Página inicial AméricaChile Onde se hospedar no Atacama e gastar só US$ 12 por pessoa

Onde se hospedar no Atacama e gastar só US$ 12 por pessoa

por Escolha Viajar
Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Quando viajamos pela América Latina, sempre temos na cabeça a impressão de que tudo será barato. Mas, no Chile, não é bem assim. Além de ter um custo – e qualidade de vida – maiores do que os vizinhos, os valores são ainda mais elevados em localidades extremamente turísticas, como a Ilha de Páscoa ou o Deserto do Atacama. Por isso, pode não ser muito fácil encontrar onde se hospedar no Atacama e pagar barato. Além de uma boa pesquisa, você vai precisar abrir mão de alguns confortos e facilidades se quiser encontrar um lugar com preços no patamar dos demais países do nosso continente.

⇒ PREPARE SEU BOLSO: Quanto custa viajar para o Atacama?
⇒ GUIA DE VIAGEM Atacama: tudo o que você precisa saber!

O hostel mais barato onde se hospedar no Atacama – pelo menos ao fazer reserva antecipada online – é o Juriques. Ao chegar na cidade de San Pedro do Atacama, você pode negociar o preço diretamente em outros albergues e conseguir algo mais em conta. Mas via sites, não há outro por um preço tão convidativo. As diárias custam a partir de US$ 12,25 por uma cama em dormitório e US$ 36,75 por um quarto privado para duas pessoas.

A palavra que resume o Juriques é ‘simplicidade’. Este é um lugar onde se hospedar no Atacama para quem quer economizar o máximo que puder quando viaja e não se importa de ter apenas uma cama confortável para dormir, sem mordomias. O hostel funciona em uma casa baixa de adobe, como são quase todas em San Pedro. Ele está localizado em uma travessa da Calle Caracoles, a principal da cidade, e está a apenas duas quadras dela e todo o comércio local. É possível encontrar agências de turismo, restaurantes, farmácia, câmbio, minimercado com poucos minutos de caminha.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

O albergue tem balcão de turismo para reservar tours, bicicletas para alugar, uma cozinha compartilhada minúscula onde os hóspedes podem preparar refeições e um pátio que serve como área comum, onde há mesas de madeira para comer, redes e algumas cadeiras mambembes. O Juriques não oferece serviço de café da manhã ou qualquer tipo de refeição. O acesso à internet WiFi é livre, mas o sinal não pega nos quartos. À meia-noite, é dado o toque de recolher e todas as luzes são desligadas.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

São oferecidos quartos privados e também dormitórios compartilhados para de quatro a 11 pessoas. As acomodações são simples, mas têm camas confortáveis e lockers. Os banheiros são divididos por todos os hóspedes. O chuveiro é aquecido por painéis solares, pois eletricidade é algo caro no deserto, portanto lembre-se de programar o banho para o horário mais quente do dia (entre 9h e 16h). A limpeza é feita uma vez por dia, o que pode ocasionar acúmulo de lixo e de sujeira, principalmente no banheiro masculino.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Aliás, higiene não é o forte do Juriques. Embora os quartos estivessem ‘ok’ e tenhamos visto a faxineira se esforçar para manter o lugar em ordem, o hostel é grande e movimentado para ser limpo por uma pessoa só. As mesas para refeições que ficam no pátio estavam sempre tomadas pela poeira do deserto. Além disso, note que uma grande quantidade de gatos vive com a família que gerencia o lugar. Eles não costumam chegar perto dos hóspedes, mas com certeza não farão a alegria de quem é alérgico.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

Ainda na dúvida sobre onde se hospedar no Atacama? Clique aqui e pesquise outras opções através do site de hotéis ‘Booking’.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve no Atacama em dezembro de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais