Página inicial ÁfricaEgito Roteiro de viagem pelo Egito: 10 dias do Mar Vermelho ao Cairo

Roteiro de viagem pelo Egito: 10 dias do Mar Vermelho ao Cairo

por Escolha Viajar
Reprodução: Google Maps

Muita gente acha que visitar o Egito significa uma parada de um dia no Cairo – entre uma viagem e outra pelas redondezas ou com conexões próximas -, apenas para dar um tchauzinho para as pirâmides e tirar uma foto ‘beijando’ a esfinge. Principalmente porque este país do norte da África tem passado por áreas de turbulência em relação à segurança nos últimos anos, com a presença de focos do grupo terrorista Estado Islâmico. Com ou sem EI, se você for até a terra dos faraós, não limite a viagem à única das Sete Maravilhas do Mundo Antigo que ainda está de pé. O próprio Cairo tem muito mais atrações a oferecer, que dirá o resto do país. Monte um roteiro de viagem pelo Egito de pelo menos 10 dias!

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NO EGITO barato e sem perrengue
⇒ GUIA DE VIAGEM EGITO: Tudo que você precisa saber!

Na verdade, esta sugestão de roteiro de viagem pelo Egito faz exatamente o contrário: começa pelo Mar Vermelho e termina no Cairo, deixando a cereja do bolo – as pirâmides – para o fim. No litoral egípcio, você encontra o pequeno balneário de Dahab, paraíso de mergulhadores e praticantes de snorkel, base de trips para o deserto do Sinai e o próprio Monte Sinais (aquele onde Moisés recebeu as placas dos Dez Mandamentos, segundo a Bíblia).

De Dahab, o roteiro segue para Luxor, a antiga capital dos faraós na época do seu maior poderio e resplendor. Lá estão os famosos templos de Karnak, Luxor e Hatshepsut; além do Vale dos Reis, onde eram enterrados os comandantes do Egito Antigo. De Luxor, a pedida é embarcar em um minicruzeiro pelo mítico Rio Nilo em direção a Assuã e parando nos templos de Edfu e Kom Ombo. Assuã, além de abrigar o templo de Filae, também serve como base para um bate-volta até Abu Simbel.

De Assuã, o trem turístico noturno leva você diretamente ao caótico Cairo, com perdão do trocadilho mais do que batido. Além de dedicar um dia para conhecer as Pirâmides e Esfinge de Gizé de todos os modos possíveis (a pé, de camelo, ao entardecer e à noite), marque tours para ir a Memphis e Sakkara, onde fica a piramide mais antiga do Egito. Não deixe de visitar o Museu Egípcio e o chamado Cairo Islâmico, que reúne mesquitas belíssimas e um mercado com milhares de anos de existência e badulaques para você comprar como souvenires. Confira passo a passo este roteiro de viagem pelo Egito:

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 1: Dahab

Não é de hoje que os balneários do Mar Vermelho são uma atração turística do Egito, populares principalmente entre europeu menos endinheirados ou mais interessados em mergulho do que praias. O mais famoso deles é o badalado Sharm El Sheikh – conhecido como a Las Vegas do Egito –, onde você pode desfrutar de resorts à beira-mar e uma infraestrutura quase capaz de fazer vocês esquecer que está no norte da África. Mas para quem prefere jantares degustando narguilé e a saborosa comida egípcia a preços mais camaradas e longe de qualquer agito, o lugar no litoral do Mar Vermelho é Dahab.

O pequeno balneário se debruça preguiçosamente entre o Mar Vermelho e o deserto do Sinai, na Península do Sinai, a 90 quilômetros de Sharm El Sheikh. Para chegar até lá você pode voar ou pegar um ônibus desde o Cairo até Sharm e, de lá, contratar uma van através do seu hotel ou negociar um táxi para percorrer o último trecho. Uma vez em Dahab, reserve seu primeiro dia para mergulhar ou fazer snorkel no Blue Hole. À noite, jantar e cerveja gelada em um dos inúmeros restaurantes sobre o mar. De madrugada (sim, o passeio sai por volta da 0h), quem tiver pique pode partir no tour que escala o Monte Sinai para ver o amanhecer lá do alto.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 2: Dahab

No seu segundo dia em Dahab, faça o tour para o Deserto do Sinai, em que você visitará cânions coloridos, formações rochosas e almoçará com uma tribo de beduínos. Depois, se você fez o tour ao Mone Sinais, provavelmente estará quase em coma e só vai querer descansar um pouco, hehe.

À noite, aproveite mais uma vez degustar narguilé e comer a saborosa comida egípcia regada a cerveja gelada nos restaurantes pendurados sobre o Mar Vermelho (pesquise e pechinche bem, ou vai sair lesado…). E é bom aproveitar esse clima vento no rosto e sorrisos para o turista de Dahab, porque você não verá isso em nenhuma outra parte turística do Egito.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 3: Dahab/Luxor

Dia de se deslocar pelo Egito. Há duas opções para ir de Dahab até Luxor, às margens do Rio Nilo, nossa próxima parada neste roteiro de viagem pelo Egito. A mais segura e confortável é voltar de van/táxi para Sharm El Sheikh e, de lá, voar para Luxor. A segundo, bem mais econômica, mas muito mais cansativa e não creio que muito aconselhável em tempos de Estado Islâmico, é pegar um ônibus de linha  na rodoviária de Dahab e encarar as 14 horas de estrada até Luxor.

Se optar pela segunda, saiba que você provavelmente será o único turista no coletivo e vai atrair olhares curiosos, mas isso não significa nenhum tipo de perigo. Basta tomar os cuidado básicos de viagem para qualquer país pobre do mundo. E não se assuste quando o ônibus for parado no meio da madrugada e fizerem todos os passageiros descer e se enfileirar com suas bagagens diante de um cão farejador. Este é apenas um procedimento padrão de segurança que ocorre quando se deixa a Península do Sinai.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 4: Cruzeiro pelo Nilo (Luxor)

Luxor fica centro-sul do Egito, nas margens do Rio Nilo e foi a segunda e maior capital do reino dos faraós, quando então se chamava Karnak. Daí, você pode deduzir que exista um número imenso de atrações para se visitar na cidade e arredores. O melhor modo de fazer isso sem ter que lidar com o assédio dos egípcios aos turistas e suas eternas negociações (sempre desvantajosas para nós, é claro) é contratar um tour.

O mais tradicional nesta parte do Egito é o minicruzeiro pelo Nilo, que inclui não apenas o passeio de barco em si até a cidade e Assuã, como também passeios guiados a todos os pontos turísticos pelo caminho. Por isso, a duração dos cruzeiros costuma ser de três a quatro dias. Faça sua reserva antes de chegar a Luxor, assim você já será recepcionado pela sua agência ou guia e acomodado no navio onde fará o passeio.

Depois disso, o roteiro seguido pela maioria das empresas é fazer a visita ao espetacular Templo de Karnak (na foto), o maior que você vai ver no Egito. O normal é ter uma hora de passeio guiado e, depois mais uma hora livre para curtir as atrações por conta própria. À tarde, é a vez de conhecer o Templo de Luxor, com suas gigantescas estátuas do faraó Ramsés II e a impressionante ‘avenida de esfinges’. À noite, um passeio opcional é o show de som e luzes no Templo de Karnak. Se fosse você, eu não perderia por nada desse mundo!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 5: Cruzeiro pelo Nilo (Luxor)

Seu segundo dia em Luxor também pode começar com um passeio opcional, e bem cedinho! Trata-se do voo de balão sobre o Vale dos Reis, que parte normalmente às 4h. Outro espetáculo imperdível da região, como você pode ver pela foto. Mais tarde na mesma manhã, a programação normal do tour segue com a visita ao Vale dos Reis por terra.

Localizado do outro lado do Nilo, é neste lugar que estão as tumbas de centenas de farós, inclusive a de Tutancâmon. Normalmente, o tour inclui um ticket para visitar três delas acompanhado do guia. Quem quiser ver a múmia do faraó menino vai ter que pagar mais caro e fazer isso no seu tempo livre. Note que não é permitido entrar com câmeras no Vale dos Reis.

Em seguida, você será levado ao incrível templo mortuário da rainha Hatshepsut, a única mulher egípcia a ter governado o país em todos os tempos (para quem não sabe, Cleópatra era grega). O tour termina nos Colossos de Mêmnon, duas estátuas gigantescas do faraó Amenófis III que são tudo o que restou do seu templo mortuário – o local construído para a mumificação dos reis. À noite, o navio finalmente levanta âncora de Luxor e começa seu curto trajeto em direção ao sul do Egito.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


 Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 6: Cruzeiro pelo Nilo (Edfu e Kom Ombo)

Durante o primeiro – e único – dia de navegação pelo Nilo – o cruzeiro fará duas paradas, nas cidades de Edfu e Kom Ombo, para visitas aos seus respectivos templos. O impressionante edifício de Edfu (na foto), cuja visão da fachada gigantesca vai pagar sua passagem para o Egito em cinco segundos, é dedicado ao deus falcão Horus. Suas estátuas ainda guardam os dois portais do templo. Considerado um edifício do Egito Antigo tardio, ele apresenta influências da arquitetura greco-romana, como pilastras com topo em forma de flores e folhas.

Perto de Edfu, o Templo de Kom Ombo vai parecer brinquedo de criança, mas o interessante nele não é sua arquitetura, e sim a que propósito servia. O edifício era dedicado ao deus crocodilo Sobek e, enterradas nos seus arredores, foram encontradas nada menos do que 300 múmias desse animal. Você pode vê-las no pequeno museu que fica ao lado do templo e que já está incluso no preço da entrada. À noite, o navio vai ancorar em Assuã, parada final do cruzeiro.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 7: Cruzeiro pelo Nilo (Assuã e Abu Simbel)/Cairo

Seu último dia de cruzeiro pelo Nilo na verdade será em terra firme e muito, muito corrido. Ele vai começar às 4h, quando você será pego no navio para fazer o bate-volta até o incrível Templo de Abu Simbel. Todos os ônibus e vans de turismo saem e voltam em comboio, porque a região fronteiriça com o Sudão não é considerada 100% segura.

Depois de ficar boquiaberto com as quatro estátuas descomunais do faraó Ramsés II que guardam a entrada do templo (na foto), você pode admirar o belíssimo interior do edifício, decorado com mais estátuas e hieroglifos. Existe ainda um segundo templo, bem menor, dedicado à esposa preferida de Ramsés, Nefertari.

À tarde, depois da viagem de volta desde Abu Simbel e de uma pausa para o almoço, os turistas são levados para conhecer o Templo de Filae – que mais parece grego do que egípcio e que fica em uma ilha – e a High Dam, a represa que é a maior obra de engenharia do Egito moderno.

O passeio não é muito longo e, no fim da tarde, você será levado até a estação de trem para pegar o expresso turístico noturno em direção ao Cairo, que parte às 19h. A agência pode comprar os tickets ou você pode fazer isso por conta própria no site da empresa. Mas prepare o bolso, porque o preço é salgado.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 8: Assuã/Cairo

O trem turístico que sai de Assuã às 19h chega no Cairo apenas por volta das 6h, mas atrasos são comuns, portanto não programe nada para sua primeira manhã na capital do Egito. Aproveite para se instalar no hotel, descansar e fazer a programação dos próximos dois dias.

À tarde, você pode visitar o Museu Egípcio, que fica na região central da cidade e é de fácil acesso. O lugar é uma grande bagunça, sem etiquetas que expliquem o que você está vendo, mas a visita vale muito a pena para ver a sala das múmias e o famoso tesouro retirado da tumba do faraó Tutancâmon.

No fim da tarde, peça um motorista que possa levá-lo a algum lugar onde ver o pôr do sol nas Pirâmides de Gizé. A maioria deles conhece alguém que tem um terraço com vista para o entardecer e que deixará você subir, mediante pagamento é claro. Depois, aproveite para ver o show de som e luzes nas pirâmides, cuja sessão em inglês começa entre 19h e 19h30, dependendo da época do ano. Apresentações em outras línguas estão disponíveis em diferentes dias da semana a partir das 20h ou 20h30 (consulte aqui).

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 9: Cairo

Finalmente, chegou o dia de coroar seu roteiro de viagem pelo Egito com a inesquecível visita às pirâmides. Sugerimos que você contrate um motorista ou tour – com agência ou no seu hotel – para fazer o seguinte itinerário: Memphis, Sakkara e Gizé. Memphis foi a primeira capital do Egito Antigo e abriga um pequeno museu a céu aberto.

Não restou muito de tempos tão remotos para contar a história, mas existe por lá uma estátua tombada do faraó Ramsés II – sempre ele – que é gigantesca e vale o passeio. Depois, um deslocamento rápido até Sakkara, onde fica a Pirâmide de Degraus, ou ‘Step Pyramid’, a primeira a ser construída no reino dos faraós.

Por fim, você será levado a Gizé, onde almoçará em um restaurante local e, depois será levado para o passeio de camelo pelo parque das pirâmides. E faça-o mesmo que você não saiba ou não curta montar, porque o lugar é gigantesco e este é o único jeito de ir tão longe a ponto de ver as cinco (sim, são cinco e não apenas três) pirâmides juntas em um mesmo panorama. É uma foto que você não vai querer perder. Depois, você será deixado na entrada do parque e terá tempo livre pra ver as pirâmides de perto, entrar na Grande Pirâmide – a de Quéops – e visitar a Esfinge.

Lembre-se de combinar todos esses detalhes com seu guia ou agência com antecedência, pois nem todos os tour incluem os camelôs ou o tempo livre. É claro que você pode negociar o passeio com os animais diretamente com os donos, que montam guarda logo ao lado da entrada dos monumentos, mas daí é sempre aquela lenga lenga de pechinchar até não aguentar mais e sempre levar a pior 🙁 .

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pelo Egito – Dia 10: Cairo

Dedique seu último dia no Egito para conhecer a beleza e fé do Cairo Islâmico, o bairro que concentra as maiores e mais belas mesquitas da cidade, além do milenar mercado de Khan el-Khalili. Novamente, recomendamos que você faça o passeio com um motorista/guia ou tour pois, além de o transporte na capital egípcia ser um caos, isso vai facilitar sua entrada nos lugares que saão sagrados para os muçulmanos sem cometer gafes.

Comece pela deslumbrante Mesquita Muhammad Ali, também conhecida como Mesquita de Alabastro, que fica encravada no alto de uma fortaleza medieval. Tanto o exterior quanto interior (na foto) são de tirar o fôlego! Depois, visite dois templos que ficam lado a lado: a Mesquita do sultão Hassan (a da esquerda) e a Ar-Rifai (a da direita). Ambas são gigantescas e muito bonitas, com pouquíssimos turistas. Se ainda quiser dar mais um mergulho no universo islâmico, peça para visitar a Mesquita de Al-Azhar, a mais antiga do Cairo, construída no ano 970.

Por fim, hora de ir às compras! Combine algumas horas livres com seu guia e perca-se pelas inúmeras vielas do mercado tradicional de Khan el-Khalili. Lá, você encontra de tudo, desde comida egípcia, temperos, roupas típicas, trajes de dança do ventre, souvenires e todo tipo de badulaque que você possa imaginar. Lembre-se de pechinchar bastante, ou vai sair no prejuízo. Apoveite para tomar um café do famoso El-Fishawi, todo decorado com espelhos.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve no Egito em abril de 2015 ***

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

4 comentários

Fernanda almeida 17 de junho de 2017 - 19:27

Oi, pode me passar o nome ou o contato da agencia que voces fecharam o cruzeiro pelo nilo? voces fecharam quando chegaram em luxor ou antes?

Responder
Escolha Viajar 17 de junho de 2017 - 23:56

Olá, Fernanda. Não tenho o nome nem o contato da agência porque compramos pelo site City Discovery, que é um agregador de tours (http://www.citydiscovery.com.br). Reservamos o passeio com seis meses de antecedência.

Responder
Aline 12 de Maio de 2017 - 20:37

Boa noite,
Quanto em média é gasto para fazer uma viagem de 10 dias no Egito? com mergulho, algo parecido com o posto que vocês fizeram…

Responder
Escolha Viajar 12 de Maio de 2017 - 23:51

Olá, Aline. Todos os gastos da nossa viagem estão aqui – https://www.escolhaviajar.com/quanto-custa-viajar-para-o-egito/

Responder