Página inicial ÁsiaÍndia Saiba como visitar o Taj Mahal, o mais belo monumento ao amor do mundo

Saiba como visitar o Taj Mahal, o mais belo monumento ao amor do mundo

por Escolha Viajar
Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

A Índia já não é mais um país das ‘1.001 noites’. Não só os árabes deixaram aquelas terras há muito tempo, como as invadiram a pobreza, a sujeira, a poluição e condições subumanas de vida. Mas então, o que fazem por lá os quase 7 milhões de turistas que a Índia recebe por ano? Não existe a menor dúvida de que o principal motor de visitantes do país é o Taj Mahal. Se a Índia já foi a joia da coroa inglesa, hoje pode se orgulhar de adornar o mundo com uma das pedras mais preciosas da arquitetura mundial. Portanto, não abra mão de conhecê-lo durante uma viagem à Índia e confira tudo o que precisa saber sobre como visitar o Taj Mahal.

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NA ÍNDIA com higiene, segurança e barato
⇒ GUIA DE VIAGEM ÍNDIA: Tudo o que você precisa saber!

O mausoléu que o imperador mughal Shah Jahan construiu para sua terceira esposa – Mumtaz Mahal – é o mais belo monumento ao amor em que o homem já colocou os olhos. A perfeição de suas cúpulas e minaretes de mármore branco, que se erguem a 73 metros de altura contra o céu azul, é capaz de emocionar até mesmo quem até hoje só viu fotos do Taj Mahal. Eleito uma das Sete Maravilhas do Mundo Mundo Moderno, ele é de longe o patrimônio histórico mais bem preservado do país.

Uma viagem à Índia pode ser chocante, transformadora, um soco no estômago, uma descoberta espiritual, uma reviravolta dos sentidos, um mergulho no caos, uma tristeza sem fim diante de tanta miséria, uma alegria intensa em ver cor, beleza e cultura transpirando por todos os poros do tão sofrido povo de Mahatma Gandhi. Seja qual for sua impressão geral sobre o país, com certeza haverá um lugar muito especial em sua memória para o momento em que colocar os pés no Taj Mahal.

Nenhuma outra obra construída pela mão do homem conseguiu ser a tradução tão perfeita da beleza do amor quanto este edifício de mármore branco. Por isso, conheça um pouco de sua história, veja algumas curiosidades e confira tudo o que você precisa saber sobre como visitar o Taj Mahal:

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Como visitar o Taj Mahal – Onde fica

O mausoléu está localizado no chamado Triângulo Dourado, que envolve as cidades de Agra, Jaipur e a capital, Nova Déli, e que se consagrou como o principal destino turístico do país. Agra, onde fica especificamente o Taj, é uma cidade bastante suja e poluída, o que acaba levando muitos visitantes a optarem ir até lá apenas num passeio de bate-volta desde Déli, seja a bordo de um ônibus de excursão, seja por conta própria, de trem.

Existem pelo menos três trens expressos que fazem o caminho de ida e volta entre as duas cidades diariamente: o novíssimo Gatimaan Express sai às 8h10 e retorna às 17h50; o Taj Express Superfast parte às 7h05 e volta às 18h55; e o Bhopal New Delhi Shatabdi Express, que sai às 6h e retorna às 21h15. Um dia é tempo suficiente para conhecer o Taj Mahal e outra atração imperdível de Agra, o Agra Fort.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Como visitar o Taj Mahal – Horários

Quem quiser conhecer o monumento no momento do dia em que há menos turistas circulando e ter a chance de tirar as melhores fotos do Taj Mahal, vai ter que pernoitar na cidade de Agra para estar nos portões no horário que eles abrem: ao amanhecer (por volta de 6h30, dependendo da época do ano). Assim, você evita filas quilométricas para comprar ingresso, fazer a revista de segurança e ainda consegue um lugarzinho na escadaria principal, onde todos querem tirar a clássica foto do prédio em harmonia com os jardins simétricos.

O fim da visitação também não tem um horário fixo e se encerra ao pôr do sol (por volta das 18h30, dependendo da época do ano). Um detalhe muito importante a ser lembrado na hora de planejar como visitar o Taj Mahal durante a sua viagem é que ele fecha nas sextas-feiras! Muitos turistas desavisados chegam para fazer o bate-volta desde Déli no último dia útil da semana e acabam dando com a porta na cara…

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Como visitar o Taj Mahal – Para entrar

O ingresso para estrangeiros entrarem no Taj Mahal custam 1.000 rúpias, ou cerca de US$ 15. Existem três portões de entrada para o Taj Mahal: sul, leste e oeste. Os dois últimos são os mais utilizados pelos turistas, pois a bilheteria abre assim que o sol levanta. Mas a entrada sul, que só funciona às 8h, é recomendada como alternativa em casos de filas quilométricas no leste e oeste.

Ao chegar ao complexo e comprar seu ingresso, você receberá um par de protetores de calçados, que devem ser usados em toda a área do prédio principal para não danificar o mármore branco. Vai ganhar também uma pequena garrafa de água, pois não é permitido entrar com alimentos ou bebidas na área do mausoléu.

Você não precisa de um guia para circular pelo Taj Mahal, já que há placas explicativas que dão uma boa noção geral da história do prédio. Mas, se quiser contratar um, há vários que oferecem seus serviços ao lado da bilheteria ou perto do portão de entrada. Apenas se certifique de que eles estão devidamente identificados e que são guias autorizados pelo governo da Índia

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Como visitar o Taj Mahal – O que pode e o que não pode

Evite levar bolsas grandes para o Taj Mahal pois, além de serem revistadas pela segurança, elas podem acabar tendo que ficar em um locker se os guardas assim decidirem, o que nunca é algo 100% seguro na Índia. Você pode levar câmeras de foto e vídeo, mas é preciso pagar uma taxa de 25 rúpias (US$ 0,40) para usar a segunda. Tripés não são permitidos, assim como fazer imagens na parte interior do prédio. E o controle é rígido: os guardas pedem sua câmera e apagam as imagens.

Não há nenhuma exigência oficial sobre como se vestir ou portar no Taj Mahal, mas lembre-se que os indianos são muito conservadores sobre estas duas coisas. Use roupas modestas e que cubram ombros e boa parte das pernas se não quiser virar alvo de todos os olhares. Evite também gestos de carinho ou intimidade com namorados/maridos em público. Os indianos sequer andam de mãos dadas com os seus nas ruas e isso causa muita estranheza. Foto dando beijinho então, nem pensar!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Como visitar o Taj Mahal – Depois da visita

Se ainda tiver fôlego depois da visita ao interior do mausoléu, você pode contratar um tuk tuk que te leve até o outro lado do rio, onde existe um jardim com vista para o Taj Mahal. Muitos turistas costumam ficar por lá até o pôr do sol contemplando as mudanças de cor do mármore, que nessa hora fica quase laranja.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Como visitar o Taj Mahal – Um pouco de história

O Taj Mahal é um mausoléu islâmico, erguido pelo imperador mughal Shah Jahan para sua terceira esposa, a princesa persa Mumtaz Mahal. Ela era sua favorita e reinava ao seu lado, participando dos assuntos políticos e de Estado. Mumtaz morreu durante o parto do 14º filho do casal, deixando o imperador inconsolável. O edifício demorou quase 20 anos para ser construído, sendo que a obra do mausoléu principal terminou em 1648. Outras estruturas, como o jardim simétrico, ainda levaram mais cinco anos para serem concluídas.

Foram necessários 22 mil trabalhadores para a construção do Taj Mahal, entre pedreiros, escavadores, escultores, pintores, caligrafistas e outros artesãos da época. Teriam sido usados ainda 1.000 elefantes para transportar os materiais que dariam origem ao edifício. Mais de 28 tipos de pedras preciosas e semi-preciosas foram usadas na decoração do Taj, principalmente na forma de flores que decoram as paredes. Entre elas estão lápis-lazuli, cristal, jasper, jade e turquesa. Muitas foram furtadas durante as várias invasões e ocupações que a Índia sofreu ao longo de seu história.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Como visitar o Taj Mahal – O que contam as lendas

Uma das lendas que cerca o edifício é a de que o imperador Shah Jahan tinha planos para construir um segundo Taj Mahal, exatamente igual ao primeiro, mas todo em mármore negro. Este seria o seu próprio mausoléu e estaria ligado ao de Mumtaz por uma ponte. Mas ele foi deposto por seu filho e nunca pode realizar a obra, sendo enterrado no próprio Taj Mahal, ao lado de sua amada.

Outra lenda diz que, depois de deposto, o imperador passou a viver preso no Agra Fort. De sua cela, ele usaria um diamante como lente de aumento para poder avistar o Taj Mahal, construído ao sul da cidade. Quem visitar o Agra Fort hoje pode ter a mesma visão que Shah Jahan tinha do prédio, mas sem o diamante e com muito mais poluição.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve no Taj Mahal em março de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

3 comentários

Anna Costa 23 de outubro de 2019 - 16:11

Puuxa , tantas viagens por países fascinantes e vocês não tem um canal no YouTube ? Encontrei hoje no portal MSN ( adoro!) uma matéria no tópico “Viagem” creditada ao blog de vocês sobre os pontos turísticos mais conhecidos da Índia .

Responder
Escolha Viajar 25 de outubro de 2019 - 23:39

Olá, Anna!
O canal no YouTube está no forno e esperamos que ele vá para o ar no ano que vem. Aguarde e confie, hehe.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
luiz henrique 11 de novembro de 2015 - 22:58

É considerada uma das sete maravilhas modernas, vale apena visitar um lugar especial como este, não é só porque é uma das sete maravilhas mas porque é um lugar de paz
espiritual, não é só Taj Mahal que é uma maravilha, o país da Índia é também uma total beleza.

Responder

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais