Página inicial Planeje sua viagemDinheiro Quanto custa viajar para Galinhos? Saiba como gastar só R$ 235 por dia

Quanto custa viajar para Galinhos? Saiba como gastar só R$ 235 por dia

por Escolha Viajar
Turista segura caipirinha do Bar Nativus com a praia ao fundo

Está planejando as férias e quer saber quanto custa viajar para Galinhos? Esta belíssima praia escondida no Rio Grande do Norte certamente é um paraíso que valeria qualquer preço. Mas nem é preciso se preocupar, pois conhecê-la é uma viagem muito barata! Vamos mostrar na ponta do lápis quanto custa viajar para Galinhos e como gastar só R$ 235 por pessoa por dia sem abrir mão de boa hospedagem, comida gostosa, cerveja gelada e passeios sensacionais!

⇒ Reserve já seu hotel em Galinhos e garanta os melhores preços! ⇐

O primeiro fator a se levar em consideração é que Galinhos é uma pequena cidade isolada em uma península de areia no litoral norte do Rio Grande do Norte. Ela divide a península com a vila de Galos e visitar as duas por inteiro não leva mais do que dois dias. Contando um dia para ir e mais outro para voltar, pode ser uma viagem de apenas 4 dias. Mas claro que você pode ficar muito mais apenas para relaxar e curtir as praias por mais tempo, o que nós recomendamos.

O segundo fator na hora de calcular quanto custa viajar para Galinhos é o transporte até lá. Ela está situada a 160 quilômetros de Natal, a 85 de São Miguel do Gostoso (RN), a 410 de Fortaleza (CE) e a 260 de Canoa Quebrada (CE). Embora não seja uma ilha, não há estrada até Galinhos. Para chegar até lá, a primeira opção é pegar seu carro – ou alugar um em qualquer uma das cidades acima – e dirigir até o Estacionamento Pratagil, na RN-402.

Esse estacionamento é administrado pela prefeitura e você pode deixar seu carro lá por quantos dias quiser de graça. O preço do aluguel de um veículo por quatro dias saindo de Natal parte de R$ 272,76. Saindo de Fortaleza, o preço começa em R$ 334,53. Os preços foram pesquisados no site da RentCars, que reúne as melhores locadoras do Brasil em um só lugar e facilita a sua vida para alugar um carro. Para fazer sua cotação, clique aqui!

Depois de estacionar no Prata Gil, é só se dirigir ao píer com sua bagagem e pegar um barco privado ou da prefeitura para a viagem de 10 minutos pelo braço de mar que separa a península de Galinhos do resto do continente. O barco privado sai quando você quiser. A partir de oito passageiros, o barqueiro cobra R$ 4 por pessoa. Se estiver viajando em menos de oito pessoas e não quiser esperar aparecer mais gente, é só fechar a embarcação por R$ 30.

SEGURO SAÚDE com 5% de desconto
O Seguro Saúde é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e recomendado em viagens para o exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Barco ancora próximo ao píer de Galinhos

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Os barcos da prefeitura partem a cada 30 minutos até as 17h – depois, os intervalos ficam mais longos, mas eles nunca param. NINGUÉM precisa pagar passagem, mas os barqueiros cobram dos turistas mesmo assim. São R$ 4 por pessoa. Se você não tem ou não quer alugar um carro para conhecer Galinhos, há mais duas opções. A primeira delas é ônibus. A Expresso Cabral faz a rota Natal-Macau com uma parada no Pratagil.

O Escolha Viajar entrou em contato com a empresa para saber preços e horários atualizados, mas não obteve resposta. Segundo o Viaje na Viagem (leia mais aqui), em 2016 a linha operava sexta, domingo e segunda. O ônibus sai de Natal às 6h e chega às 9h. A volta é às 17h15, com chegada às 20h15 na capital. A passagem custa R$ 32,10 e pode ser comprada nos guichês da rodoviária de Natal.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

Mas a forma mais comum de visitar Galinhos é contratando um passeio de um dia que vai e volta de Natal. Você pode reservar o seu aqui. O custo é de R$ 250 por pessoa. Se você só tem um dia para conhecer a cidade, essa é sem dúvida a forma mais prática e com melhor custo-benefício. Você pode beber e não precisa se preocupar em dirigir no fim do dia. Mas, ao mesmo tempo, é um roteiro ‘preso’, com horário para tudo e tendo que acompanhar o grupo.

Nós não curtimos nenhum um pouco esse tipo de turismo. Por isso, sugerimos que você fique por lá ao menos dois dias, para aproveitar o lugar e suas belas praias com mais calma. Confira aqui nossa sugestão de o que fazer em Galinhos em dois dias de viagem! Uma vez em Galinhos, seu custo com transporte será pequeno. A cidade é minúscula e você andar por tudo. Quem tem disposição para caminhar pode ir até as praias e mesmo a Galos a pé.

Turista caminha pela praia principal de Galinhos

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Mas andar uma ou duas horas no sol escaldante não é do gosto de todo mundo. Mas em Galinhos não há táxis ou ônibus, já que as ruas são de areia. O transporte dentro da península é feito de charrete. Do píer até seu hotel o custo é de R$ 10 para duas pessoas, mas só vale a pena para quem estiver com uma mala muito grande e não quiser andar por menos de 10 minutos com ela. De Galinhos até a Praia do Farol são R$ 30 para duas pessoas, e de Galinhos até Galos, R$ 60.

Muitos lugares também podem ser visitados em um passeio de buggy. O tour custa R$ 200 e passa pela Praia do Farol, Praia do Pontal, vila de Galos, Duna do André, parque eólico e Duna do Capim. Outros passeios populares em Galinhos são os de barco ou canoa. O barco é mais indicado para grupos grandes. Para casais ou grupos menores, o melhor é a canoa. Nesse passeio, você vai navegar pelo braço de mar e visitar todos os pontos citados acima.

Buggy faz parada para fotos durante passeio pelo parque eólico

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

O destaque é o almoço, feito na hora pelo barqueiro com base em ostras frescas e ceviche de peixe. O tour custa a partir de R$ 250 para duas pessoas. O próximo item da sua lista de quanto custa viajar para Galinhos é a hospedagem. Quase só há pousadas familiares na cidade, e as diárias estão dentro da média para o litoral nordestino. Nós ficamos no Chalé Mar Rio, um quarto aconchegante a cinco minutos de caminhada da praia.

Pagamos R$ 200 a diária para o casal com café da manhã delícia na varanda. Se quiser mais informações ou fazer uma reserva, clique aqui. Outras pousadas muito populares na cidade são a Brésil Aventure, que fica a beira-mar e sai por R$ 280 a diária para casal (confira mais aqui); e a Amagali Pousada, que tem piscina e custa a partir de R$ 290 a noite para casal (confira mais aqui). Há ainda uma opção na vila de Galos: a Pousada Peixe-Galo por R$ 380 (mais aqui).

Fachada colorida da pousada Chalé Mar Rio

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

Só nos resta falar sobre alimentação, que é algo que não sai caro em Galinhos. Claro que comer e beber na beira da praia sempre tem seu custo, mas ele não é exorbitante. E, à noite, você pode compensar os gastos jantando nas lanchonetes, churrasquinho e trailers de comida da praça. Na praia, nossa sugestão é o Bar Nativus, o melhor da cidade. A cerveja geladíssima de 600 ml sai por R$ 10 e a caipirinha, 10.

Para petiscar, a carne de sol com macaxeira sai por R$ 28 e a isca de peixe, R$ 40. Para quem gosta de um almoço mais reforçado, os pratos de peixe e camarão custam a partir de R$ 90 para duas pessoas. Para o jantar, recomendamos a Lanchonete da Família Silva ou o churrasquinho que fica logo em frente. O espeto sai por míseros R$ 3,50 com farofa e vinagrete. Na lanchonete, tem bauru, pastel e pizza individual por R$ 5, além de ótimos sucos naturais.

Prato de carne de sol com feijão verde do Bar Nativus

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

O Escolha Viajar passou quatro dias em Galinhos em agosto de 2019 e gastou um total de R$ 1.890,33, o equivalente a R$  236,29 por pessoa a cada dia. Vale destacar que esta foi uma viagem de férias, por isso não no esforçamos para fazer muita economia. Mesmo assim, o custo da viagem ficou bem em conta. Até por que Galinhos é um lugar muito simples e não há como esbanjar dinheiro com muitos luxos. Nos hospedamos em uma pousada familiar com preço excelente.

Dispensamos os poucos restaurantes caros do lugar. Fizemos todas as refeições em bares e lanchonetes familiares, o que nos garantiu comida gostosa e cerveja gelada a preços módicos. Caminhamos muito pelas belíssimas praias e não gastamos nada com transporte de charrete. Assim, sobrou muito dinheiro para fazer os passeios de buggy e canoa sem estourar o orçamento. Confira a lista completa de despesas, saiba quanto custa viajar para Galinhos e prepare seu bolso:

Quanto custa viajar para Galinhos (RN)?

  • Refeições e ‘happy hours’ feitas em restaurantes ou lancherias: R$ 400,50 ou R$ 50,06 por pessoa a cada dia
  • Comida e bebida comprada em minimercados e padarias: R$ 40,50, ou R$ 5,06 por pessoa a cada dia
  • Aluguel de carro por cinco dias + gasolina: R$ 383,33, ou R$ 38,33 por pessoa a cada dia
  • Três noites de hospedagem em pousada: R$ 600, ou R$ 100 por pessoa a cada noite
  • Passeio de canoa: R$ 250, ou R$ 125 por pessoa
  • Passeio de buggy: R$ 200, ou R$ 100 por pessoa
  • Transporte de barco desde o estacionamento Prata Gil até o píer de Galinhos (ida e volta): R$ 16, ou R$ 8 por pessoa

Veja todos os posts de Galinhos

Ficou mais fácil planejar sua viagem? Se ainda tiver alguma dúvida, deixe sua pergunta nos comentários que o Escolha Viajar responde. Aproveite, também, para ler outros textos nossos sobre Galinhos (RN).

⇒ FOTOS DE GALINHOS! Faça uma ‘viagem’ à praia em 60 imagens
⇒ O QUE FAZER EM GALINHOS: Roteiro para 1 ou 2 dias de viagem
⇒ ONDE SE HOSPEDAR EM GALINHOS (RN) e gastar pouco dinheiro

Charrete leva moradores pelas ruas de Galinhos

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve em Galinhos em agosto de 2019 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário