Página inicial AméricaBrasilSanta Catarina (SC) Roteiro em Imbituba (SC): o que fazer em 3 dias, onde ficar e comer [com mapa]

Roteiro em Imbituba (SC): o que fazer em 3 dias, onde ficar e comer [com mapa]

por Escolha Viajar
Mulher admira a vista da trilha entre as praias de Ibiraquera e do Rosa

Vai visitar Imbituba e ainda não sabe o que fazer por lá, onde ficar ou comer? Não se preocupe! Montamos um roteiro de 3 dias para você conhecer as principais atrações desta cidade do litoral sul de Santa Catarina, considerada a Capital Nacional da Baleia Franca! Além do que fazer em seus 30 quilômetros de belíssimas praias, também diremos como chegar, quando viajar, onde se hospedar, comer bem e beber melhor ainda. Tudo detalhado com mapas!

⇒ Reserve já seu hotel em Imbituba e garanta os melhores preços! ⇐

Imbituba ganhou notoriedade no cenário internacional após sua escolha como sede da etapa brasileira do Circuito Mundial de Surfe, o WCT, que ocorreu no município entre 2003 e 2010. As belezas naturais locais conquistaram surfistas e turistas, que começaram a chegar em número cada vez maior. Hoje com 45 mil habitantes, a cidade oferece infraestrutura total para os visitantes o ano todo, embora seja mais procurada no verão e na temporada de baleias.

Além do avistamento das gigantes do oceano, Imbituba tem uma dúzia de praias de todos os tamanhos – algumas com acesso apenas por trilha -, abrigadas em baías adornadas por ilhas e cercadas de vegetação exuberante. As ondas propícias para o surfe se destacam principalmente na famosa Praia da Vila e na belíssima Praia do Rosa. Para os amantes dos ventos, a Praia de Ibiraquera reserva rajadas perfeitas para a prática do kitesurfe e windsurfe.

⇒ LAGUNA (SC): o que fazer em 2 dias, onde ficar e comer ⇐

Quem curte caminhadas e explorar a natureza tem opção de percorrer as trilhas que ligam algumas das praias de Imbituba, sendo as mais populares a da Praia d’Água e a entre Ibiraquera e o Rosa. Famílias com crianças encontram nas águas calmas da Lagoa de Ibiraquera o seu lugar. Dá até para praticar ‘eskibunda’ nas areias claras das Dunas da Ribanceira! Mas se preferir só relaxar na areia e beber uma boa cerveja artesanal, Imbituba não vai te decepcionar. Confira!

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!
Passarela de madeira leva à Praia da Vila, em Imbituba

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


Onde fica e como chegar em Imbituba?

Imbituba está localizada no litoral sul de Santa Catarina, a 97 quilômetros de Florianópolis – onde também fica o aeroporto mais próximo. Outros balneários turísticos próximos são Guarda do Embaú (53 quilômetros), Garopaba (31) e Laguna (35). Desde o Rio Grande do Sul, são 188 quilômetros saindo de Torres e 371 da capital, Porto Alegre. O acesso a Imbituba é todo asfaltado e feito pela BR-101 tanto pelo norte como pelo sul do país.

⇒ TORRES (RS): o que fazer em 1 dia, onde ficar e comer ⇐

É possível ainda combinar uma visita a cidades serranas. Laguna está a apenas 152 quilômetros da badalada Urubici, o lugar mais frio do Brasil; e a 183 de São Joaquim. O acesso pode ser feito pela SC-390, a famosa Serra do Rio do Rastro. A gaúcha São José dos Ausentes também está ao alcance: são 213 quilômetros via BRs 101 e 285, passando pela Serra da Rocinha. Mais um motivo para recomendar que você faça essa viagem de carro (ou moto, van, enfim)!

Quem não tem veículo próprio ou vai chegar via aeroporto pode alugar um – faça sua cotação de preços aqui. Se você não tiver essa disponibilidade, a opção é viajar até Imbituba de ônibus. Há coletivos diretos desde Florianópolis, Garopaba, Porto Alegre e Laguna. Para horários e preços de passagens, acesse o site da empresa Santo Anjo aqui. Existe ainda a possibilidade de se deslocar até Tubarão, que é uma cidade maior, e de lá pegar um segundo ônibus para Imbituba.


Quando ir e como é o clima em Imbituba?

Imbituba têm as quatro estações bem demarcadas e quantidade significativa de chuva e ventos fortes distribuída ao longo do ano todo. O clima é subtropical úmido. Os meses mais quentes são janeiro, fevereiro e março, quando os termômetros oscilam em média entre os 22ºC e os 28ºC. Já os mais frios são junho, julho e agosto, quando se registra temperaturas entre os 14ºC e os 21ºC. Os meses com maior quantidade de dias de chuva são dezembro, janeiro e fevereiro.

A época mais seca do ano engloba os meses de maio, junho e agosto. Mas note que ainda assim, haverá uma boa quantidade de chuva caindo do céu: 8 dias em média. Se formos levar apenas o clima em conta, os melhores meses para visitar Imbituba são novembro e abril, quando as temperaturas já estão altas para aproveitar as praias, mas a chuva é menos presente. Mas há outros fatores que precisam entrar nessa equação. Se você quer evitar lotação, fuja do verão.

Mulheres saem do mar enquanto criança brinca na areia na Praia do Rosa

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Como as praias do Sul costumam ser frequentadas apenas nos meses de calor, quase toda a movimentação turística se concentra de dezembro a fevereiro. O período coincide com as férias escolares e as festas de final de ano, o que significa multidões nos restaurantes, faixas de areia abarrotadas, trânsito caótico, hotéis sem vagas e preços nas alturas. Para contornar esse ‘vuco-vuco’ sem perder a praia, a opção é viajar em setembro, novembro ou abril.

Não estará tão quente quanto no pleno verão, as as temperaturas ficam em média entre agradáveis 16º e 26ºC. Além disso, como dissemos mais acima, Imbituba é a Capital Nacional da Baleia Franca. Entre julho e novembro, elas migram para a região em busca de águas calmas e quentes para acasalamento e nascimento dos filhotes, próximo à arrebentação das ondas. O auge dos avistamentos ocorre entre a segunda quinzena de agosto a final de setembro.

Letreiro com o nome de Imbituba no calçadão da Praia da Vila

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


Onde ficar em Imbituba – Hospedagem boa e barata!

Há três boas áreas em Imbituba onde se hospedar como turista. A primeira delas é a Praia da Vila, que é o centro da cidade e onde estão os grandes supermercados e outras lojas. A segunda é Ibiraquera, local mais calmo e com infraestrutura de menor porte. Mesmo assim, tem minimercado, restaurantes, bares, lojas, tudo o que precisar. Por fim, a Praia do Rosa, reduto de jovens e surfistas e onde a noite é mais animada! Há vários bares, restaurantes e algumas baladas.

⇒ O QUE FAZER EM ALTER DO CHÃO: Roteiro para 1, 2, 3, 4 ou 5 dias ⇐

Os três pontos são ótimos, mas não muito próximos. Para circular entre eles, só de carro ou transporte público. Então, se você vai a Imbituba de ônibus e não terá um veículo próprio, é melhor ficar na Praia da Vila, onde está localizada a rodoviária da cidade. Nossa primeira opção por lá é o Silvestre Praia Hotel, que fica dois minutos a pé da praia. Ele tem piscina, salão de jogos e estacionamento. As diárias custam a partir de R$ 285 para duas pessoas.

Para mais informações e reservas, clique aqui. Já o Praia Hotel Imbituba está a um minuto de caminhada da Praia da Vila. Ele oferece quadra poliesportiva, parquinho infantil, restaurante, piscinas adulto e infantil, assim como saunas úmida e seca. Alguns quartos dispõem de varanda e vista para o mar. As diárias são um pouco mais salgadas, mas o custo-benefício compensa: a partir de R$ 425 para duas pessoas. Para mais informações e reservas, clique aqui.

Varanda de frente para o mar do Praia Hotel Imbituba

Foto: Divulgação

Já em Ibiraquera, nossas sugestões são duas pousadas bem aconchegantes. A Barra Mar fica a três minutos a pé da praia e oferece piscina, salão de jogos e parquinho infantil . Todos os quartos possuem TV de tela plana e frigobar. Alguns dispõem de churrasqueira. As diárias custam a partir de R$ 350 para duas pessoas. Para mais informações e reservas, clique aqui. Já a Pousada do Paraiso tem preços um pouco mais camaradas: R$ 185 para dois hóspedes.

Situada a apenas 50 metros da beira do mar, oferece acomodações com piscina, parquinho infantil, terraço, estacionamento, jardim e churrasqueira. Todos os quartos possuem varanda e TV de tela plana. Para mais informações e reservas, clique aqui. Quem opta por ficar na Praia do Rosa tem uma quantidade bem maior de locais de hospedagem disponíveis. Vamos deixar duas sugestões muito bem avaliadas. A primeira é a Pousada Rosa, a cinco minutos da praia.

Piscina da Pousada Barra Mar, em Ibiraquera

Foto: Divulgação

Ela tem piscina, terraço panorâmico, sala de bilhar, bar, estacionamento e churrasqueira. Os quartos da Pousada Rosa são bem iluminados e dispõem de área de estar e frigobar. Alguns oferecem varanda com vista. As diárias custam a partir de R$ 220 para duas pessoas. Para mais informações e reservas, clique aqui. Nossa segunda sugestão para quem vai ficar no Rosa é a Pousada Pedra Grande, que fica a 3 minutos a pé da praia e tem vista da Lagoa do Meio.

Os apartamentos são bem iluminados e arejados, com bastante espaço. Além disso, são equipados com cozinha compacta equipada de micro-ondas, cafeteira, geladeira e fogão. Alguns possuem varanda e banheira. O local é muito integrado à natureza e ideal para quem gosta de se hospedar de forma mais independente. As diárias custam a partir de R$ 485 para duas pessoas sem café da manhã. Para mais informações e reservas, clique aqui.

Quarto com vista para a piscina da Pousada Rosa

Foto: Divulgação


Roteiro em Imbituba – O que fazer em 1 dia

Antes de começar, duas dicas. Primeira: esse roteiro parte da Praia da Vila, segue para o norte e termina na Praia da Ribanceira, quase em Ibiraquera. Portanto, se você está hospedado em Ibiraquera ou na Praia do Rosa, que fica ainda mais ao norte, faça o trajeto ao contrário: da Ribanceira para a Vila, ok? E se você não está de carro, as opções são táxi, Uber ou ainda uma excursão. O passeio sai nas terças e sextas às 10h e custa R$ 280 – reserve aqui.

Agora sim, vamos ao primeiro dia de roteiro em Imbituba! O ponto de partida é o Restaurante O Jangadeiro, que fica próximo ao canto norte da Praia da Vila. Você pode deixar o carro no estacionamento em frente ao restaurante e pegar a passarela de madeira que começa ali e te leva até um dos recantos mais famosos no mundo do surfe. A Vila foi uma das poucas praias da América Latina que sediou o Campeonato Mundial de Surfe (WCT).

Balanço de madeira na beira da Praia da Vila

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Localizada no coração de Imbituba, possui um visual deslumbrante definido pelo costão rochoso ao norte e pelas ilhas Santana de Dentro e Santana de Fora logo em frente. Além de comporem a paisagem ímpar, são essas duas ilhas que viabilizam a formação de ondas que chegam a atingir 5 metros de altura. A Praia da Vila também é excelente para a pesca e para a observação das baleias, que podem se vistas a 20 metros da praia entre julho e novembro.

Quem não surfa nem tiver a oportunidade de viajar na temporada de baleias, pode curtir uma caminhada tranquila pelo calçadão, admirar a paisagem, tirar fotos com o letreiro de Imbituba, beber uma água de coco nos bares ou food trucks à beira-mar. Depois do passeio, retorne ao Jangadeiro para pegar o carro e seguir para o próximo destino: o Mirante da Praia do Porto, que fica a 3,5 quilômetros ao norte pelas avenidas Manoel Florentino Machado e 13 de Setembro.

Vista do alto do Mirante da Praia do Porto, em Imbituba

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Localizado no bairro Vila Nova Alvorada, dele se pode observar toda a extensão da Praia do Porto, cercada por altos morros verdejantes, além dos navios que chegam e saem do porto. Faça suas fotos e, depois, siga viagem para a Praia da Ribanceira, que fica 3,5 quilômetros ao norte pela Avenida 13 de Setembro e Rua João Martins. Além de recanto de surfe, a Ribanceira tem um belo visual marcado pela estreita faixa de areia, um gostoso calçadão e o costão rochoso ao sul.

É também uma das praias queridinhas das baleias francas na temporada de julho a novembro. Por isso, existe um mirante para a observação dos mamíferos na trilha que sai pelo canto sul. A trilha tem apenas 300 metros de distância e leva também a uma pequena praia de pescadores, a Praia dos Amores. Bem pequenina, com apenas 50 metros, ela fica espremida entre os morros e rende algumas belas fotos. De volta ao calçadão, caminhe cerca de 500 metros para o norte.

Mulher posa para foto na trilha para a Praia do Amor

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Você verá uma placa indicando as dunas da Ribanceira, que formam um panorama surpreendente para o sul do Brasil. Algumas delas podem chegar a 30 metros de altura, proporcionando ótimas descidas para os adeptos do sandboard. Quem prefere só curtir a paisagem, pode se deliciar com visões da Ribanceira, da Serra do Tabuleiro, da Lagoa de Ibiraquera, dos morros de Garopaba e do pôr do sol. Após o entardecer, hora de curtir a noite!

Se for sexta-feira, recomendamos a Cervejaria Imbé (R. Gina Cyrelli e Silva, 160), que oferece cervejas artesanais e petiscos a preços excelentes. Destaque para a belgian blonde ale de butiá, fruta azedinha típica da região sul de Santa Catarina. Se não for sexta-feira, recomendamos o Pub e Burgueria Beira Mar, que fica de frente para a Praia da Vila, no centro de Imbituba (Rua Manoel Antônio de Souza, 238). O lugar é famoso pela caipirinha de butiá 😉

Dunas da Praia da Ribanceira, atração turística de Imbituba

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


Roteiro em Imbituba – O que fazer em 2 dias

O segundo dia do roteiro em Imbituba será dedicado à Praia de Ibiraquera. Se você está hospedado no centro/Praia da Vila, são 11,5 km para o norte pelas avenidas 13 de Setembro e Sul. Se está hospedado na Praia do Rosa, são 17,5 km para o sul, contornando a Lagoa de Ibiraquera e passando pela BR-101. Se está sem carro, já sabe: chame um táxi, um Uber ou tome parte de uma excursão. O passeio sai nas segundas e quintas-feiras às 9h ou 14h30.

O tour de meio período custa R$ 180 e te leva a Ibiraquera e também à Praia do Rosa, mesmo que de forma rápida. Se for a sua opção, pode fazer a reserva da excursão aqui. Quem vai fazer o passeio por conta própria pode se dirigir à Barra de Ibiraquera, onde o mar e a lagoa se encontram num cenário único. Você verá a lagoa à esquerda e a praia aberta à direita. Algumas vezes por ano, a barra é aberta de forma artificial para que as águas doces e salgadas se misturem.

Árvore às margens da Lagoa de Ibiraquera, em Imbituba

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Fustigada por fortes ventos, Ibiraquera é considerada a melhor praia para a prática de kitesurfe e windsurfe em todo o Brasil. Também é famosa pela pesca do camarão-rosa. Sua longa faixa de terra, com seis quilômetros de extensão, é propícia para gostosas caminhadas. Ao redor da Barra, há várias opções de pousadas e restaurantes. Deixe o carro estacionado e prepare-se para fazer uma bela trilha! Atravesse a Barra e vá para a praia do outro lado, a do Luz.

A Praia do Luz tem poucas construções e infraestrutura, mas costuma ficar lotadinha na alta temporada, feriados e finais de semana. A faixa de areia não é muito extensa e está cercada de Mata Atlântica, formando uma bela paisagem com a Ilha do Batuta logo em frente. Até a extremidade norte da praia, você vai andar cerca de 1 km. No costão, começa a trilha que leva do Luz até a famosa Praia do Rosa, mais 1 quilômetro adiante para o norte e rochedo acima.

Praias do Luz e Ibiraquera vistas da trilha para o Rosa

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Mas não é uma caminhada difícil, embora um pouco cansativa no início por causa da areia fofa. Proteja-se do sol e leve água que vai ficar tudo bem, hehe! Em um certo ponto, a trilha se bifurca e há a opção se seguir reto pelo caminho mais curto até o Rosa; ou de quebrar à direita e contornar a beirada do costão. Demora um pouco mais, mas as paisagens lá do alto valem cada gota de suor a mais. Ao fim e ao cabo, você desce e chega ao Porto Novo.

Esta pequena enseada fica no extremo sul do Rosa. Batendo lá você pode retornar para a Luz, uma vez que visitaremos a Praia do Rosa com calma no terceiro dia de roteiro em Imbituba. Uma vez de volta à Ibiraquera, assista ao entardecer desde as passarelas de madeira que dão acesso a areia. A happy hour acontece no Pub da Smurfette, a uma quadra da praia . O ambiente praiano e relax é complementado por petiscos e cerveja artesanal de ótima qualidade 😉

Lua ilumina a Ilha do Batuta e a Praia de Ibiraquera

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


Roteiro em Imbituba – O que fazer em 3 dias

No terceiro e último dia de roteiro em Imbituba, é hora de conhecer as belezas da Praia do Rosa! Quem está hospedado em Ibiraquera vai se deslocar 17,5 km para o norte, contornando a lagoa e passando pela BR-101. Quem está hospedado no centro/Praia da Vila vai ter que ir um pouco mais longe: são 25,5 km rumo ao norte, também pela BR-101. Quem está hospedado no Rosa, já acordou de frente para este paraíso!

A baía se destaca por sua beleza nativa preservada, charme hippie e ondas perfeitas para o surfe. A faixa de areia de sete quilômetros de extensão é cercada de morros verdejantes coalhados de pousadas acolhedoras e ruas muito estreitas. O centrinho oferece lojas e uma noite animada, com diversos bares e restaurantes. O destaque gastronômico são os pratos à base de frutos do mar. Comece seu passeio pelo canto direito da praia, conhecido como Rosa Sul.

Escadaria de madeira leva até a areia da Praia do Rosa sul

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Ponto de acesso de todos os carros ao Rosa, é a parte mais agitada da baía. Restaurantes pé de areia oferecem espreguiçadeiras, drinques, cerveja, petiscos e refeições completas para quem quer passar o dia só curtindo a vida e admirando a paisagem. Se essa é a sua ‘vibe’, pode se jogar sem medo, hehe. Para quem gosta de uma caminhada ou não abre mão de conhecer os atrativos locais, sugerimos andar até o lado oposto da baía: o Rosa Norte.

No caminho, faça uma pausa para se refrescar na Lagoa do Meio, com água salgada e tranquila. O Rosa Norte é bastante deserto, praticamente sem construções perto da areia. Nos rochedos, há uma trilha bem curtinha que leva à piscina natural. O lugar é sensacional para tomar banho de mar e fazer muitas fotos, mas cuidado com a força das ondas vindo até por cima das pedras! Os mais empolgados podem continuar andando ainda um pouco mais.

Casal toma banho na piscina natural da Praia do Rosa

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

A trilha da piscina segue por mais um quilômetro até a Praia Vermelha, um dos recantos mais selvagens de Imbituba. Com aproximadamente 480 metros de extensão e acesso somente a pé, é praticamente deserta e linda por natureza. Confesso que não fomos até lá porque o sol estava queimando o lombo. Mas quem foi garante que a visita vale a pena! Seja da Vermelha ou da piscina natural, o caminho de volta até o Rosa Sul é longo, hehe.

Mas no final está a recompensa: um fim de tarde relaxante a beira-mar, no restaurante de sua escolha! À noite, você pode simplesmente curtir o centrinho do Rosa, onde há muitas opções para beber e comer. Mas temos uma sugestão diferenciada. Pegue o carro – ou táxi, ou Uber – até a Cervejaria Urutau, na BR-101 (10,5 km de distância). O pub dentro da fábrica é super descolado e tem MUITAS torneiras da melhor cerveja artesanal de Imbituba. Saúde!

Copo de chope sobre o balcão da Cervejaria Urutau, em Imbituba

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


Roteiro em Imbituba – Dica bônus!!!

Tem mais tempo sobrando para conhecer outras atrações do sul do estado? Então temos duas dicas bônus para te dar!!! A primeira é fazer um passeio pela histórica Laguna, apenas 35 quilômetros ao sul. Você pode conferir nosso roteiro completo clicando aqui. A outra dica é que você pode fazer um bate-volta até a badalada serra catarinense. Excursões saem de Imbituba aos sábados e te levam à Serra do Rio do Rastro e Urubici por R$ 450 – reserve seu passeio aqui 😉

Mulher admira a vista do Farol de Santa Marta desde o Morro do Céu

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve em Imbituba em abril de 2022 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais