Página inicial ÁfricaEgito O que fazer no Egito: 10 atrações que você não pode perder

O que fazer no Egito: 10 atrações que você não pode perder

por Escolha Viajar
As pirâmides e a esfinge de Gizé são o principal cartão-postal do Egito, mas não o únic

O Egito é lar de atrações turísticas que todos os viajantes deveriam poder contemplar antes de morrer. Embora a terra dos faraós dispense maiores apresentações, nunca é demais lembrar que ela abriga a única das Sete Maravilhas do Mundo originais que ainda resta: a Pirâmide de Quéops. O que muita gente se pergunta é: o que fazer no Egito além de contemplar as pirâmides? Há outras coisas para ver e fazer por lá ou posso apenas passar dois dias no Cairo e está tudo resolvido?

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NO EGITO barato e sem perrengue
⇒ GUIA DE VIAGEM EGITO: Tudo que você precisa saber!

Nós recomendamos que você se programe para passar pelo menos uma semana por lá porque, sim, há muito o que ver e muito o que fazer no Egito. Além das famosas pirâmides e sua esfinge, em Gizé, há outros marcos históricos que não podem ficar de fora do seu roteiro. Em Luxor, onde os turistas normalmente chegam através de cruzeiros que descem pelo Rio Nilo em direção ao sul, há os impressionantes templos de Hatshepsut, Karnak e Luxo.

Além do Vale dos Reis, local de sepultamento dos faraós, rainhas e outros membros nobres da corte. Seguindo Nilo abaixo em direção a Assuã, o Templo de Edfu é parada obrigatória. Desta cidade partem os passeios de um dia até o Templo de Abu Simbel, outro que você não pode deixar de visitar. Além de seus milênios de história, o país do norte da África ainda é lar de belos balneários e das riquezas da cultura e arquitetura árabe.

O balneário de Dahab, na Península do Sinai, é ponto obrigatório para os apreciadores de snorel e mergulho. No centro antigo do Cairo – conhecido como Cairo Islâmico -, as mesquitas, igrejas cooptas e mercados são atração para um dia inteiro. Confira nossa seleção de 10 atrações imperdíveis e monte sua lista de o que fazer no Egito. Se quiser uma ajudinha extra, confira aqui nossa sugestão de roteiro completo de viagem pelo país 😉

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

O que fazer no Egito 1 – Balneário de Dahab

Ao contrário de balneários badalados da Península do Sinai como Sharm El Sheikh – conhecido como a ‘Las Vegas do Egito’ – a pequena cidade de Dahab se debruça preguiçosamente sobre o Mar Vermelho, sem nenhum risco de agitação. O clima relax se espalha pelos inúmeros restaurantes à beira-mar, sempre dispostos a oferecer um bom desconto e uma cerveja gelada, algo bastante raro no Egito.

⇒ Reserve já seu hotel em Dahab e garanta os melhores preços! ⇐

Embora o nome possa ser totalmente desconhecido para muitos brasileiros, Dahab é mundialmente famosa pelo Blue Hole, paraíso de mergulhadores e praticantes de snorkel.  Além disso, é possível visitar nos arredores o Monte Sinai (sim, aquele dos Dez Mandamentos), acampamentos beduínos e cânions multicoloridos. Confira aqui nossa sugestão de hospedagem boa e barata neste charmoso balneário egípcio.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!
Mar Vermelho banha o balneário de Dahab, na Península do Sinai

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 2 – Visitar as pirâmides de camelo

Pode parecer clichê, mas você precisa com 100% de certeza passear de camelo pelas Pirâmides de Gizé, na região metropolitana do Cairo. Maravilhas do mundo antigo e moderno, elas merecem ser vistas de seu melhor ângulo, e isso só é possível se você estiver de camelo. O sítio arqueológico das pirâmides – que inclui a Esfinge de Gizé – é enorme, e você não tem como percorrê-lo todo a pé, muito menos chegar aos distantes mirantes de onde se tem a melhor visão delas.

⇒ Reserve já seu hotel em Gizé e garanta os melhores preços! ⇐

Tente fechar o passeio com uma agência recomendada por blogueiros ou outros turistas e antes de ir para as pirâmides, assim você evita ser constantemente aporrinhado pelos donos dos animais que ficam aos redor dos monumentos (e de cair no mais que batido golpe do camelo = olhou, pagou). Usamos e recomendamos a agência Ramses Tours (acesse o site aqui). O passeio não é barato – US$ 90 -, mas contemplar o local de descanso de três faraós é de uma valor quase incalculável.

Turista faz passeio de camelo pelas famosas Pirâmides de Gizé

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 3 – Cairo Islâmico

Uma vez na capital do Egito, o Cairo, não se retenha ao museu e às pirâmides. Vá à parte antiga da cidade, conhecida como Cairo Islâmico, conhecer a riqueza da cultura e arquitetura árabes. Passeie pelos mercados, barganhe muito os preços, fume uma shisha e visite as belíssimas mesquitas da cidade.

⇒ Reserve já seu hotel no Cairo e garanta os melhores preços! ⇐

Destaque para a Muhammad Ali, também conhecida como Mesquita de Alabastro. Tanto exterior (na foto) quanto interior são de tirar o fôlego! Visite ainda dois templos que ficam lado a lado: Mesquita do sultão Hassan (esquerda) e Ar-Rifai (direita). Confira também nossa sugestão de hospedagem boa e barata no Cairo aqui.

A Mesquita Muhammad Ali fica na parte antiga da capital, chamada de Cairo Islâmico

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 4 – Ver o pôr do sol nas pirâmides

Aconteça o que acontecer na sua viagem, não vá embora do Cairo ou do Egito sem ver o sol se pôr nas pirâmides. Peça ao seu hotel para contratar um guia ou motorista, pois eles sempre sabem de algum terraço amigo onde você pode assistir ao espetáculo por uma módica propina.

Não se desiluda com a feiura de Gizé, que é uma cidade muito pobre da região metropolitana. Espere o sol deixar tudo no escuro para contemplar a grandiosidade do momento em que astro rei beija a terra dos antigos faraós. Emende o programa com o show de luzes que acontece todas as noites no parque das pirâmides.

Pôr do sol nas Pirâmides de Gizé é atração imperdível no Egito

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 5 – Templo de Karnak

Do Cairo, tradicionalmente, a rota das atrações no Egito segue para Luxor, seja de cruzeiro pelo Nilo, seja à bordo do trem turístico noturno. É lá que está a atração mais impressionante do legado dos faraós: o Templo de Karnak. O local já foi o maior complexo religioso do mundo, e ainda restou muito para contar a história.

Dê a volta no escaravelho, babe com os obeliscos, maravilhe-se com a avenida de esfinges e reverencie as colossais colunas decoradas com hieroglifos. Nada poderia ser menor em se tratando de um local dedicado ao deus Amon-Rá, o maior do panteão egípcio. Volte uma segundo vez ao templo, à noite, para ver o espetáculo de som e luzes.

Estátuas, obeliscos e colunas colossais podem ser admirados no Templo de Karnak, em Luxor

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 6 – Templo de Luxor

Luxor é o Rio de Janeiro egípcio: está cercada de atrações turísticas por todos os lados. Depois do Templo de Karnak, o segundo item imperdível na cidade é o templo que leva seu nome: o de Luxor. Embora não seja tão grandioso quanto Karnak, ele também conta com uma avenida de esfinges (na verdade, a outra ponta daquela de começa em Karnak), um obelisco e uma série de estátuas gigantescas que guardam a porta de entrada.

Estátuas guardam a entrada do Templo de Luxor

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 7 – Vale dos Reis

Seja descendo até o fundo das tumba, seja subindo ao alto dos céu em um voo matutino de balão, não deixe de visitar o Vale dos Reis, em Luxor. O local onde os antigos faraós eram enterrados foi escolhido a dedo devido a suas condições climáticas, suficientemente secas para a conservação das múmias dos governantes.

⇒ Reserve já seu hotel em Luxor e garanta os melhores preços! ⇐

Aqui foi encontrada a tumba de Tutankamon, que está aberta para visitação com sua respectiva múmia, assim como uma dúzia de outras. Algumas ficaram inacabadas, mas outras são verdadeiras obras de arte, com hieróglifos cobrindo as paredes até o fundo da terra. Infelizmente, não é permitido levar câmeras fotográficas para o vale.

Vista aérea do Vale dos Reis, em Luxor

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 8 – Templo de Hatshepsut

Última, mas não menos importante atração em Luxor, o templo mortuário da rainha Hatshepsut é o único de uma mulher a figurar no Vale dos Reis. Ela, que se apresentava com a imagem de um homem para mostrar sua capacidade de governar, mandou escavar o templo na rocha pura, onde segue até hoje tão imponente como sua criadora. Nada mal para a única mulher egípcia a ocupar o cargo de faraó em toda a história (Cleópatra era de origem grega, e não egípcia).

Templo de Hatshepsut, em Luxor, é atração imperdível no Egito

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 9 – Templo de Edfu

Descendo o Rio Nilo de Luxor em direção a Assuã, todos os cruzeiros fazem uma parada mais do que merecida no Templo de Edfu. O impressionante edifício, cuja visão da fachada gigantesca vai pagar sua passagem ao Egito em cinco segundos, é dedicado ao deus falcão Horus. Suas estátuas ainda guardam os dois portais do templo. Considerado um edifício do Egito Antigo tardio, ele apresenta influências da arquitetura greco-romana, como pilastras com topo em forma de flores e folhas.

Templo de Edfu, em homenagem ao deus falcão Horus, é atração imperdível no Egito

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar


O que fazer no Egito 10 – Templo de Abu Simbel

Já em Assuã, normalmente a parada mais ao sul do Egito feita pelos visitantes, pegue o comboio de ônibus turísticos que sai diariamente às 4h em direção a Abu Simbel (é preciso viajar em grupo porque a região da fronteira com o Sudão não é segura). Este templo será a cereja do bolo a coroar sua viagem ao país. Recortado bloco a bloco pela Unesco, ele foi transferido de lugar na década de 60 para evitar que fosse inundado pela construção de uma represa.

⇒ Reserve já seu hotel em Assuã e garanta os melhores preços! ⇐

Assim que chegar a Abu Simbel, você vai entender o motivo de tanto esforço. Se conseguir fazer algo além de ficar boquiaberto com as quarto estátuas descomunais que guardam a entrada, passe pelo porteiro que cobra gorjetas por uma foto com a chave do templo e admire também com o belíssimo interior, decorado com mais estátuas e muitos hieroglifos. Os templos (existe um segundo menor a pouca distância do edifício principal) foram construídos pelo faraó Ramsés II.

Quatro estátuas gigantescas guardam a entrada do Templo de Abu Simbel

Foto: Ticiana Giehl/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve no Egito em abril de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

2 comentários

Tainá 2 de outubro de 2017 - 22:40

Muito bom seus relatos! Estão me ajudando bastante. Estarei indo em Janeiro pro Egito e pretendo fazer o snorkel em Dahab, se for possível devido a temperatura. Qual a empresa que você fez o passeio?

Obrigada!

Responder
Escolha Viajar 16 de outubro de 2017 - 18:23

Olá, Tainá!
Não sabemos o nome da empresa, pois contratamos o passeio na recepção do hotel.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder