Página inicial ÁsiaÍndia Roteiro de viagem pela Índia: 10 dias de Nova Déli a Udaipur

Roteiro de viagem pela Índia: 10 dias de Nova Déli a Udaipur

por Escolha Viajar
Roteiro de viagem pela Índia - Mapa

Com exceção de Amritsar ao norte e de Mumbai ao sul, as cidades turísticas da Índia estão todas concentradas no coração do país e ao redor da capital, Nova Déli. Assim, é bastante simples montar um roteiro de viagem pela Índia com apenas 10 dias de duração e em que se possa ver algumas das melhores atrações do país. Isso inclui Déli, Agra – lar do Taj Mahal -, Varanasi – a cidade do Rio Ganges -, e ainda duas joias da região do Rajastão, onde estão alguns dos fortes e palácios mais belos da Índia: Jaipur e Udaipur.

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NA ÍNDIA com higiene, segurança e barato
⇒ GUIA DE VIAGEM ÍNDIA: Tudo o que você precisa saber!

A melhor parte desta sugestão de roteiro é que você pode fazer todos os deslocamentos entre as cidades de trem e economizar bastante em passagens de avião. Isso se você estiver disposto a encarar jornadas longas, é claro. O trajeto entre Varanasi e Jaipur é percorrido em 16 horas, por exemplo. Mas os trens indianos são razoavelmente confortáveis nas classes turísticas, sendo que você terá uma cama para dormir a noite toda se o balanço não lhe afetar (leia este excelente artigo do blog 360 Meridianos para entender como funciona a divisão). Além disso, costumam ser bastante pontuais.

Se você tem menos de 10 dias para visitar a Índia, é melhor se ater ao chamado Triângulo Dourado, formado por Nova Déli, Agra e Jaipur. São cidades bastante próximas e que não exigem grande desperdício de tempo com deslocamento, além de abrigarem alguns dos pontos turísticos mais notórios da nação. Já quem tiver mais tempo no país pode incluir as já citadas Amritsar – onde fica o famoso ‘Golden Temple’ dos sikh – e Mumbai – terra de ‘Bollywood’ -, além de outras cidades turísticas do Rajastão, como Jodpur – a Cidade Azul -, e Jaisalmer – a Cidade Dourada. Se 10 dias é o período ideal para você, confira a sugestão abaixo e monte seu roteiro de viagem pela Índia:

Roteiro de viagem pela Índia – Dia 1: Nova Déli

Aproveite o primeiro dia em Nova Déli para conhecer várias atrações que ficam distantes umas das outras ou que não são acessíveis por metrô. Você pode fazer isso por conta própria, pegando táxis ou ‘tuk tuks’ de uma até a próxima, mas recomendamos que contrate um carro com motorista particular para este passeio. A maioria dos hotéis oferece esse serviço, que torna seu passeio muito mais confortável e seguro em meio ao trânsito caótico da capital indiana. Além disso, você sabe exatamente quanto irá pagar e não sera enganado pelos carros de rua. Confira aqui a sugestão de hospedagem econômica em Nova Déli do Escolha Viajar.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Ter um motorista/guia local ao seu lado também pode ser bastante útil para conhecer lugares sagrados e onde os indianos têm uma série de regras e restrições para visitação. São exemplos o templo sikh Gurudwara Bangla Sahib – em que é preciso tirar os sapatos, cobrir a cabeça e evitar contato com seu namorado/noivo/marido – e o Templo Laxminarayan – que não permite a entrada de equipamentos de fotografia e filmagem. Além deles, vá também ao Templo de Lótus, à Tumba de Humayun (na foto), ao Portão da Índia e às ruínas da mesquita Qutb Minar.

Roteiro de viagem pela Índia - Tumba de Humayun, em Nova Déli

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 2: Nova Déli

No segundo dia em Nova Déli, vá visitar algumas atrações que ficam próximas à região dos hotéis ou têm acesso fácil via metrô. Mas lembre-se que o metrô na Índia faz a linha 1 de São Paulo na hora do rush parecer brincadeira de criança. Se for mulher, viaje no vagão feminino, mesmo se estiver acompanhada. Duas atrações atendidas pelo transporte subterrâneo da capital indiana são o Red Fort (na foto) e a Mesquista Jama Masjid, que ficam próximos à estação Chandni Chowk.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!
⇒ Reserve já seu hotel em Nova Déli e garanta os melhores preços! ⇐

Já Connaught Place, o centro empresarial e comercial da cidade, fica a apenas cinco ou 10 minutos de caminhada da zona de hotéis de Nova Déli. É um ótimo lugar para encontrar bons restaurantes, redes de fast food e lojas. Além disso, o local tem formato de um círculo e, no centro dele, existe um parque onde fica hasteada uma bandeira gigantesca da Índia.

Roteiro de viagem pela Índia - Red Fort, em Nova Déli

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 3: Nova Déli/Agra

Dia de acordar muito cedo para pegar um trem em direção a Agra, a cidade do Taj Mahal. Há expressos saindo da capital às 6h, 7h05 e 8h10 para a jornada de apenas duas horas. Uma vez no hotel, peça para contratar um motorista de ‘tuk tuk’ particular para circular pela cidade. Primeiro, porque algumas atrações ficam distantes do centro. Segundo, porque Agra é um lugar muito sujo e poluído e não vale a pena arriscar sua saúde andando pelas ruas. Confira aqui a sugestão de hospedagem econômica em Agra do Escolha Viajar.

⇒ Reserve já seu hotel em Agra e garanta os melhores preços! ⇐

Você pode combinar com o motorista para visitar o Agra Fort, que é uma fortificação incrível e muito mais bonita do que o Red Fort de Déli. Depois, almoço típico em um dos muitos restaurantes da cidade. A terceira parada será na Tumba de I’timād-ud-Daulah (na foto), mais conhecida como ‘baby Taj’ por ter arquitetura semelhante à do mausoléu imperial. E, já no fim da tarde, peça para ir aos jardins que ficam nos fundos do Taj Mahal, do outro lado do rio. De lá, você verá o mármore branco do monumento mais famoso da Índia ficar rosado enquanto o sol se põe.

Roteiro de viagem pela Índia - ‘Baby Taj', em Agra

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 4: Agra/Varanasi

O grande dia da sua visita à Índia chegou! Você deve acordar antes do amanhecer para estar nos portões do Taj Mahal quando eles se abrirem, ao nascer do sol. Se possível já compre as entradas no dia anterior, pois elas estão à venda nos outros pontos turísticos de Agra. Assim, você evitará as filas quilométricas para entrar no monumento e o verá com o menor fluxo de pessoas possível.

A manhã é sua para se embebedar na beleza do mausoléu, eleito uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Ao fim da visita, hora de voltar ao hotel para fazer o check out e encontrar um bom restaurante para almoçar. Se preferir ficar mais tempo no quarto, a maioria dos estabelecimentos indianos oferece a meia diária, até as 18h. No fim do dia, pegue o trem noturno para Varanasi.

Roteiro de viagem pela Índia - Taj Mahal, em Agra

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 5: Varanasi

Você provavelmente chegará exausto a Varanasi, já que a viagem dura cerca de 12 horas. Por isso, uma vez na cidade e acomodado no hotel, tire o restante da manhã para recuperar o sono e as energias. À tarde, você pode passear sozinho pelos ‘gats’, as escadarias que dão acesso ao Ganges, o rio sagrado dos indianos, e assistir à cerimônia hinduísta do fim do dia nas margens do mesmo. Mas recomendamos que você contrate um guia para acompanhá-lo neste passeio, pois ele poderá lhe explicar um pouco sobre os rituais indianos, suas crenças e significados.

⇒ Reserve já seu hotel em Varanasi e garanta os melhores preços! ⇐
Roteiro de viagem pela Índia - Ritual às margens do Rio Ganges, em Varanasi

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 6: Varanasi/Jaipur

Mais um dia para acordar muito cedo no seu roteiro de viagem pela Índia, mas é por uma boa causa: assistir ao amanhecer sobre o Rio Ganges. É neste momento que os indianos se banham nas águas sagradas e pedem bênçãos para o dia que começa. Mas não se assuste, porque eles tomam banho mesmo, com direito a entrar na água só de tanguinha (os homens, claro) e lavar a cabeça, cabelo, embaixo do braço. Alguns lavam roupas e panelas também. Embora inusitada para nós, é uma cerimônia cheia de vida e alegria.

Mais uma vez, recomendamos que você faça o passeio acompanhado de um guia, exatamente para que ele explique todas essas particularidades do hinduísmo indiano. À tarde, você pode optar por fazer uma caminhada aos ‘gats’ ao sul do rio ou, se estiver cansado, pedir a meia diária e ficar no hotel. No fim do dia, hora de partir novamente, desta vez em direção a Jaipur. Confira aqui a sugestão de hospedagem econômica em Jaipur do Escolha Viajar.

Roteiro de viagem pela Índia - Rio Ganges, em Varanasi

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 7: Jaipur

A viagem de Varanasi a Jaipur é ainda mais longa do que a anterior e você estará moído ao fim das 16 horas de viagem. Por isso, vá para o hotel descansar quando chegar a Jaipur. No fim da tarde, você pode aproveitar para conhecer duas atrações que ficam localizadas no centro da Cidade Rosa: o observatório astronômico Jantar Mantar e o Hawa Mahal, ou ‘Palácio dos Ventos’. Basta chamar um táxi ou ‘tuk tuk’ e fazer a visita por conta própria ou com um motorista/guia.

⇒ Reserve já seu hotel em Jaipur e garanta os melhores preços! ⇐
Roteiro de viagem pela Índia - Hawa Mahal, em Jaipur

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 8: Jaipur/Udaipur

No seu segundo dia em Jaipur, contrate um motorista/guia para visitar as atrações que ficam fora do centro da cidade. Comece pelo incrível Amber Fort, a fortificação mais bonita que vimos em toda a Índia. Reserve pelo menos duas horas para percorrer os salões, muralhas, jardins e tirar muitas fotos. Depois, vá para o Jaigarh Fort, que não é lá essa boniteza toda mas abriga o maior canhão de rodas do mundo. Encerrando a sequência de fortalezas está o Nahargarh Fort, construído no século XIX.

Depois de um almoço em restaurante típico, peça ao motorista para fazer uma parada no Jal Mahal, um palácio abandonado sobre o Lago Man Sagar. Não é possível visitá-lo, uma vez que está alagado, mas o lugar rende belas fotos. À noite, hora de embarcar para a última parada do roteiro de viagem pela Índia: Udaipur. Recomendamos que você peça ao hotel a meia diária para poder voltar do passeio e ainda descansar um pouco, pois o trem só parte às 22h. Confira aqui a sugestão de hospedagem econômica em Udaipur do Escolha Viajar.

Roteiro de viagem pela Índia - Amber Fort, em Jaipur

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 9: Udaipur

Pode respirar aliviado, pois de Jaipur até Udaipur são apenas oito horas de viagem sobre trilhos. E pode respirar bem fundo, pois a Cidade Branca, como Udaipur é chamada, é o lugar mais limpo e menos poluído da Índia turística. Aproveite o primeiro período do dia para descansar da jornada de trem, como de costume. À tarde, vá caminhar pelas ruazinhas e olhar as vitrines, pois Udaipur é um lugar onde você pode fazer isso quase sem ser importunado por vendedores e sem pisar em bosta de vaca, esgoto e outros dejetos. Depois, escolha um restaurante com vista para o Lago Pichola para jantar enquanto o sol desce sobre as águas.

⇒ Reserve já seu hotel em Udaipur e garanta os melhores preços! ⇐

Se o lugar que você escolheu tem exibição diária de ‘007 contra Octopussy’ fique por ali mesmo e curta o filme, cuja exibição começa invariavelmente às 19h. Se não, procure outro restaurante para assistir. E por que diabos ver um filme dos anos 1970 durante sua viagem pela Índia?  Porque ‘Octopussy’ foi gravado em Udaipur e a cidade se orgulha tanto de ter seu próprio 007 que, até hoje, vários bares e restaurantes fazem exibições diárias da película. Com certeza, é uma das atrações turísticas mais inusitadas do mundo, hehe.

Roteiro de viagem pela Índia - Lago Pichola, em Udaipur

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Roteiro de viagem pela Índia – Dia 10: Udaipur

Último dia em Udaipur e também na Índia. Vá até o ‘City Palace’, ou Palácio da Cidade, um belo prédio construído nos idos de 1550 e que abrigou várias gerações de marajás locais. Hoje, ele funciona como um museu e você pode visitá-lo por dentro. É também do ‘City Palace’ que saem os barcos até o hotel Taj Lake Palace. O estabelecimento é um dos mais luxuosos da Índia e está localizado em uma ilha própria sobre o Lago Pichola, sendo que uma pequena área exterior e um restaurante são abertos ao público. Findo o passeio, está encerrado o roteiro de viagem pela Índia.

Roteiro de viagem pela Índia - Hotel Taj Lake Palace, em Udaipur

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve na Índia em março de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

8 comentários

Luciany 27 de novembro de 2018 - 20:30

Otimo roteiro, bem detalhado 🙂 Pensando em ir para India em agosto do ano que vem.
Pelo roteiro de 10 dias, o percurso termina em Udaipur. e como voces sairam da cidade ou do país? Volta para Nova Deli de trem também?

Responder
Escolha Viajar 1 de dezembro de 2018 - 20:05

Olá, Luciany!
Nós saímos de Udaipur de avião mesmo, porque há um aeroporto regional na cidade. No nosso caso, voamos para Mumbai e, de lá, para o Cairo. Mas você pode voar para Nova Déli e, de lá para o Brasil. É claro que há trens também, mas o trajeto é de quase 16 horas e, se você vai voar para fora do país mesmo, talvez o avião acabe sendo mais vantajoso.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Ana 19 de setembro de 2017 - 13:01

Olá, estou indo para a índia em janeiro. Farei um voluntariado de 6 semanas e depois pretendo ficar 10 dias viajando. Sou mulher e tenho 27 anos. Sabe me dizer se, por ser mulher, seria muito perigoso fazer todo este seu roteiro sozinha? A viagem sozinha nos trens é perigosa?

Responder
Escolha Viajar 24 de setembro de 2017 - 19:55

Olá, Ana!
A mulher ocidental é muito assediada na Índia sim. Mesmo viajando acompanhada me senti muito incomodada com os olhares e frases ditas no ouvido. Mas não temos como afirmar se existe perigo real. Ouvimos relatos que há, mas também conhecemos mulheres que viajaram sozinhas pelo país e adoraram. Nos trens você estará segura se comprar passagens de primeira ou segunda classe.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Tarcisio 5 de maio de 2017 - 21:36

Muito obrigado pelas dicas vcs foram, claros e objetivos!!! Estou pensando em ir a Índia, porém gostaria saber onde vcs compraram os trajetos existe algum site?

Mai uma vez parabéns pelo site, super indico!

Parabén!!!

Responder
Escolha Viajar 6 de maio de 2017 - 08:33

Os trajetos de trem, Tarcísio? Você precisa reservar as passagens com antecedência, porque as classes turísticas se esgotam rápido. As reservas abrem três meses antes da data da viagem. Nós fizemos as nossas pelo site https://www.cleartrip.com/, que cobra uma pequena taxa de administração. Mas o site oficial das ferrovias indianas começou a aceitar cartões de crédito no ano passado, então você pode tentar diretamente lá – http://www.indianrail.gov.in/inet_srcdest_clus.html.

Responder
Monike 28 de abril de 2017 - 12:32

Obrigada pelas dicas! Super úteis!
Estou indo pra Índia no fim de maio ficarei uns 10 dias também! E estou pensando seguir seu roteiro talvez somente 4 cidades Délhi, Agra, Varanasi e Jaipur.
Eu tenho uma dúvida sobre os trens! Você chegou a reservar antes? Ou comprou as passagens na India mesmo? E você indica algum guia e teria o contato?
Muito obrigada

Responder
Escolha Viajar 1 de maio de 2017 - 10:49

Olá, Monike. Sim, você precisa reservar os trens com antecedência porque as classes turísticas lotam muito rápido. As reservas abrem três meses antes da data da viagem. Nós contratamos guia apenas em Varanasi e foi o guia do hostel, então, infelizmente, não temos o contato dele. Nas demais cidades, contratamos apenas motorista e fazíamos o passeio sozinhos. Alguns motoristas são meio guias, porque querem uma boa gorjeta no fim do serviço, como foi o nosso em Nova Déli. Mas, de novo, foi indicado pelo hotel e não temos nome ou contato. Para saber onde nos hospedamos, leia esse texto: https://www.escolhaviajar.com/onde-se-hospedar-na-india/

Responder

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais