Página inicial AméricaArgentina O que fazer em Buenos Aires: 10 atrações que você não pode perder

O que fazer em Buenos Aires: 10 atrações que você não pode perder

por Escolha Viajar
O que fazer em Buenos Aires - Caminito

Sonho de consumo de 10 entre 10 brasileiros que pretendem viajar para fora das fronteiras tupiniquins, Buenos Aires é um destino cheio de atrativos para nós. Não apenas pela proximidade – são 2h50 de voo direto de São Paulo e 3h15 do Rio -, mas também pelos preços camaradas, câmbio favorável, culinária espetacular, charme europeu e colorido latino. Mas nada de correr para o avião apenas para um fim de semana de tango e churrasco. Existem muitas coisas imperdíveis o que fazer em Buenos Aires. E também para ver, provar e curtir!

⇒ ONDE SE HOSPEDAR EM BUENOS AIRES e gastar pouco dinheiro
⇒ GUIA DE VIAGEM BUENOS AIRES: Tudo que você precisa saber!

Comece com um passeio pelo centro histórico, partindo da icônica Casa Rosada e Plaza de Mayo, tome uma sidra no Café Tortoni, percorra as largas avenidas que lembram Paris até chegar ao Obelisco e Teatro Colón. Não perca o ‘footing’ em Puerto Madero e faça uma aula de tango express no Caminito. Sinta a energia do futebol latino impressa nas traves do gol do Estádio La Bombonera. Admire com fascínio a modernidade da Floralis Genérica e com respeito os históricos túmulos do Cemitério da Recoleta. E faça um brinde a esta sensacional cidade em um dos inúmeros bares do bairro boêmio de San Telmo. Confira 10 coisas imperdíveis o que fazer em Buenos Aires!

O que fazer em Buenos Aires 1 – Casa Rosada

Coração do governo argentino – e do turismo em Buenos Aires – a Casa Rosada é o ponto de partida ideal para qualquer visita à cidade. O edifício sede da presidência do país ganhou seu nome devido à óbvia coloração rosada do seu exterior. Tirando a tinta e seu simbolismo, a Casa Rosada não tem grandes atrativos. O prédio atual é uma junção de dois edifícios públicos dos anos 1880 e que foi em parte demolido em 1938 para uma obra que nunca foi feita. Por isso, ele é maior de um lado do que do outro. Você pode admirar a fachada muito de perto, pois não há barreiras ou um grande esquema de policiamento ao redor.

⇒ Reserve já seu hotel em Buenos Aires e garanta os melhores preços! ⇐

Ou do gramado da Plaza de Mayo, logo em frente. À noite, ela fica toda iluminada. Por dentro, podem ser visitados o gabinete presidencial, a sala das esculturas, o pátio das palmeiras, as belas escadarias de mármore e o Museu da Casa do Governo. A visita é gratuita, mas deve ser agendada com antecedência de até 15 dias pelo site oficial da Casa Rosada. Os tours ocorrem apenas nos finais de semana, das 10h às 18h. O acesso mais rápido ao local é pelas estações de metrô Bolívar, Catedral e Plaza de Mayo.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

O que fazer em Buenos Aires - Casa Rosada

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 2 – Teatro Colón

Considerado um dos melhores teatros do mundo, reconhecido pela sua acústica e o valor artístico da sua construção, o Colón se tornou um dos pontos turísticos mais tradicionais de Buenos Aires, mesmo para quem não entende nada de música. Seu majestoso prédio, inaugurado em 1908, recebeu cantores do porte de Enrico Caruso, Maria Callas, Plácido Domingo e Luciano Pavarotti. O grande destaque do teatro é a sala principal, com sua cúpula de 28 metros de altura e capacidade para receber até 500 pessoas em pé.

O Colón situa-se na Rua Cerrito 628, a poucos metros do Obelisco e muito próximo das estação de metrô Tribunales, Lavalle, 9 de Julio e Diagonal Norte. A Plaza de Mayo está a apenas 20 minutos de distância a pé. Para conhecer seu interior, é preciso participar de uma visita guiada. Os tour ocorrem todos os dias das 9h às 17h com saída a cada 15 minutos. O custo é de US$ 17. Quem preferir reservar seu ingresso com antecedência deve acessar a bilheteria online do teatro.

O que fazer em Buenos Aires - Teatro Colón

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 3 – Café Tortoni

O Tortoni é o mais icônico dos cafés tradicionais de Buenos Aires. Inaugurado em 1858, o local era frequentado por grupos de pintores, escritores, jornalistas e músicos que formavam a ‘Agrupación de Gente de Artes y Letras’. De lá para cá, saíram os intelectuais e entraram os turistas, que lotam todos os dias o lindíssimo salão decorado no melhor estilo da Belle Époque – destaque para o vitral do teto. Não se acanhe para entrar e dar uma espiada, mesmo que não vá comer nada.

Mas se tiver um tempinho livre, recomendamos uma refrescante dose de sidra tirada da torneira. Para os entusiastas do tango, há shows todas as noites (consulte os espetáculos e seus horários no site oficial do café). O Tortoni abre todos os dias às 8h e nunca fecha antes da 1h. Ele está localizado na Avenida de Mayo 825, bem em frente à Estação Piedras do metrô, muito próximo da Estação Perú e a apenas três quadras da Plaza de Mayo ou a 10 do Obelisco.

O que fazer em Buenos Aires - Café Tortoni

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 4 – Puerto Madero

Puerto Madero costumava ser apenas o bairro que cercava o porto de Buenos Aires, mas hoje é também um dos projetos de renovação urbana mais bem sucedidos do mundo. A partir da década de 1990, os navios e guindastes deram lugar a torres de escritórios, restaurantes e hotéis de luxo nas duas margens do estreito construído às margens do Rio da Prata. O local se tornou o destino preferido dos turistas para fazer uma refeição tipicamente argentina.

Quem não quiser arcar com os altos custos de comer por lá, pode se divertir apenas com uma caminhada e matar a fome na filial da tradicional sorveteria Freddo. Além disso, abriga a icônica Puente de la Mujer, do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, e a Fragata Presidente Sarmiento, o primeiro navio da Argentina a ser utilizado como museu. Embora não possua um metrô próprio, o bairro está a apenas cinco quadras das estações Florida, Perú e Bolívar; e a 10 minutos de caminhada da Plaza de Mayo.

O que fazer em Buenos Aires - Puerto Madero

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 5 – Obelisco

Símbolo maior da cidade de Buenos Aires, o Obelisco é um gigantesco monumento de pedra branca que se ergue a 67,5 metros de altura sobre o cruzamento das avenidas 9 de Julio e Corrientes. Inaugurado em 1936 para comemorar o aniversário de 400 anos de Buenos Aires, ele marca o local onde foi hasteada pela primeira vez a bandeira nacional na cidade.

Embora possua um mirante no topo, o acesso atualmente está fechado. Resta aos turistas admirá-lo pelo lado de fora. O Obelisco fica logo ao lado das estações 9 de Julho e Diagonal Norte do metrô, a poucos metros do Teatro Colón e a apenas 14 minutos de caminhada da Plaza de Mayo. A visitação é livre a qualquer hora do dia ou da noite.

O que fazer em Buenos Aires - Obelisco

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 6 – Caminito

O Caminito é tradicionalmente definido como uma ‘rua museu’, mas já se tornou mais do que isso. Ponto turístico por excelência de Buenos Aires, ele abriga não apenas as tradicionais casas multicoloridas que são seu cartão-postal como inúmeras lojas de souvenires, produtos típicos argentinos e, é claro, restaurantes. Não poderiam faltar os artistas de rua vendendo pinturas, artesanatos e dando pequenas aulas de tango para os turistas. Se você quer tirar aquela tradicional foto vestindo um traje de dança, este é o lugar! Tudo isso não poderia caber em uma pequena rua de pedestres de 150 metros, por isso o Caminito se expandiu para as adjacentes ruas Magallanes e General Gregorio Aráoz de Lamadrid.

Segundo a Wikipedia, o local se tornou referência cultural em Buenos Aires por ter inspirado um tango do mesmo nome. Resumindo, é difícil definir o que é o Caminito. Mas com certeza é um passeio que vale a pena em uma tarde gostosa e que vai render fotos sensacionais. Para chegar até ele você deve se dirigir ao bairro La Boca. O Caminito está a apenas duas quadras da Bombonera e pode ser acessado pelos mesmas linhas de ônibus que levam ao estádio (25, 46, 86, 29, 53, 152, 168, 64, 22, 24, 39 e 70) ou ainda pelos coletivos numerados como 20, 29, 53 e 64, que param na Av. Don Pedro de Mendoza.

O que fazer em Buenos Aires - Caminito

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 7 – San Telmo

San Telmo é o bairro mais boêmio e descolado de Buenos Aires. Localizado logo ao lado do centro histórico da capital argentina, está a apenas 20 minutos de caminhada da Plaza de Mayo e conta com três estações de metrô muito próximas: Belgrano, Independencia e San Juan. Há vários bons motivos para você visitar o bairro tanto de dia quanto à noite. Com a luz do sol, a pedida é tirar uma foto com a popular estátua dos personagens das histórias em quadrinhos ‘Mafalda’. O trio fica na esquina da Rua Defensa com a Avenida Chile e sempre está cercado por brasileiros.

Outra popular atração local é a Feira de San Telmo, que acontece todos os domingos das 10h às 17h faça chuva ou faça sol. Dezenas de barraquinhas de antiguidades, artesanato, roupas, comidas, bebidas e muito mais se espalham pela Rua Defensa, desde a Avenida Chile até a Avenida San Juan. Não poderiam faltar os tradicionais dançarinos de tango, que se apresentam em troca de gorjetas. Reserve também um tempinho para se perder pelas ruazinhas gostosas do bairro, recheadas de antiquários e cafés tradicionais.

À noite, é hora de voltar para uma bela janta ou pelo menos uma boa cerveja. Quase todos os bares e restaurantes estão localizados na Avenida Chile, entre a Rua Perú e a Avenida Paseo Colón. Não deixe de dar uma passada no Café La Poesía, um dos mais tradicionais e populares da cidade. O bife de chorizo e a cerveja artesanal são a especialidade da casa!

O que fazer em Buenos Aires - San Telmo

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 8 – Cemitério da Recoleta

Visitar um cemitério nunca parece das coisas mais agradáveis de se fazer nas férias, mas com certeza o campo santo da Recoleta vale que a gente dê uma engolida no mal estar. Isso porque nada menos de 90 das suas belíssimas sepulturas são tombadas como Monumento Histórico Nacional. A mais popular e procurada é a da ex-primeira-dama argentina Evita Perón, mas há muitas outras que se destacam pela beleza arquitetônica ou importância na história da Argentina. O cemitério data de 1822, época em que o país era uma potência econômica e seus habitantes mais ilustres construíam túmulos suntuosos, planejados por arquitetos famosos e decorados com mármore e muitas esculturas elaboradas.

Quem quiser conhecer o local sem se perder pelas incontáveis ruelas de lápides pode comprar um mapa na entrada. Ou se programar para fazer parte de uma visita guiada gratuita em espanhol, que acontece de terça a domingo às 11h e nos sábados e domingos também às 15h. O cemitério pode ser visitado todos os dias das 7h às 17h30. A entrada é gratuita e é feita pela Calle Junín 1760, localizada a apenas 10 minutos de caminhada da Estação Las Heras do metrô de Buenos Aires.

O que fazer em Buenos Aires - Cemitério da Recoleta

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 9 – La Bombonera

Mesmo que você não seja nenhum fã de futebol, é praticamente impossível excluir esse esporte do roteiro de qualquer viagem pela América Latina. Em Buenos Aires não é diferente. A grande atração local é o Estádio Alberto J. Armando, mais conhecido – e temido – como La Bombonera. Trata-se da casa do tradicionalíssimo time do Boca Juniors, situada no colorido e super turístico bairro de La Boca (o mesmo do Caminito). A estrutura em si é antiga e minúscula: construído em 1940, o estádio segue os padrões mínimos estabelecidos pela FIFA e tem capacidade para 49 mil pessoas.

Mas ninguém vai à Bombonera pelo tamanho, beleza ou inovação, e sim pela sua história.  Suas arquibancadas já assistiram um sem número de partidas memoráveis, seja contra seu ‘arqui inimigo’ argentino – o River Plate -, seja contra outros clubes latino americanos pela Copa Libertadores e demais competições regionais. Para visitar o estádio você precisa obrigatoriamente passar antes pelo ‘Museo de La Pasión Boquense’, uma moderna estrutura que abriga uma bela exposição sobre os mais 100 anos do time.

Há três tipos de entradas disponíveis: apenas museu (US$ 10,35), tour pelo estádio + museu (US$ 13,75) e vista do estádio + museu (US$ 12,05). O horário de visitação é das 10h às 18h. Para chegar ao local, na Rua Brandsen 805, você pode caminhar duas quadras desde o Caminito ou pegar um ônibus das linhas 25, 46, 86, 29, 53, 152, 168, 64, 22, 24, 39 ou 70. Para maiores informações, consulte o site oficial do museu.

O que fazer em Buenos Aires - La Bombonera

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Buenos Aires 10 – Floralis Genérica

Situada no popular e super turístico bairro da Recoleta – o mesmo do cemitério -, esta singular obra de arte inaugurada em 2002 se tornou rapidamente uma das atrações mais procuradas da capital argentina. Trata-se de uma escultura de uma flor toda em aço inoxidável e alumínio com nada menos do que 20 metros de altura e 18 toneladas de peso. Obra do arquiteto Eduardo Catalano, ela é dotada de um sistema hidráulico que fecha suas pétalas ao pôr do sol e as abre às 8h.

O nome Floralis Genérica é uma homenagem a todas as flores. A escultura pode ser visitada a qualquer hora do dia na Plaza Naciones Unidas (Av. Presidente Figueroa Alcorta, 2301), que está a menos de 15 minutos de caminhada da Estação Las Heras do metrô ou do Cemitério da Recoleta. A entrada é livre.

O que fazer em Buenos Aires - Floralis Genérica

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve em Buenos Aires em dezembro de 2016 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais