Página inicial AméricaCuba Roteiro de viagem por Cuba: 11 dias de Havana a Trinidad

Roteiro de viagem por Cuba: 11 dias de Havana a Trinidad

por Escolha Viajar
Imagem: Google Maps/Reprodução

Tudo em Cuba está mudando a uma velocidade assustadoramente alta. Há até dois anos atrás era quase impossível para um viajante conseguir sinal de internet sem estar hospedado em um grande hotel e pagar uma pequena fortuna. Hoje, há WiFi na praça de cada cidade e cartões de acesso à venda nas centrais telefônicas. E este é apenas o exemplo mais palpável da abertura das portas da ilha de Fidel Castro para o mundo. Portanto, se você quer conhecer o país como ele foi pelos últimos 50 anos, está na hora de montar seu roteiro de viagem por Cuba, comprar a passagem e embarcar antes que os vestígios do socialismo sejam varridos para sempre de lá.

⇒ QUANTO CUSTA VIAJAR PARA CUBA? Prepare seu bolso
⇒ GUIA DE VIAGEM CUBA: Tudo que você precisa saber!

Montar um roteiro de viagem por Cuba é relativamente fácil, desde que você saiba exatamente o que visitar. A ilha abriga muito mais opções de turismo do que Havana e Varadero e, hoje, é possível acessar praticamente qualquer destino no país a bordo dos ônibus da Viazul, a única empresa destinada ao transporte de turistas. É recomendável comprar as passagens com antecedência no site da companhia, pois não há muitos horários diários disponíveis (especialmente se estiver viajando na alta temporada de verão). Além disso, você pode pagar com cartão de crédito, o que não ocorre na ilha.

Quem quer ver o melhor das praias cubanas vai ter que economizar um pouco mais de dinheiro, porque algumas só são acessíveis por avião ou só têm resorts ‘all inclusive’ como opção de hospedagem, entre elas Varadero, Cayo Largo e Cayo Guillermo. Mas, se você busca um pouco da história de Cuba, tem um orçamento de viagem menor e não quer abrir mão de belas praias, esta sugestão de roteiro é ideal. Em 11 dias, você pode conhecer quatro cidades e três praias de tirar o fôlego sem gastar muito.

Roteiro de viagem por Cuba – Dia 1: Havana

Reserve seu primeiro dia em Havana para percorrer o Malecón, o calçadão à beira-mar. Esse é o programa de nove entre 10 habitantes da cidade todos os dias, no fim da tarde, quando sentam na mureta para conversar, namorar, beber cerveja e até pescar. Ao longo do caminho, você passará por alguns pontos turísticos da cidade: o Hotel Nacional, a Embaixada dos Estados Unidos (reaberta em 2015), além de praças e monumentos. É possível admirar também o Castillo De Los Tres Reyes Del Morro, do outro lado do canal.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 2: Havana

No segundo dia, é hora de conhecer o famoso e agitado centro histórico da cidade, chamado de Havana Vieja. Este pode não ser o melhor lugar da cidade para se hospedar, mas com certeza é o mais cheio de atrações para visitar. Comece dando uma passada pelo Capitólio e, depois, siga para o Museo de la Revolucion, que conta a história da tomada do poder pelos revolucionários liderados por Fidel Castro. Logo ao lado do museu fica o Memorial Granma, onde está o iate usado pelo grupo rebelde para chegar à ilha, além de outros artefatos de guerra.

Depois de quase derreter dentro do museu – cujo único sistema de ventilação é abrir as janelas -, faça uma pausa no histórico bar La Floridita e peça o daiquiri preferido do escritor Ernest Hemingway. Siga pela Calle Obispo, a rua de pedestres que reúne restaurantes, bares e lojinhas. Ao fim dela, você alcançará a Plaza de Armas, antigo marco central da cidade. Admire a beleza dos prédios históricos e o Castillo de la Real Fuerza, logo ao lado da praça. Aproveite a feira de antiguidades para comprar souvenires. Apenas duas quadras adiante fica a Catedral de Havana. Por fim, dirija-se a outro bar histórico, o La Bodeguita del Medio, para beber o mojito favorito de Hemingway.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 3: Havana

Divida o terceiro dia entre duas regiões distintas da cidade: a Havana Vieja e a Plaza de la Revolución. Comece pela segunda, onde você irá encontrar o Memorial José Martí e os edifícios do governo onde ficam as icônicas figuras gigantescas de Che e Fidel, esculpidas em ferro. Depois, volte ao centro histórico de Havana para terminar de visitar alguns pontos trísticos que ficaram de fora do circuíto do dia anterior.

Comece pela Plaza Vieja que, ironicamente, é um dos únicos lugares restaurados que se pode ver em Havana Vieja. O lugar é cercado de restaurantes e uma ótima pedida para o almoço. A uma curta caminhada da Plaza Vieja fica a bela fachada do Convento de San Francisco de Asís. Por fim, visite o Museo del Ron Havana Club, também localizado nas proximidades e onde você poderá degustar e apender um pouco sobre a bebida mais famosa de Cuba, além de comprar algumas garrafas para levar para casa.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 4: Havana/Santa Clara

Dia de deixar Havana e se deslocar até a histórica Santa Clara, a cidade de Che. Recomendamos pegar o ônibus da Viazul das 9h30, assim você chegará ao seu destino por volta das 14h e terá tempo para descansar um pouco da jornada. Aproveite para fazer a visita Memorial do Trem Blindado, que fica aberto até as 17h. Dentro dos vagões existe uma minúscula exposição que conta como Che e seus homens assaltaram um trem blindado e roubaram muitas armas e munição do governo. Um pouco adiante do memorial fica a estátua de Che y el Niño, ou Che e o Menino, que mostra o guerrilheiro em tamanho real.

A maioria dos turistas não dorme nenhuma noite em Santa Clara, mas faz um bate-volta desde Havana em excursões caríssimas ou segue para outras localidades turísticas, como Cayo Santa María e Trinidad. Por isso, não sabem que estão perdendo uma cidade deliciosa para aproveitar a noite cubana. Primeiro, todos se reúnem na pracinha central para pegar sinal de internet e checar seus emails ou telefonar via Skype. Depois, a música começa a rolar nos bares em volta e as ruas se enchem de jovens e turistas em busca de diversão. Não faltam restaurantes baratos para jantar e drinques com rum por preços camaradas.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 5: Santa Clara

Ao dormir em Santa Clara você tem a oportunidade de visitar a grande atração da cidade, o Mausoléu, Museu e Memorial de Che, antes que o calor comece a ficar sufocante. O conjunto fica na saída da cidade, mas pode ser facilmente alcançado a pé desde o centro. Do lado de fora fica o famoso monumento com a estátua e a réplica da carta do herói da revolução cubana. No de dentro, onde não é permitido tirar fotos, existe um bom museu – com ar condicionado – sobre a história de Che e também o local onde seus restos, assim como de vários outros guerrilheiros, foram enterrados.

O passeio por Santa Clara termina relativamente cedo, mas, como só há um ônibus por dia para a próxima parada, Remedios, e ele parte pela manhã, você será obrigado a passar mais uma noite por lá (ou a fazer um roteiro de viagem por Cuba diferente deste). Aproveite para, mais uma vez, curtir a econômica e pitoresca noite da cidade.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 6: Santa Clara/Remedios

O único ônibus da Viazul que percorre o caminho entre Santa Clara e a pequena Remedios parte às 10h30 e chega lá uma hora depois. Este é um trajeto muito popular entre brasileiros, que aprenderam rápido como viajar às praias cubanas sem ter que pagar para se hospedar em um resort. Remedios está localizada a apenas uma hora de distância de dois ‘cayos’ famosos: o Las Brujas e o Santa María. ‘Cayos’ são ilhotas localizadas ao logo da costa do país e você só pode entrar neles levando o passaporte, pois o acesso é proibido para os cubanos.

Fora isso, não há quase nada a fazer em Remedios, pois se trata de uma cidade minúscula com uma praça, duas igrejas, alguns restaurantes e hotéis e uma feirinha de souvenires para os turistas. Aproveite as noites quentes para jantar e beber nos bares da praça. Em Remedios, assim como Santa Clara, os preços são muito mais camaradas do que nas cidades hiper turísticas, como Havana e Trinidad.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 7: Cayo Las Brujas (Remedios)

Quer viajar para Cuba e ter uma praia todinha para você de graça? Então Cayo las Brujas tem que estar no seu roteiro de viagem. O lugar antes era de acesso restrito aos hóspedes do único hotel da ilhota, mas hoje pode ser visitado por quem fica em Remedios. A viagem de uma hora custa 40 CUCs ida e volta, o que equivalente a 40 euros (preço de novembro de 2015). Combine o transporte com o dono da casa em que você estiver hospedado, pois ele pode falar com vizinhos para ver se encontra outros turistas com que você consiga dividir o carro (cabem até seis pessoas).

A entrada no cayo é gratuita, mas você precisa apresentar passaporte para provar que não é cubano. Os táxis deixam os turistas no trecho da praia mais distante do hotel, assim evitam problemas de você entrar em alguma área restrita aos hóspedes. E você terá a areia branca e o mar muito verde quase só para si, dividindo-a apenas com os poucos viajantes independentes que costumam fugir dos preços dos resorts. Mas leve tudo com você para passar o dia na praia, pois não há nada no Cayo las Brujas além de sol, mar, beleza e tranquilidade.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 8: Cayo Santa María (Remedios)

Outro cayo que fica a cerca de uma de Remedios é o Santa María, bem mais famoso e procurado por turistas que o Las Brujas e onde existem vários resorts. Por isso, o único trecho de praia onde os turistas que não estão hospedados na ilhota podem entrar é a Playa de las Gaviotas, que fica em uma reserva natural do governo. O táxi deixa você no portão do parque, onde se paga uma pequena taxa de entrada e começa a trilha até a areia. Passe muito repelente, pois a caminhada de 20 minutos no meio da mata tropical vai transformar você em presa fácil para os mosquitos.

Assim como em Las Brujas, não há nada no Cayo Santa María além de areia e mar, então leve tudo o que precisar para passar o dia com você. A exceção são algumas cabaninhas de madeira construídas para que os turistas possam se abrigar do sol forte, já que não há árvores na Playa de las Gaviotas. Combine o retorno com o motorista para em torno das 16h, pois depois disso será praticamente impossível sobreviver aos ataques de mosquito na hora de voltar pela trilha.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 9: Remedios/Trinidad

Dia de se deslocar em direção ao último destino do roteiro de viagem por Cuba: a cidade colonial de Trinidad. Só há um pequeno problema: por razões desconhecidas, a Viazul só opera ônibus de ida para Remedios, não havendo carros de volta. Então, é preciso reservar algum dinheiro para fazer o trajeto de uma hora de táxi até Santa Clara (custa os mesmos 40 CUCs do passeio até o cayo). De lá, sim, você pode pegar o ônibus das 11h15 para Trinidad, onde chegará por volta das 14h. Aproveite o resto da tarde para descansar no hotel. Quando o sol e o calo baixarem, dê as primeiras voltas por esta cidade colonial que é a mais turística de Cuba.

Lá você encontra caixas eletrônicos, minimercados montados como conhecemos (e não com as mercadorias atrás do balcão, como no resto de Cuba), restaurantes quase capitalistas (só falta aceitar cartão de crédito), muitas lojinhas de souvenires, artesanato e obras de arte e dezenas de turistas sentados na praça para poderem se conectar com o sinal de internet WiFi. À noite, todos se encontram na escadaria da Casa de la Musica, o bar mais popular de Trinidad e onde ocorrem shows de salsa até altas horas todos os dias.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 10: Trinidad

Antes de se deliciar com as belezas coloniais de Trinidad, recomendamos que você passe um dia estirado em uma das praias mais lindas e agradáveis que já tivemos a oportunidade de visitar: a Maria Aguilar. Estre trecho de areia está localizado a apenas 20 minutos de carro do dentro histórico da cidade, de onde você pode pegar um táxi coletivo por meros 2 CUCs. Outra alternativa é alugar uma bicicleta, coisa que a maioria dos europeus faz, mas não parece muito agradável cobrir toda essa distância torrando debaixo do sol do Caribe.

Maria Aguilar é um recanto menos muvucado do que a praia vizinha, a famosa Playa Ancón. A pequena faixa de areia é pontilhada por árvores frondosas e palapas, que você pode alugar para passar o dia. Há duas barraquinhas na praia que vendem bebida gelada e trazem lanches de um restaurante próximo. E o mar é aquela maravilha caribenha de águas azuis, translúcidas e quentinhas. Ta aí um lugar que você não pode perder!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem por Cuba – Dia 11: Trinidad

Último dia em Trinidad e em Cuba! Hora de relaxar e curtir os recantos coloniais da cidade sem pressa e sem compromisso. Caminhe devagar pelas ruas de pedras irregulares, tire muitas fotos das fachadas coloridas, desfrute dos bancos da praça e faça uma pequena visita à igreja. No fim da tarde, não perca a última oportunidade de dançar ou apenas ouvir salsa nas escadarias da Casa de la Musica. E não esqueça do brinde com mojitos para fechar o roteiro de viagem por Cuba com chave de ouro!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve em Cuba em novembro de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

3 comentários

Rafael Lima 5 de novembro de 2017 - 14:40

Olá! Parabéns pelo post! Queria uma indicação de onde ficar em Santa Clara. Vocês indicam alguma casa?

Responder
Escolha Viajar 10 de novembro de 2017 - 15:15

Olá, Rafael!
Neste texto você encontra todas as nossas sugestões de hospedagem em Cuba: https://www.escolhaviajar.com/onde-se-hospedar-em-cuba/
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Aline 26 de abril de 2017 - 08:49

Olá!
Estou passando para agradecer as postagens!
vou para Cuba semana que vem e todos os posts estão sendo muito úteis para montar meu roteiro!!
Muito obrigada!
Abraços

Aline
@alinezangara
@d.ditinha

Responder

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais