Página inicial Planeje sua viagemDinheiro Quanto custa viajar para o México? Veja como gastar só US$ 35 por dia

Quanto custa viajar para o México? Veja como gastar só US$ 35 por dia

por Escolha Viajar
Quanto custa viajar para o México?

O México é o mais BBB dos países em que já pusemos nossos pezinhos nesse mundão afora. BBB? Sim: Bom, Bonito e Barato. Muito barato. É impressionante como o México reúne um leque de atrações turísticas incríveis com uma boa infraestrutura para o viajante e ainda consegue manter tudo a preço baixíssimo. É claro que o fato de ser um país pobre e com uma moeda ainda mais desvalorizada que o real contribui para isso. Tanto que você pode calcular o quanto custa viajar para o México facilmente abaixo dos US$ 50 por dia. E, se estiver realmente disposto a abrir mão de alguns confortos como quarto privado e fazer muitas refeições em restaurantes, esse gasto pode chegar a US$ 35 por dia!

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NO MÉXICO e pagar barato
⇒ GUIA DE VIAGEM MÉXICO: Tudo que você precisa saber!

É um valor muito baixo quando pensamos que em outros países pobres e de moedas pouco valorizadas, como a Turquia e a Tailândia, os custos diários de uma viagem econômica ficam acima dos US$ 40 ou até dos US$ 50. Pode parecer uma diferença pequena, mas se a sua viagem durar 20 dias, estamos falando de uma economia de US$ 100 a US$ 300. Converta para reais e você terá ideia do tamanho do rombo, hehe. Por isso, ressaltamos muito o valor do quanto custa viajar para o México e recomendamos o país a todas as pessoas que conhecemos como um dos melhores destinos de viagem do mundo! Quer você queira fazer muita economia, quer um pouco menos.

Vamos começar falando como o transporte influencia no quanto custa viajar para o México. Dentro das cidades, as vans (que funcionam como linhas de ônibus informais muito mais apertadas) e o metrô da Cidade do México são super baratos. Um ticket para as viagens subterrâneas sai por US$ 0,30. Já as vans cobram conforme a distância percorrida. Do centro de Tulum até o Cenote Dos Ojos – que é uma das principais atrações da Riviera Maia – paga-se US$ 2,75 (ida e volta). Ônibus urbanos não são muito comuns no México, mas quando existem também saem por valores joinha. Do centro da cidade de Oaxaca até as ruínas de Monte Albán, a passagem vale US$ 3 (ida e volta).

Quanto custa viajar para o México - Transporte

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Já os deslocamentos entre as cidades podem aumentar o quanto custa viajar para o México. Vamos explicar: na parte sul do país – que é a mais turística e que inclui a Cidade do México, Oaxaca e toda a Riviera Maia -, opera apenas uma empresa de ônibus que se chama ADO. A ADO oferece várias classes de coletivos para quem quer fazer suas viagens com mais ou menos conforto. Há desde carros de primeira classe – com poltronas totalmente leito e fileiras individuais – até os carros comuns, que são os usados pelos mexicanos em geral. Você não precisa comprar uma passagem de primeira classe, a chamada Platino, mas também não recomendamos que use a classe ADO ou OCC.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

O México é um país de grandes distância e você vai querer algum conforto para viajar durante metade de um dia ou uma noite inteira. Na ADO e na OCC, as TVs são espalhadas pelo ônibus e o som fica ligado para que todos possam ouvir, o que é extremamente desagradável. Além disso, as poltronas reclinam muito pouco para se dormir direito. A passagem que recomendamos é a ADO GL, que tem telas individuais e som só no fone de ouvido. Além disso, a cadeira deita o suficiente para você descansar, embora não seja leito total como na Platino. Na GL, uma passagem de trecho curto como Cidade do México-Oaxaca custa US$ 30. Já uma viagem longa como Palenque-Tulum vale US$ 40.

Quanto custa viajar para o México - Hospedagem

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Hospedagem é o fator que mais vai reduzir a sua conta de quanto custa viajar para o México. Isso porque é possível encontrar albergues e pequenas pousadas bem avaliados, com localização privilegiada e preços ridiculamente baixos. Quem não tem problemas em dividir o quarto com outros viajantes então, vai fazer a festa! Uma cama em dormitório no Zócalo – o centro histórico da Cidade do México – pode custar míseros US$ 9. Em Oaxaca, US$ 9; em San Cristóbal de las Casas, US$ 10; em Tulum, US$ 8; e em Playa del Carmen, US$ 10. Um quarto privado não custa tão mais, se você souber procurar hospedagem econômica. Em Palenque, onde não havia hostels, encontramos por US$ 12 por pessoa.

Mas agora a gente vai falar do que realmente interessa: comida! Você deve ter ouvido falar de como é barato comer no México e isso é verdade, principalmente em restaurantes fora das zonas turísticas e nas barraquinhas de rua. Um jantar com bebidas no La Revolución, o bar mais famoso de San Cristóbal de las Casas, sai por US$ 25 para duas pessoas. Um cachorro-quente com batata-frita em barraquinha da Cidade do México, US$ 2,20. Mas para reduzir de vez o quanto custa viajar para o México, saiba que você vai precisar comprar comida semi-pronta no supermercado ou cozinhar no albergue algumas vezes. O México é barato, mas não de graça 😛

Quanto custa viajar para o México - Refeições

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Por fim, vamos falar de como as atrações turísticas podem encarecer ou baratear o quanto custa viajar para o México. Excursões têm preços razoáveis no país, mas é preciso usar com moderação para não estourar o orçamento. Deixe para os casos em que o ponto turístico fica fora da alçada do transporte público. Um tour para conhecer as atrações que ficam nos arredores de Oaxaca é um desses casos. Você vai visitar o Árbol del Tule, as ruínas de Mitla, uma usina de mezcal (tequila de fruta) e a formação rochosa de Hierve el Agua por US$ 16. Se fosse fazer tudo de táxi, sairia muito mais. Mas para visitar as ruínas de Monte Albán, que ficam perto do centro da cidade, basta pegar um ônibus comum por US$ 3.

As entradas nos pontos turísticos geridos pelo governo mexicano têm todas um preço tabelado que vai ser sempre o mesmo, não importa em qual cidade está localizada a atração. Em 2015, você pagava US$ 3,50 para entrar no Templo Mayor, Museu Nacional de Antropologia, ruínas de Teotihuacan, ruínas de Monte Albán, ruínas de Palenque, ruínas de Tulum etc. Nada que vá encarecer o quanto custa viajar para o México. A única exceção é Chichén Itzá (na foto abaixo), a principal atração do país e uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, que sai por cerca de US$ 13. Para compensar, é uma delícia lembrar que as praias mexicanas são todas de graça, inclusive a famosa Akumal, onde você pode nadar com arraias e tartarugas sem pagar um centavo sequer!

Quanto custa viajar para o México - Atrações caras

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

O Escolha Viajar passou 20 dias no México em outubro de 2015 e gastou um total de US$ 1.422,40, o equivalente a US$ 35,55 por pessoa a cada dia. Vale destacar que foi uma viagem bastante econômica , sendo que usamos muito transporte público e ‘expresso canela’ para evitar ao máximo gastos com tours e táxis, nos hospedamos em dormitórios coletivos de hostel sempre que possível, comprávamos muitos lanches em supermercados para fazer piqueniques no almoço e, à noite, intercalávamos entre cozinhar no albergue ou comer em restaurantes que coubessem no nosso orçamento.

Nosso único ‘luxo’ foi ter feito todos os deslocamentos de ônibus em classe turística, que é a segunda mais cara – perde apenas para a primeira. Mas é um gasto mais do que justificado, já que quase todas as viagens eram noturnas e cobriam longas distâncias. Para ir de Palenque até Tulum foram 16 horas de estrada! Confira a lista completa de despesas, saiba quanto custa viajar para o México e comece a programar suas economias:

Quanto custa viajar para o México?

  • Refeições e ‘happy hours’ feitas em restaurantes ou telentrega: US$ 243,35, ou US$ 6,10 por pessoa a cada dia
  • Comida e bebida comprada em supermercados e padarias: US$ 162,55, ou US$ 4,05 por pessoa a cada dia
  • Passagens de transporte público (metrô e van): US$ 31,40, ou US$ 0,80 por pessoa a cada dia
  • Corridas de táxi: US$ 22,30, ou US$ 0,55 por pessoa a cada dia
  • Quatro noites em quarto compartilhado de hostel na Cidade do México: US$ 68,30, ou US$ 8,55 por pessoa a cada dia
  • Entrada no Templo Mayor, na Cidade do México: US$ 7,05, ou US$ 3,50 por pessoa
  • Entrada no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México: US$ 7,05, ou US$ 3,50 por pessoa
  • Ônibus da Cidade do México até as ruínas de Teotihuacan (ida e volta): US$ 10,25, ou US$ 5,10 por pessoa
  • Entrada nas ruínas de Teotihuacan (arredores da Cidade do México): US$ 7,05, ou US$ 3,50 por pessoa
  • Ônibus Cidade do México-Oaxaca: US$ 59,95, ou US$ 29,95 por pessoa
  • Três noites em quarto compartilhado de hostel em Oaxaca: US$ 52,90, ou US$ 8,80 por pessoa a cada dia
  • Tour para o Árbol del Tule, Mitla e Hierve el Agua (arredores de Oaxaca): US$ 22,05, ou US$ 11 por pessoa
  • Entrada nas ruínas de Mitla (arredores de Oaxaca): US$ 5,50, ou US$ 2,25 por pessoa
  • Entrada em Hierve el Agua (arredores de Oaxaca): US$ 5,50, ou US$ 2,25 por pessoa
  • Ônibus do centro de Oaxaca para as ruínas de Monte Albán (ida e volta): US$ 6,05, ou US$ 3 por pessoa
  • Entrada nas ruínas de Monte Albán, em Oaxaca: US$ 7,05, ou US$ 3,50 por pessoa
  • Ônibus Oaxaca-San Cristóbal de las Casas: US$ 80,85, ou US$ 40,40 por pessoa
  • Duas noites em quarto compartilhado de hostel em San Cristóbal de las Casas: US$ 38,55, ou US$ 9,65 por pessoa a cada dia
  • Tour para o Cânion del Sumidero (arredores de San Cristóbal de las Casas): US$ 25,90, ou US$ 12,95 por pessoa
  • Ônibus San Cristóbal de las Casas-Palenque: US$ 28,20, ou US$ 14,10 por pessoa
  • Duas noites em quarto privado de hotel em Palenque: US$ 45,70, ou US$ 11,40 por pessoa a cada dia
  • Entrada nas ruínas de Palenque, em Palenque: US$ 7,05, ou US$ 3,50 por pessoa
  • Tour para as cachoeiras Agua Azul e Misol-Ha (arredores de Palenque): US$ 29,75, ou US$ 14,85 por pessoa
  • Ônibus Palenque-Tulum: US$ 78,75, ou US$ 39,35 por pessoa
  • Quatro noites em quarto compartilhado de hostel em Tulum: US$ 57,30, ou US$ 7,15 por pessoa a cada dia
  • Entrada nas ruínas de Tulum, em Tulum: US$ 7,05, ou US$ 3,50 por pessoa
  • Ônibus de Tulum até as ruínas de Chichén Itzá (ida e volta): US$ 41,85, ou US$ 20,90 por pessoa
  • Entrada nas ruínas de Chichén Itzá (arredores de Tulum): US$ 24,70, ou US$ 12,35 por pessoa
  • Entrada no Cenote Dos Ojos (arredores de Tulum): US$ 24,80, ou US$ 12,40 por pessoa
  • Aluguel de snorkel na Praia Akumal (arredores de Tulum): US$ 16,55, ou US$ 8,25 por pessoa
  • Ônibus Tulum-Playa del Carmen: US$ 4,20, ou US$ 2,10 por pessoa
  • Quatro noites em quarto compartilhado de hostel em Playa del Carmen: US$ 77,10, ou US$ 9,65 por pessoa a cada dia
  • Ferry de Playa del Carmen para a Ilha de Cozumel (ida e volta): US$ 29,75, ou US$ 14,85 por pessoa
  • Passeio de barco para fazer snorkel na Ilha de Cozumel: US$ 38,55, ou US$ 19,25 por pessoa
  • Aluguel de carro para dar a volta na Ilha de Cozumel: US$ 30,30, ou US$ 15,15 por pessoa
  • Ônibus de Playa del Carmen até o aeroporto de Cancun: US$ 17,20, ou US$ 8,60 por pessoa
Quanto custa viajar para o México - Atrações baratas

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve no México em outubro de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

14 comentários

Ana Maria de Medeiros 29 de junho de 2021 - 23:06

Gostaria de viajar para o México em 2022 no mês de outubro, novembro ou dezembro. Preciso que vocês atualize, pois esse foi o ano de 2017 . Estamos em junho de 2021 OK

Responder
Escolha Viajar 3 de julho de 2021 - 18:55

Olá, Ana!
Esse texto relata as despesas que tivemos na nossa viagem, feita em 2015. Como não voltamos ao México depois disso, os valores não serão atualizados por enquanto. Mas você pode usá-los para ter uma base, mesmo depois de tanto tempo.
Um grande abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Ângela Ribeiro rocha de Magalhães 4 de fevereiro de 2020 - 17:49

olá! estou planejando uma viagem ao méxico e pesquisando preços. gostei dos valores que vocês disponibilizaram, sobre os passeios (imagino que não tenham aumentado tanto). mas quando pesquiso esses passeios pela internet, encontro preços absurdos. queria entender como que acontece o deslocamento até os parque, etc para que não saia tão caro. Obrigada

Responder
Escolha Viajar 9 de fevereiro de 2020 - 12:15

Olá, Ângela!
Conforme você leu no texto, para economizar o melhor é só fazer passeios para locais onde não haja transporte público. Ir de van ou ônibus até os pontos turísticos é muito mais barato do que contratar um tour. Nossa dica é chegar no seu hotel e perguntar se existe transporte público para visitar a atração que você gostaria. Se sim, qual o custo da passagem, se é demorado, longe, difícil etc. Daí você compara esse ‘trabalho’ com o preço do tour e vê o que vale a pena para você. Não é em todo lugar que você consegue chegar de transporte público, mas em muitos dá sim. Para Chichén Itzá você pode pegar um ônibus da ADO, por exemplo. Não precisa comprar nenhum passeio com antecedência pela internet, todos os hotéis vendem. Esperamos ter ajudado, é meio complicado falar quando não sabemos quais cidades você vai visitar, onde vai se hospedar, quais atrações quer conhecer.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Natália 4 de maio de 2018 - 12:13

Olá, estou querendo viajar no começo do ano que vem para o México, e sempre vejo todo mundo falando que conseguiram passagens baratos na faixa de 400 a 700 reais e eu infelizmente só consigo achar passagens a partir de 2000. Você poderia me dizer se eu consigo achar passagens baratas mesmo?

Responder
Escolha Viajar 5 de maio de 2018 - 14:07

Olá, Natália!
O preço real de uma passagem de ida e volta para o México é na casa dos R$ 2.000 mesmo. Para você ter ideia, uma passagem para Miami (EUA), que fica logo ao lado, em promoção, sai por R$ 2.000. Até pode ser que, se você viajar na baixa temporada (setembro/outubro), consiga alguma oferta por menos do que isso, mas R$ 700 ou R$ 400 não são valores reais. R$ 700 é o preço de uma passagem de ida e volta a Lima (Peru). Com R$ 400 você não vai nem até Montevidéu, que é o destino internacional mais próximo do Brasil.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Débora Espíndola Alves 29 de dezembro de 2017 - 18:44

queria saber sobre a questão de transporte, onibus, metrô, se é muito dificil para usar esses meios pra quem não fala fluente o dialeto deles?

grata desde já

Responder
Escolha Viajar 29 de dezembro de 2017 - 18:47

Olá, Débora!
Não entendi a qual dialeto você se refere, já que no México se fala espanhol puro e simples. De qualquer forma, o acesso ao transporte tanto dentro quanto entre as cidades é muito fácil, basta pedir as indicações no seu local de hospedagem.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
mauricio 1 de dezembro de 2017 - 20:02

Ola boa noite, estarei viajando em fevereiro de 2018. gostaria de saber de vcs, se compen. comprar dolares ai no mexico ou aqui mesmo no brasil !?

Responder
Escolha Viajar 8 de dezembro de 2017 - 18:38

Olá, Mauricio!
Não recomendamos comprar dólares para viajar ao México, é melhor comprar pesos mexicanos aqui no Brasil mesmo e levar. Mas se você faz questão da moeda americana, também é melhor levar daqui.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Matheus Braz 5 de outubro de 2017 - 17:07

Boa tarde! Sugestão: vcs poderiam colocar o preço das coisas em pesos. Mesmo q tenha aumentado, podemos ter uma noção. Em dolar está sujeito a duas variações cambiais. Tenho a impressão que o peso mexicano se desvalorizou muito desde 2015.

Responder
Escolha Viajar 16 de outubro de 2017 - 18:26

Olá, Matheus!
Convertemos todos nossos custos de viagens em dólar porque é a moeda universal do viajante. Muita gente viaja com dólares ou paga as despesas com cartão de crédito, que também converte na moeda norte-americana. É assim também que comparamos os custos de viagem de país para país. Mas obrigada pela sua sugestão e participação.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Alcione 25 de agosto de 2017 - 12:40

Oii pessoal!

Eu vi que vcs foram para o México em outubro de 2015. Em questão do tempo vcs notaram se estava muito chuvoso ? E em qual época de outubro vcs foram ?
Obrigada !

Responder
Escolha Viajar 27 de agosto de 2017 - 06:48

Olá, Alcione!
Passamos praticamente todo o mês de outubro no México e, nesse período, pegamos três dias de chuva forte por causa de um furacão. Fora isso, apenas um pouco de nuvens. Mas o Mar do Caribe não fica muito bonito nessa época do ano por causa do ‘sargaço’, a proliferação de algas.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais