Página inicial EuropaCroácia Confira 10 dicas da Croácia que você precisa saber antes de viajar

Confira 10 dicas da Croácia que você precisa saber antes de viajar

por Escolha Viajar
Dicas da Croácia que você precisa saber antes de viajar

A Croácia é um país muito fácil de se visitar, que sequer exige visto de brasileiros, tem preços camaradas e uma boa infraestrutura turística. O transporte local é eficiente, não há qualquer dificuldade de comunicação em inglês – a não ser talvez que você vá visitar cidades muito remotas -, cartões de crédito são amplamente aceitos e há caixas eletrônicos disponíveis em toda parte. Além disso, é um lugar pacífico, seguro e ideal para quem gosta da vida noturna – seja barzinhos, seja balada forte. Para países assim, o máximo que você precisa saber antes de viajar são curiosidades e macetes de como aproveitar o passeio em sua plenitude. Por isso, selecionamos algumas dicas da Croácia para quem está planejando embarcar em breve.

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NA CROÁCIA e pagar barato
⇒ GUIA DE VIAGEM CROÁCIA: Tudo que você precisa saber!

A primeira e mais fundamental delas é não limitar sua viagem à famosa Dubrovnik, a cidade medieval que serviu de cenário para Game of Thrones. A Croácia é uma caixinha de surpresas e seu pequeno território pode se revelar muito mais interessante do que você jamais havia imaginado. A questão é que muitas outras pessoas já descobriram isso antes de você, e o país costuma estar lotado de turistas. Mas sempre há um jeitinho de driblar essas pequenas adversidades de viagem, não é mesmo? Se não der, refresque a cabeça comendo o imperdível sorvete croata. Ficou curioso? Confira estas e outras dicas da Croácia que são interessantes de saber antes de viajar.

Dicas da Croácia 1 – Muito mais que Dubrovnik

Dubrovnik é de longe o destino mais procurado na Croácia, não só por ser uma cidade medieval belíssima mas por ter sido lançada ao estrelato quando serviu de cenário para a série Game of Thrones. Mas muita gente acaba passando pelo país e parando APENAS em Dubrovnik, o que é um erro imenso. A Croácia é toda linda e tem muito mais a oferecer ao turista. Se você reservar oito dias de viagem para percorrer o país, poderá cruzá-lo de norte a sul e apreciar algumas de suas várias atrações.

⇒ Vai para Split? Reserve aqui sua hospedagem pelo Booking ⇐

Além de Dubrovnik, você pode incluir no roteiro a cidade de Split e seu Palácio de Diocleciano; a Ilha de Havar e suas praias deslumbrantes; e Zagreb, a capital ‘patinho feio’ mas que é uma cidade super gostosa e cheia de charme. Por fim, não deixa de conhecer o Parque dos Lagos Plitvice de maneira nenhuma, pois é um dos lugares mais incríveis do mundo (falaremos mais dele a seguir)! Confira aqui nossa sugestão de roteiro pela Croácia.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Dicas da Croácia - Roteiro

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 2 – Não perca os Lagos Plitvice

Quando se fala nas paisagens mais belas que o globo terrestre pode oferecer aos olhos humanos, dificilmente alguém pensaria na Croácia como sendo o lar de alguma delas. Mas é neste pequeno país do leste europeu que se localiza o Parque dos Lagos Plitvice, um dos lugares mais lindos do mundo! Hum, lagos… Não parece muito empolgante não é mesmo? Pois vamos acrescentar alguns ingredientes. O Parque Nacional dos Lagos Plitvice – ou ‘Plitvicka Jezera’ em croata – abriga um conjunto de 16 lagos interligados por inúmeras cachoeiras cuja cor das águas varia do azul fluorescente ao verde esmeralda.

⇒ Vai para Plitvice? Reserve aqui sua hospedagem pelo Booking ⇐

Ele é dividido em duas partes: a dos ‘lagos baixos’ e a dos ‘lagos altos’. A primeira leva a fama de ser a mais bonita, já que seus quatro lagos são ornados por paredões de pedra de até 40 metros de altura e porque é nela que está localizada a ‘Great Waterfall’, a maior cachoeira da Croácia. A segunda é maior e abrange nada menos do que 12 lagos, todos ligados por um sem número de quedas d’água. Portanto, reserve pelo menos um dia inteiro do seu roteiro de viagem pela Croácia para conseguir ver tudo isso. Vale a pena, acredite (confira aqui como visitar os Lagos Plitvice)!

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!
Dicas da Croácia - Parque dos Lagos Plitvice

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 3 – Uma viagem econômica

Embora sua economia não seja nenhuma ‘Brastemp’ e sua moeda – a kuna – seja ainda mais desvalorizada que o real, a Croácia com certeza já não é mais tão ‘baratinha’ de se visitar quanto outros países do leste europeu. Mesmo não tendo adotado o euro como moeda oficial, o país descobriu no turismo uma importante fonte de renda e passou a pegar pesado nos preços de vários itens relacionados a esse setor. No entanto, deixando de lado comodidades supérfluas, ainda é possível fazer uma viagem pela Croácia gastando até US$ 50 por dia por pessoa. Para isso, você vai ter que pesquisar locais para hospedagem simples, se deslocar de ônibus e abrir mão de fazer todas as suas refeições em restaurantes turísticos.

Especialmente se estiver viajando na alta temporada de férias de verão (junho-agosto). A Croácia abriga algumas das mais belas praias e ilhas do continente, e muita gente, principalmente britânicos e russos, viaja para lá para passar seu merecido mês de folga. Quanto mais gente, mais os preços sobem. É claro que essa é a melhor época do ano para aproveitar o litoral, mas se puder evitá-la, as chances de conseguir preços mais atrativos são maiores. Se não puder (ou quiser) fugir das multidões, faça suas reservas com antecedência para reduzir os gastos. Nas cidades medievais, procure onde ficar e comer fora das muralhas, pois o preço sai mais em conta (em qualquer época do ano). Confira aqui o relato completo de quanto custa viajar para Croácia.

Dicas da Croácia - Custos

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 4 – Viaje de ônibus

Como dissemos mais acima, uma das formas de tornar sua viagem pela Croácia super barata é se deslocando de ônibus. É claro que o país possui estradas lindas para se percorrer de carro, principalmente na costa da Dalmácia, mas quem prefere economizar ou apenas não se preocupar em dirigir em uma nação estrangeira pode abrir mão do carro sem grandes preocupações. O sistema de transporte intermunicipal croata é simples, mas eficiente. Além disso, as cidades do país são bem pequenas, e você dificilmente vai precisar usar um veículo dentro delas.

Uma passagem de Dubrovnik para Split, trajeto muito popular entre turistas, sai por US$ 21,85. Outra rota muito utilizada é a entre Zabreb e Plitvice, que custa apenas US$ 7. Os ônibus são razoavelmente novos e confortáveis, sem grandes mordomias ou problemas. E, como o país é pequeno, a duração das viagens também costuma ser curta. Além disso, existe a comodidade de poder comprar as passagens com antecedência e online no site Bus Croatia.

Dicas da Croácia - Transporte

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 5 – Veja Dubrovnik de todos os ângulos

Os dois quilômetros de muralhas da cidade medieval de Dubrovnik abrigam um impressionante conjunto de ruazinhas, prédios, igrejas, monumentos e fontes que datam desde o século 12 erguidos entre o Monte de São Sérgio e o azul infinito do Mar Adriático. Um conjunto arquitetônico tão raro merece ser apreciado de todos os ângulos. O primeiro é do chão, passeando pelas ruas. O segundo é do alto das muralhas. Para subir nelas é preciso pagar cerca de US$ 15, mas é um investimento que vale a pena. Este passeio é não apenas a oportunidade de ver a cidade de uma altura de até 25 metros como de entrar em algumas das quatro fortalezas que marcam seus extremos.

⇒ Vai para Dubrovnik? Reserve aqui sua hospedagem pelo Booking ⇐

Para ter a vista mais sensacional das muralhas que circundam a cidade medieval de Dubrovnik você vai ter que sair de dentro delas. Basta cruzar o Portão Pile e descer para a pequena baía à esquerda, de onde você já verá logo à frente – no topo dos rochedos – a Fortaleza Lovrijenac. São cerca de 15 minutos de caminhada para chegar até este bastião de defesa que não faz parte do circuito central de muralhas de Dubrovnik e que foi construído a 37 metros de altura, no século XI. O lugar impressiona tanto pela vista que se descortina dos seus três terraços quanto pela robustez do prédio em si, já que algumas de suas paredes chegam a ter 12 metros de espessura.

Por fim, veja Dubrovnik MUITO do alto. Quem acompanha o Escolha Viajar sabe que nós raramente cedemos a esse inexplicável desejo humano de ver as coisas de cima de prédios, terraços, torres, campanários etc. É preciso haver um bom motivo para nos fazer subir, e em Dubrovnik há. O ‘Dubrovnik Cable Car‘, ou teleférico de Dubrovnik em velho e bom português, é uma atração à parte em uma cidade que é ponto turístico por si só. Embora exista desde 1969, o bondinho é moderno e espaçoso, levando até 120 pessoas por vez ate a estação no topo da colina. De lá, você terá uma vista espetacular da cidade medieval, o Mar Adriático e ilhas próximas do alto de 405 metros de altura!

Dicas da Croácia - Dubrovnik vista de cima

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 6 – Museu dos Corações Partidos pode decepcionar

O Museu dos Corações Partidos – ou ‘ Museum of Broken Relationships’ – virou uma febre turística na Europa quando foi instalado em Zagreb, em 2006. Não se pode negar que fosse uma ideia bastante original: criar um acervo colaborativo de memórias de relacionamentos destruídos, um lugar para onde pessoas do mundo todo pudessem enviar objetos que simbolizassem o fim de uma história a dois (não necessariamente um romance). Mas, na prática, o lugar é bem sem graça e pode acabar sendo uma bela decepção de viagem para quem vai à capital da Croácia.

⇒ Vai para Zagreb? Reserve aqui sua hospedagem pelo Booking ⇐

Cerca de 50 objetos são expostos em salas brancas, acompanhados de pequenas plaquetas que contam a história do relacionamento em questão, como ele chegou ao fim e porque aquele objeto o simboliza. Há sapato sensuais, vestidos vermelhos, bichos de pelúcia e objetos bem menos românticos, como um anão de jardim e um machado. Algumas histórias até prendem a atenção, mas a maioria não gera qualquer comoção. Depois de ler quatro ou cinco você já se cansou da visita, até porque algumas são relatos longos demais e outras não passam de uma frase que não explica grande coisa. Quem quiser pagar para ver pode consultar os preços e horários no site oficial do museu.

Dicas da Croácia - Museu dos Corações Partidos

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 7 – Prepare-se para a superlotação

Como dissemos mais acima, a Croácia foi alçada ao estrelato do turismo mundial graças à série Game of Thrones. Segundo a Wikipedia, o país recebeu 12 milhões de turistas durante o ano de 2015 e pretende dobrar esse número até 2020. É muita gente para um país espremido junto ao mar e cuja área de quase 57 mil km² é equivalente a do estado brasileiro da Paraíba! Por isso, esteja preparado para enfrentar multidões e filas ao viajar para lá, especialmente se fizer isso na alta temporada de verão (junho-agosto) e nas cidades turísticas como Dubrovnik ou Split. Nas praias então, é quase impossível encontrar um cantinho livre para estender a canga.

Embora não sejam garantia de paz e sossego, o outono (setembro-dezembro) e a primavera (março-maio) podem ser uma boa saída para evitar esse tipo de transtorno sem abrir mão do delicioso sol croata e do seu belo litoral. Para quem faz questão do verão ou não pode viajar fora das férias escolares, o negócio e se armar de um belo saco de paciência e aproveitar da melhor forma possível. Montar um roteiro que inclua cidades menos populares entre turistas, como Zagreb, também pode dar um respiro no empurra-empurra, pisões no pé, acertos de paus de selfie, filas quilométricas e disputas à tapa por aquele cantinho ideal para tirar uma foto.

Dicas da Croácia - Lotação

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 8 – Prove as delícias culinárias

A culinária local croata não leva nenhuma fama especial, mas deveria. Assim como em outros países do leste europeu, os pratos são à base de carne temperada e acompanhamentos, principalmente pão. Entre os destaques estão o cevapi, que são linguiças de carne bovina, de porco ou de cordeiro servidas no prato ou dentro de um pão; o pljeskavica, que é um hambúrguer de carne temperada e que também pode vir no prato com acompanhamentos ou no pão; o raznjici, ou espetinho de carne de porco; e o burek, espécie de empadão de massa recheada com carne, espinafre ou queijo.

Para a sobremesa, não deixe de provar os deliciosos sorvetes croatas, que são tão bons quanto os italianos! Afinal, parte do litoral da Croácia já foi dominado pela antiga República de Veneza. Para beber, os croatas preferem a rakija, que é a cachaça local feita de aguardente e frutas (ou mel). No inverno ainda vai, mas no verão é duro de engolir mais do que alguns golinhos, porque ela é forte mesmo! Para beber de golão recomendamos mesmo é uma boa cervejinha, sendo as marcas Karlovacko – mais saborosa – e Ozujsco – mais leve – as mais populares do país.

Dicas da Croácia - Culinária

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 9 – Quando viajar (clima)

O clima na Croácia é divido em duas áreas: a que fica à frente das montanhas (litoral central e sul), e a que fica atrás das montanhas (região da capital, Zagreb). Na primeira, os verões – junho a agosto – são muito quentes e secos, enquanto os invernos – dezembro a fevereiro – se apresentam amenos e chuvosos. Na segunda, os verões são agradáveis, os invernos frios e com muita neve e as chuvas bem distribuídas ao longo do ano. As temperaturas médias máximas e mínimas em Zagreb ficam entre 13ºC e 27ºC no verão e -3ºC e 7ºC no inverno. O mês mais seco é fevereiro e o mais úmido, junho. Já em Split, no litoral central, entre 18ºC e 31ºC no verão e 5ºC e 12ºC no inverno.

O mês mais seco é agosto e o mais úmido, dezembro. Em Dubrovnik, a cidade mais procurada pelos turistas no país e que fica na costa sul, os termômetros oscilam de 18ºC a 29ºC no verão e de 6ºC a 14ºC no inverno. O mês mais seco é julho e o mais úmido, fevereiro. Os melhores meses para visitar a Croácia são entre abril e setembro, quando o clima é mais quente e os dias, mais longos. Quem quiser aproveitar as famosas e belas praias do país deve viajar no auge do verão, quando a água do mar fica mais quente e agradável para se banhar (entre 20ºC e 24ºC). Mas quem prefere evitar as multidões de turistas a qualquer custo deve aproveitar a baixa temporada de outono/inverno.

Dicas da Croácia - Clima

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Croácia 10 – Brasileiros não precisam de visto

Para encerrar as dicas da Croácia, comemore o fato de que brasileiros não precisam de visto para viagens a turismo, por até 90 dias. Ao entrar no país, você deve apresentar um passaporte válido por pelo menos seis meses.

Dicas da Croácia - Visto

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve na Croácia em junho de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

12 comentários

Fernando 4 de outubro de 2020 - 20:46

Boa noite!
Existe imigração/controle de fronteiras quando se viaja da Croácia para outros países da UE Espaço Schengen (por exemplo Alemanha, Itália, Portugal?

Responder
Escolha Viajar 11 de outubro de 2020 - 22:42

Olá, Fernando!
Sim, existe controle migratório, exatamente por que a Croácia não faz parte do Espaço Schengen.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
MARCIA RAMALHO SARDINHA 7 de novembro de 2019 - 22:02

Viajei para a italia e fiquei 89 dias la. Voltei ao brasil ppr 20 dias e quero viajar para Croácia tb como turista por mais 90 dias. É possovel entrar no pais ?

Responder
Escolha Viajar 9 de novembro de 2019 - 20:06

Olá, Marcia!
Sim, pode. A Croácia não faz parte do Espaço Schengen como a Itália e tem regras próprias de imigração. Brasileiros não precisam de visto para viagens a turismo à Croácia por até 90 dias. Ao entrar no país, você deve apresentar um passaporte válido por pelo menos seis meses.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Marlucia Nunes 7 de maio de 2019 - 15:03

É obrigatório falar inglês?
Vou ficar na casa de um amigo croata, mas me preocupo ao desembarcar lá, se consigo comunicação!

Responder
Escolha Viajar 11 de maio de 2019 - 16:32

Olá, Marlucia!
Se você não fala croata, nem inglês, vai ter dificuldades de comunicação sim. Passar pela imigração não deve ser problema porque não é exigido visto de brasileiros e eles normalmente não perguntam nada. Sair do aeroporto e seguir placas até um táxi também não é difícil. Mas se acontecer qualquer outro tipo de situação, você não terá como se comunicar. Vai depender de mímica, desenho e boa vontade. Por isso, aconselhamos você a aprender pelo menos o básico de inglês. Para essa ou para qualquer viagem.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Erika 19 de abril de 2019 - 09:45

Adorei as informações! Estou indo em Maio/2019 para a Croácia e as melhores dicas encontrei nesse post! Valeu!!!

Responder
Escolha Viajar 20 de abril de 2019 - 18:43

Olá, Erika!
Ficamos felizes em ajudar na sua viagem.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Aghata Barros 12 de julho de 2018 - 17:38

Pretendo ir para Croácia em Julho de 2019 no Ultra um festival. Adorei o blog!!!

Responder
Escolha Viajar 17 de julho de 2018 - 15:39

Olá, Aghata!
Ficamos felizes em ajudar na sua viagem.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Elizabeth Mantovani 15 de janeiro de 2018 - 16:15

Vamos viajar para a Croácia no mês de junho. Tenho pesquisado muito na internet e encontrei aqui as melhores informações. Parabéns para a dupla.

Responder
Escolha Viajar 17 de janeiro de 2018 - 16:33

Olá, Elizabeth!
Ficamos muito felizes em ajudar na sua viagem.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais