Página inicial ÁfricaEgito Confira 10 dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Confira 10 dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

por Escolha Viajar
Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Existem alguns países no mundo com atrações turísticas imperdíveis, mas cujo ambiente não é exatamente o que você gostaria de encontrar durante suas férias. É o caso de países muito pobres e sujos, como a Índia ou o Egito. Sem preparo, uma viagem assim pode acabar sendo uma grande decepção para o viajante. Ninguém gosta de ser enganado em uma negociação de preços, de cair no conto do ‘eu não tenho troco’, de pisar em bosta de camelo, de descobrir que seu hotel é um lixo, que as pessoas vão te lançar olhares constrangedores por causa da roupa que está usando etc. Mas é o que vai acontecer se você não conferir algumas dicas do Egito antes de viajar!

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NO EGITO barato e sem perrengue
⇒ GUIA DE VIAGEM EGITO: Tudo que você precisa saber!

Um pouco de pesquisa vai levar você a saber que a arruinada economia egípcia deixou muita gente na miséria e que, por isso, eles encaram o turista como uma grande fonte de renda. Assim, não vêem nenhum problema em tentar passar a perna em você e arrancar cada centavo que puderem. É uma questão de sobrevivência. A pobreza contribui para a sujeira e poluição, já que não serviços públicos básicos de higiene e muito menos preservação do meio ambiente. Você vai passar por pilhas de lixo espalhados pelas ruas da cidade de Gizé, que fica na região metropolitana do Cairo, antes de ter a primeira visão das pirâmides no horizonte.

Saber que hoje o Egito é um país dividido entre uma grande maioria muçulmana e uma minoria de cristãos cooptas também vai ser útil. Assim, não vai se surpreender de ver as pessoas completamente cobertas andando pelas ruas do Cairo mesmo em um dia de muito calor. Ou diante de trajes típicos muçulmanos, que são comuns fora da capital. Nem vai achar estranho que tudo feche na sexta, já que este é o dia semanal de folga no Islã, e que todo o comércio funcione normalmente no domingo. Confira estas e outras dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar:

Dicas do Egito – Todo cuidado com higiene é pouco

Embora não seja tão sujo quanto a Índia, o Egito também é um país muito poluído e onde os padrões de higiene estão bem longe do que os nossos anticorpos brasileiros são capazes de suportar. Por isso, muito cuidado ao viajar para lá, pois você estará correndo risco de pegar uma infecção alimentar ou outras doenças causadas pela sujeira, como micose nos pés. Pode parecer que um simples ‘piriri’ jamais estragaria sua viagem, mas há casos em que o corpo recebe um choque tão grave que é preciso internação hospitalar, pois a doença simplesmente não se cura sozinha.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

E mesmo as que se vão por conta própria deixam seu corpo desidratado e fraco por dias, tirando todo o prazer da viagem. Para (tentar) evitar que isso aconteça, procure um lugar com boas referências de limpeza para se hospedar, escalde seus sapatos quando voltar da rua, limpe as mãos com álcool gel e não use a água da torneira para nada, nem mesmo escovar os dentes. Na rua, não coma ou beba nada que não seja industrializado ou não esteja devidamente lacrado. Só faça refeições no seu hotel ou em restaurantes indicado por ele ou por seu guia/agência de turismo. E nunca, mas nunca MESMO viaje sem um bom seguro saúde.

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Quando não viajar (clima)

Quase totalmente tomado pelo clima desértico, o Egito tem apenas duas estações. São elas o inverno, de novembro a abril; e o verão, de maio a outubro. A estação mais quente do ano é realmente quente no Egito. E seca. Com exceção da costa do Mediterrâneo, onde fica a lendária Alexandria e que registra precipitações razoáveis durante o inverno, o resto do país raramente vê água cair do céu. Ao sul da capital, podem se passar anos sem que seja registrada uma única gota de chuva. E é exatamente nesta parte do país que estão localizadas algumas das principais atrações turísticas do Egito, nas cidades de Luxor, Assuã e Abu Simbel.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

Foram justamente as altas temperaturas e ausência de umidade que determinaram a construção do Vale dos Reis – onde estão as tumbas dos governantes do Antigo Egito – próximo a Luxor, do lado direito do Rio Nilo. Eram as condições necessárias para a preservação das múmias dos faraós e outros personagens da nobreza que foram lá sepultados. Na capital, a temperatura máxima nesses meses costuma variar entre 29ºC e 35ºC. Mas seguindo o Nilo em direção a Assuã, rumo tomado pela maioria dos turistas, os termômetros costumam subir entre os 35ºC e 41ºC.

Segundo os guias locais, embora a temperatura não costume passar da casa dos 40ºC, o calor pode ser agravado ainda mais no verão pelo ar extremamente seco e pelo vento característico da região – que levanta tempestades de areia. Em dias assim, a sensação térmica na região do Vale dos Reis pode passar dos 50ºC, e ninguém sai de casa do início até o fim da tarde. Então, se você não quiser cozinhar no deserto – quase literalmente -, evite viajar ao Egito de maio a outubro.

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Abordagens na rua

Ser turista e tentar caminhar pelas ruas do Egito sozinho é praticamente uma odisseia de paciência. Identificados a quilômetros de distância só pelas roupas e tipo físico, os viajantes não costumam conseguir dar mais que 10 passos ser serem abordados por algum homem, mulher e, principalmente crianças, pedindo dinheiro, vendendo lembrancinhas ou tentando convencer você a entrar na sua loja ou subir no seu táxi/charrete. No Cairo isso é raro, mas não nas cidades que compõem o circuito turístico do Egito Antigo, ás margens do Nilo.

Infelizmente, essa é a realidade de um país extremamente pobre, onde muitas pessoas não têm outra fonte de renda que não a advinda dos turistas, especialmente mulheres. A muitas delas não é permitido trabalhar fora, dependendo do quão rigorosa é a família. Além disso, a exploração das crianças para abordar os viajantes é muito comum. A maioria é extremamente insistente e muitos chegam às raias de persegui-lo, puxá-lo pelo braço ou mesmo cercá-lo. Se tentar livrar-se deles de forma educada não funcionar, diga não de forma firme e saia andando para longe rapidamente.

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Tenha sempre um trocado à mão

Todo egípcio espera que você, como turista, pague gorjetas pelos serviços prestados. O motorista de táxi ou charrete, o recepcionista do hotel, o carregador de mala, o garçom, o guia turístico, o domador de camelo, o cara que tirou uma foto para você, que te deu uma informação etc etc etc. Alguns estabelecimentos proíbem tal prática entre os funcionários, mas nem sempre são obedecidos. Por isso, tenha um trocado sempre em mãos para dar e não se acanhe se ouvir que não é o suficiente. Nunca é.

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Prepare-se para gastar mais do que pensava

Muitos turistas se animam na hora de calcular quanto custa viajar para o Egito, já que se trata de um país muito pobre e de moeda desvalorizada. Grande engano… Com suas atrações milenares e inigualáveis, este país árabe do norte da África aprendeu muito bem a explorar o turismo e o turista como fonte de renda. E põe explorar nisso: quase tudo relacionado ao viajante é super inflacionado. Mas, combinando uma hospedagem econômica com um tour caro, um transporte caro com uma refeição econômica, é possível equilibrar o orçamento de uma viagem para o Egito.

Comida e hospedagem podem ser encontradas por preços razoáveis, desde que você evite redes de hotéis internacionais e restaurantes turísticos. Já o trem turístico noturno que percorre a rota Cairo-Luxor-Assuã sai por US$ 84. As entradas nas atrações turísticas são bastante econômicas, mas guias e motoristas saem muito caro. E a qualidade nem sempre acompanha o preço. Enquanto um ingresso para as Pirâmides de Gizé sai por US$ 4,35, um passeio privado para visitá-las de camelo, e também conhecer Memphis e Saqqara, custa US$ 70. Um cruzeiro de três dias pelo Rio Nilo, US$ 300!

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Procure um hotel com boas referências

Preço não pode ser o critério predominante na hora de escolher onde se hospedar no Egito. Com exceção do Cairo, evite hostels mesmo se for um viajante super econômico, e deixe quartos compartilhados fora de cogitação. É difícil não cair na tentação, pois há muitas opções de hospedagem no país ridiculamente baratas. Mas sua prioridade deve ser procurar estabelecimentos que combinem segurança e higiene com um custo benefício razoável.

A melhor forma de fazer isso é pesquisando muito em sites de reserva de hotéis que mostrem as avaliações de outros viajantes sobre os lugares. Assim, você vai descobrir se ele é realmente limpo – pelo menos na medida do possível para o Egito -, seguro para os viajantes, se está localizado em uma boa região e se oferece serviços honestos aos turistas. É claro que, se você puder ser hospedar em grandes redes internacionais, não precisa ter essa preocupação. Já quem precisa viajar gastando pouco, deve tomar esse cuidado extra (confira nossas sugestões de onde se hospedar no Egito).

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Vista-se de forma adequada

A maioria do povo egípcio segue a religião muçulmana, que, como você sabe, é muito rigorosa com o decoro, especialmente feminino. O principal reflexo disso pode ser visto nas roupas. Fora da capital, os homens usam as típicas túnicas árabes e as mulheres, o icharb (traje que só deixa o rosto de fora). No Cairo, haverá bastante gente vestida à moda ocidental, sendo que as mulheres usam calças e blusas de manga comprida, cobrindo apenas o cabelo com um lenço. Ou seja, se você não quiser chamar a atenção em um ambiente como esse, nada de trajes justos, curtos, decotados ou mesmo ombros de fora.

Há países árabes que aceitam perfeitamente o fato de que turistas se vestem de uma forma diferenciada, mas esse não é o caso do Egito. É claro que não existe nenhuma lei que te proíba de usar o que quiser quando for até lá, mas tenha em mente que isso pode parecer um desrespeito aos costumes locais, especialmente se você for visitar mesquitas ou outros pontos de cunho religioso. Para estes lugares e também para andar na rua, dê preferência a peças que cubram as pernas e os ombros. Dentro de atrações turísticas, pode tirar o casaco ou a echarpe e ficar mais à vontade.

Se for mulher e estiver viajando sozinha – ou com um grupo só de mulheres -, o cuidado deve ser redobrado. O Egito é um país onde a mulher ainda é considerada inferior e que registra muitos casos de estupro, até mesmo de turistas. Quanto mais coberta você estiver, menos olhares lascivos, sussurros ao pé de ouvido ou perigos maiores vai atrair.

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Prepare-se para muitas fotos

Os povos árabes, especialmente os africanos, tês feições e tipo físico muito diferentes do europeu e seus descendentes, que compõem a maioria dos turistas que viaja para lá. Isso os deixa fascinados por viajantes de olhos, cabelos e tom de pele claros e gerou um hábito que pode parecer muito estranho no primeiro momento: o de pedir para tirar fotos de você e com você. É claro que não é possível garantir que nunca haja segundas intenções no gesto, mas você perceberá que é uma grande diversão para eles, especialmente grupos de jovens e mulheres.

Alguns chegam a seguir você por vários minutos até terem coragem de pedir para tirar a foto, hehe. Às vezes, chamam a família inteira e até colocam o bebê no seu colo. O segredo é não se estressar e entrar na brincadeira, pedindo para tirar fotos com eles também. Se desconfiar que possa ser algo diferente, negue o pedido com educação e siga seu caminho. E nunca entregue sua câmera na mão de estranhos!

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Cuidados com dinheiro e preços

Essa é uma máxima a ser seguida em todas as viagens, para qualquer lugar do mundo, mas especialmente em países pobres como o Egito. Não dê seu cartão de crédito ou débito para ninguém fazer pagamentos, nem o deixe à vista em cima de balcões de lojas ou mesas de restaurantes. Carregue dinheiro vivo em bolsos internos ou naquelas pochetes que ficam do lado de dentro da roupa. Pechinche muito na hora de comprar e sempre confira o troco antes de sair da loja, restaurante ou bilheteria.

Mesmo lugares oficiais, como a entrada das Pirâmides de Gizé, gostam de arrancar um dinheirinho do turista quando ele está distraído. Pesquise os preços das coisas antes de viajar, ou pergunte na recepção do hotel antes de sair para passear, assim você terá uma ideia se está sendo enganado ou não. E eles não perdem a oportunidade de te passar a perna, acredite! Sempre certifique-se em qual moeda o preço foi dito, se é para todas as pessoas que vão usar o serviço e diga quanto você vai dar em dinheiro para que providenciem o troco com antecedência.

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas do Egito – Brasileiros precisam de visto

Brasileiros precisam de visto para viagens a turismo ao Egito, por até 30 dias, mas ele não precisa ser pedido antes do embarque, sendo concedido no momento da chegada ao país. Além disso, você deve estar vacinado contra a febre amarela. Para obter a permissão de entrada é preciso apresentar, no momento da imigração, um passaporte válido, o certificado internacional de vacinação e pagar a taxa de US$ 25. Confira aqui como fazer a vacina contra febre amarela.

Dicas do Egito que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve no Egito em abril de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

20 comentários

JANICE FERREIRA DE CARVALHO 28 de outubro de 2019 - 01:11

Olá, café da manhã pra mim tem que ter café mesmo. No Cairo tem café?

Responder
Escolha Viajar 2 de novembro de 2019 - 20:10

Olá, Janice!
Sim, tem café no Egito. Normalmente é Nescafé, porque o café árabe não é muito apreciado pelos turistas ocidentais (ele é bem concentrado de sabor e não é coado, ficando com a borra no fundo).
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
André Pinheiro 15 de dezembro de 2018 - 14:16

ola pessoal. Queria que você me ajudasse com uma dúvida. Estou querendo ir do Cairo para Luxor do dia 09.03.2019 a 11.03.2019, saindo bem cedo dia 9 e voltando a noite dia 11. É a primeira vez que vou ao Egito. Estou pesquisando passagens aéreas para esse trecho ha algum tempo e a passagem está sempre em torno de R$ 900, pesquisando na egyptian air, skyscanner e outros. Minha dúvida é se esse preço é o padrão ou está inflado e devo esperar um preço bem melhor antes de comprar.

Como ouvi falar por um amigo que esse trecho costuma ser barato dai essa dúvida.

Obrigado.

Abraços

Responder
Escolha Viajar 23 de dezembro de 2018 - 20:54

Olá, André!
Infelizmente, não sabemos lhe dizer qual o preço padrão para fazer esse trecho de avião porque o percorremos de trem. Existe um trem turístico noturno que liga o Cairo, Luxor e Assuã pelo qual pagamos US$ 85 o trecho em 2015. Se estiver interessado neste tipo de transporte, você pode encontrar mais informações aqui: http://wataniasleepingtrains.com/. Mas podemos lhe dizer com certeza que não existe nada ligado ao turismo no Egito que seja barato.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Mariana 17 de outubro de 2018 - 11:46

Oi…. Adorei as dicas. Estamos pensando em ir em março. Nossa duvida é que temos uma filha de 2 anos de idade. O que você acha ? Obrigada.

Responder
Escolha Viajar 20 de outubro de 2018 - 20:52

Olá, Mariana!
Nós não temos nenhuma experiência em viajar com crianças para opinar sobre o assunto, mas podemos lhe dizer que o Egito é um país muito sujo e poluído, onde vários adultos passam mal só da água que usaram para escovar os dentes. Fora que o calor do deserto não é nada agradável para quem precisa carregar uma criança, mesmo que seja só de vez em quando. Seria esse um ambiente onde você gostaria de ver sua filha tão pequena?
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Gilda Almeida 25 de junho de 2018 - 13:05

E a moeda? posso levar dolar ou tem que ser a libra egipcia?

Responder
Escolha Viajar 3 de julho de 2018 - 15:56

Olá, Gilda!
Você pode pagar várias coisas ligadas ao turismo em dólar, como gorjetas, guias e hotéis. Mas se for lidar com o comércio local, precisa ter também libras à mão. Além disso, é mais vantajoso trocar o real pela libra egípcia, que custa muito menos que o dólar.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Aline 22 de abril de 2018 - 18:45

Olá!

Adorei as dicas! Estou pensando em ir de lua de mel para o Egito, mas estou meio aflita com a segurança. Em algum momento vcs se sentiram ameaçados? Tem muito assédio em relação às mulheres?

Obrigada!

Aline

Responder
Escolha Viajar 5 de Maio de 2018 - 13:54

Olá, Aline!
Não, em nenhum momento nos sentimos ameaçados no Egito. Até mesmo viajamos sozinhos de ônibus de linha pelo país. O que nos sentimos foi muito incomodados com o assédio de vendedores e pedintes, que é tão forte que a gente perde a vontade de sair na rua. Sobre as mulheres, você receberá olhares por ser estrangeira, é inevitável. Talvez alguns sussurros no pé de ouvido de homens que passem ao seu lado na rua. O melhor para minimizar isso é respeitar os costumes locais e cobrir o corpo o máximo possível. Use vestidos ou saias longas, cubra os ombos e, se o calor permitir, os braços. Isso serve para andar nas ruas e para visitar mesquitas e igrejas, mas não precisa andar assim dentro de locais turísticos, como seu hotel, o cruzeiro pelo Nilo ou dentro dos sítios arqueológicos. Ter uma echarpe sempre dentro da bolsa para se cobrir quando necessário é uma boa.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Luis Gustavo 7 de fevereiro de 2018 - 15:30

Teria como me passar o roteiro completo? Incluindo as diárias e passeios? Estarei indo na época de churrasco, ou mais conhecida como verão egípcio. Se puder enviar no meu e-mail por favor!

Grande abraço

Responder
Escolha Viajar 10 de fevereiro de 2018 - 19:54

Olá, Luis!
Você pode conferir nossa sugestão de roteiro pelo Egito aqui: https://www.escolhaviajar.com/roteiro-de-viagem-pelo-egito/
Já os preços que pagamos estão listados aqui: https://www.escolhaviajar.com/quanto-custa-viajar-para-o-egito/
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
leonardo rubin 10 de janeiro de 2018 - 10:07

tudo bem pessoal? estou indo ao Egito no meio de fevereiro deste ano. vou sozinho, mas fechei um pacote de excursão por lá, desde o cairo até Abu simbel. minhas dúvidas são: 1) tem algum problema com relacao a roupa masculina? qual a melhor forma de fazer o turismo com o maior conforto? vcs usaram tênis? li em algum blog que faz frio durante o cruzeiro pelo nilo. faz mesmo? 2) com relacao as fotos, vi que falaste em nao entregar o iphone ou camara para estranhos. tu achas que é seguro levar e o usar o “pau de selfie”? 3) sobre o cambio, já vale trocar alguns dolares ou euros no aeroporto ainda para ter a libra egipsia já na saida do aeroporto?

abraços. parabens pelo blog e pelas dicas

Responder
Escolha Viajar 13 de janeiro de 2018 - 15:41

Olá, Leonardo!
Vamos lá:
1) Não, os homens não costumam ter problemas de vestimentas porque quem precisa cobrir o corpo na sociedade islâmica é a mulher. Mesmo assim, você vai ver que os locais costumam andar tapadinhos da cabeça aos pés. Se você se sentir melhor, procure usar camisetas com mangas, não regatas, e calças compridas ou bermudas abaixo do joelho. Tênis sem dúvida é a melhor opção para uma viagem ao Egito, usamos 100% do tempo. Sobre o frio, você estará lá no inverno, quando as temperaturas podem cair para a casa dos 10ºC, então é prudente levar um agasalho sim. Fizemos o cruzeiro no início de abril e não foi necessário, mas é melhor prevenir, não?
2) Pode levar e usar pau de selfie a vontade;
3) Sim, troque algum dinheiro no aeroporto e peça notas pequenas, pois taxistas e afins sempre vão dizer para você que não têm troco se você apresentar uma nota alta.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Ester 5 de outubro de 2017 - 15:43

Boa tarde, você comentou de não usar a água da torneira para nada, nem para escovar os dentes, é isso mesmo o que eu entendi? Então como você fez para fazer a higiene bucal? Fiquei confusa. Obrigada.

Responder
Escolha Viajar 16 de outubro de 2017 - 18:22

Olá, Ester!
Isso mesmo, escove os dentes com água mineral, de preferência comprada por você e com lacre checado.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Rosana 18 de julho de 2017 - 18:45

Olá, amei todas as dicas. Gostaria que você me tirasse uma duvida, nos hotéis do Cairo é possível se hospedar no mesmo quarto um homem e uma mulher mesmo que não sejam casados ?

Responder
Escolha Viajar 23 de julho de 2017 - 06:47

Olá, Rosana!
Passamos 12 dias no Egito em 2015, inclusive no Cairo, e nos hospedamos sempre no mesmo quarto. Embora sejamos casados, nunca nos pediram nenhuma documentação que comprovasse isso e olha que não usamos o mesmo sobrenome.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Luiz Fernando Sacagnhe 4 de julho de 2017 - 14:57

Olá , estou indo para o Egito em Set 2017 e gostaria de saber se ainda posso tirar o visto no aeroporto na chegada ,porque disseram que essa possibilidade não existe mais , ou seja , que eu teria que tira-lo antes aqui no Brasil … agradeço desde ja pela atenção !

Responder
Escolha Viajar 8 de julho de 2017 - 09:49

Olá, Luiz!
Colo aqui para você o que consta no Portal Consular, que é o site oficial do Itamaraty para quem precisa de informações de viagem: “O visto para entrada no Egito pode ser adquirido quando da chegada no Aeroporto do Cairo, ou nos postos de fronteira, caso a viagem seja pela via terrestre, mediante o pagamento da taxa de US$ 25,00”. Mas, se você quiser se garantir, aconselhamos ligar na embaixada: (61) 3323-8800/4749.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder