Página inicial ÁsiaTurquia Saiba como voar de balão na Capadócia, um dos lugares mais incríveis do mundo!

Saiba como voar de balão na Capadócia, um dos lugares mais incríveis do mundo!

por Escolha Viajar
Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Desde que Morena fugiu do esquema de prostituição da empresária Lívia Marini e foi parar lá na Turquia, brasileiros têm sonhado e reunido suas economias de viagem para voar de balão na Capadócia, esta fascinante região rochosa no coração do país. A novela ‘Salve Jorge’ foi ao ar em 2013, mas seus efeitos parecem ser de longo prazo sobre o imaginário turístico brasileiro. É impossível caminhar pelas ruas da pequena Goreme, cidade que serve de base para os passeios, sem ouvir português. Nem mesmo a queda de um balão – que causou a morte de três brasileiros em maio de 2013 – abateu a procura pelo tour.

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NA TURQUIA e pagar barato
⇒ GUIA DE VIAGEM TURQUIA: Tudo que você precisa saber!

Uma vez na Turquia, não existe nenhum mistério para voar de balão na Capadócia. O país é muito desenvolvido no setor de turismo, e os visitantes são sempre bem-vindos e auxiliados em tudo o que necessitam. E, mesmo que fosse um pouco complicado, com certeza valeria a pena. A Capadócia é um dos lugares mais incríveis do mundo e vê-la de cima de 2 mil metros de altitude se torna uma experiência única.

Formada há milhões de anos pela atividade vulcânica, a região é famosa pelo seu relevo ímpar. A grande variação de temperaturas – de -25º no inverno até 40ºC no verão – é a responsável por ‘esculpir’ as rochas e lhes dar formas tão inusitadas. Do balão, é possível ter um panorama completo do Vale do Amor, por exemplo, que ganhou esse nome devido às as formações rochosas que lembram órgãos genitais masculinos. Simplesmente, surreal!

Para garantir que você também realize esse sonho, confira passo a passo como fazer:

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Voar de balão na Capadócia – Planejamento

Os balões decolam da cidade de Goreme, onde é fácil chegar: você pode pegar um voo desde Istambul até Nevsehir, onde está localizado o aeroporto mais próximo, e pedir que seu hotel providencie um shuttle que custa US$ 10. Se seu orçamento de viagem é mais apertado, existe um ônibus noturno que faz o trajeto desde a principal cidade turca em 10 horas e sai por US$ 25.

Existe um número limitado de empresas na cidade que são autorizadas a fazer o passeio, portanto é bom reservar o seu com antecedência, principalmente se estiver viajando na alta temporada de verão (junho a setembro) ou se só for passar uma noite na cidade.  Basta mandar um e-mail e seu hotel providenciará a reserva. Apenas 100 balões podem levantar voo por dia, o que parece muito mas é pouco para a quantidade de turistas querendo fazer isso, acredite!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Voar de balão na Capadócia – Quanto custa

O valor do passeio é bem salgado, variando de US$ 120 a US$ 175 por pessoa (preços de maio de 2015). Você pode fazer o pagamento em liras turcas, euros ou dólares, mas se quiser usar seu cartão de crédito, saiba que haverá um acréscimo de US$ 11 por pessoa. Os valores variam conforme o tipo da empresa – a mais barata é uma instituição governamental, por exemplo – e a experiência que ela tem na área. Mas todas são seguras para voar.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Voar de balão na Capadócia – Como funciona

Você será pego em seu hotel às 4h30, pois o único horário em que os balões podem voar é ao amanhecer. Chá e café são oferecidos pelas empresas enquanto todos os turistas não chegam, mas, por mais frio que esteja, não abuse dos líquidos, pois você só verá um toilete depois de cerca de duas horas, hehe. Mas você não precisa se preocupar com as baixas temperaturas durante o passeio, pois a chama que aquece o ar do balão é forte e esquenta também quem está na cesta.

Uma vez que todos tenham chegado, serão divididos em grupos de 20 – que é a capacidade máxima da cesta – e levados de van até os arredores da cidade, onde os balões estarão sendo inflados. O tempo de voo vai de 60 a 90 minutos, durante os quais é possível contemplar o amanhecer e vales famosos da região – o do Amor, o Rosa e o Vermelho. O balão sobe e desce alternadamente, indo até muito perto das formações rochosas, ou chegando à altura máxima de 2.000 metros. Como há muitos balões no ar ao mesmo tempo, um controle de segurança é feito via rádio para evitar choques ou outros acidentes.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

O espaço na cesta é bem pequeno, o que dificulta tirar fotos de pessoas com a paisagem ou do tipo ‘selfie’. Se você tiver uma câmera ultra wide ou ‘olho de peixe’ (lente que abrange bem para as laterais, como a GoPro), fica mais fácil registrar o passeio. Ao fim do voo, os passageiros recebem uma taça de champanhe para brindar e um certificado de que realizaram seu sonho de voar de balão pela Capadócia.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve na Capadócia em maio de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

6 comentários

Cindy 22 de novembro de 2018 - 23:49

Olá, boa noite!

Encantada com os posts sobre a Turquia…

Dúvida, tem idade mínima para voar de balão?

Vocês chegaram a ver alguma criança realizando o passeio?

Obrigada!

Responder
Escolha Viajar 24 de novembro de 2018 - 15:45

Olá, Cindy!
Nós não viajamos com crianças, então não pesquisamos sobre o assunto durante a nossa passagem pela Turquia. Mas o pessoal do site Viajo com Filhos tem a resposta para a sua dúvida: “A idade mínima para fazer este passeio é 6 anos (algumas empresas permitem até 5 anos). O mais importante é a altura da criança, pois ela deve ser mais alta do que a cesta do balão (aproximadamente 1,40 m)”. Você pode ler o artigo completo deles aqui: https://viajocomfilhos.com.br/2015/10/balao-na-capadocia-tudo-o-que-voce-deve-saber/.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Rose 20 de fevereiro de 2018 - 16:52

Olá, Escolha Viajar
Eu li o post e gostei muito; na verdade li todos relacionados à Turquia. Tenho muita vontade de ir e através do excelente trabalho de vocês em dispor todas essas informações, posso me programar bem. Mas como uma viagem internacional demanda muitos fatores a serem considerados, pois estamos falando de outro país, eu fico receosa. Vou sozinha e queria saber se pra 10 dias ou 2 semanas, o valor de R$ 3.000,00 é suficiente (vi que vocês conheceram muitos lugares legais e eu também pretendo conhecer). Fazer umas comprinhas básicas no supermercado, para economizar no café-da-manhã, sai mais barato? Obrigada 🙂

Responder
Escolha Viajar 24 de fevereiro de 2018 - 20:46

Olá, Rose!
É muito difícil dar essa resposta, já que depende do seu estilo de viagem: se é mais econômico ou gosta de mais conforto, se vai na baixa ou na alta temporada, quais cidades você quer visitar, se vai de deslocar de ônibus ou de avião, se vai comer fora ou cozinhar no hotel, por quanto você vai conseguir comprar o euro… Esse texto pode te dar uma ideia mais clara de qual é o custo do turismo na Turquia: https://www.escolhaviajar.com/quanto-custa-viajar-para-turquia/
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Rafaela 22 de setembro de 2015 - 02:22

Oi, você poderia informar o contato da agencia que você fez o passeio de balão?
Obrigada 🙂

Responder
Escolha Viajar 5 de outubro de 2015 - 01:01

Olá, Rafaela. A empresa se chama Saray Balloons, mas quem fez o contato e marcou o passeio foi nosso hostel, o excelente Happydocia, então não temos nada além do nome para te passar. É a empresa mais barata da cidade, pagamos 110 euros por pessoa (em dinheiro). Esperamos ter ajudado de alguma forma.

Responder

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais