38 países ⇐

Falando em cerveja, custa entre US$ 0,80 a lata e US$ 2,50 a garrafa no supermercado. Aproveite as promoções de ‘happy hour’ que ocorrem em qualquer pub da cidade. No fim da tarde, o pint (copo de 473 ml) sai por apenas US$ 4. Mas para beber bem mesmo em Nova York, recomendamos gastar um pouquinho e ir conferir as produções artesanais da Brooklyn Brewery. As cervejas na torneira saem por entre US$ 7 e US$ 12 o pint, mas valem cada centavo!

O Escolha Viajar passou seis dias em Nova York em setembro de 2015 e três dias em agosto de 2017. Gastamos um total de US$ 1.564,61, o equivalente a US$ 86,92 por pessoa a cada dia. Vale destacar que foram viagens onde tentamos economizar ao máximo sem perder o melhor da cidade. Nos deslocamos a pé ou de metrô, nos hospedamos em quarto compartilhado de hostel ou apartamento afastado e cozinhamos nós mesmos a maioria das nossas refeições.

Copos de cerveja sobre mesa da Brooklyn Brewery, em Nova York

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Usamos o New York CityPASS para economizar nas entradas em atrações turísticas, mas visitamos todos os lugares que estavam na nossa lista de desejos. Fizemos piquenique de batata-frita no Central Park, bebemos boa cerveja na Brooklyn Brewery, curtimos várias ‘happy hours’ em pubs e lambemos os dedos com os cupcakes da Magnolia Bakery. Veja a lista completa de despesas, saiba quanto custa viajar para Nova York e prepare o seu bolso!

Quanto custa viajar para Nova York?

  • Refeições compradas em restaurantes ou lanchonetes: US$ 210,68, ou US$ 11,70 por pessoa a cada dia
  • Comida e bebida comprada em minimercados e padarias: US$ 91,93, ou US$ 5,10 por pessoa a cada dia
  • Três noites de hospedagem em dormitório compartilhado de hostel: US$ 360, ou US$ 60 por pessoa a cada noite
  • Seis noites de hospedagem em apartamento em Jamaica: US$ 480, ou US$ 40 por pessoa a cada noite
  • Gorjeta para o guia do ‘Free Walking Tour’: US$ 10, ou US$ 5 por pessoa
  • Passagens de metrô e ‘air train’ – que conecta ao aeroporto: US$ 140, ou US$ 7,77 por pessoa a cada dia
  • New York CityPASS: US$ 272, ou US$ 136 por pessoa
Grafite colorido na fachada de restaurante em Little Italy, bairro de Nova York

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve em Nova York em dezembro/2013, setembro/2015 e agosto/2017 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais