Página inicial AméricaEstados Unidos O que fazer em Washington: 10 atrações que você não pode perder

O que fazer em Washington: 10 atrações que você não pode perder

por Escolha Viajar
O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Embora não chegue nem perto de ter tanta popularidade entre os turistas quanto a vizinha Nova York, Washington com certeza é uma cidade que vale uma ‘esticada’ no seu roteiro de viagem pelos Estados Unidos. Poucos povos no mundo são tão patriotas quanto o americano, e todos os grandes símbolos do amor e dedicação à nação estão localizados na capital. A Casa Branca, o Capitólio, o Lincoln Memorial e seu icônico espelho d’água, o Washington Monument ficam todos lá. Ou seja, há muito o que fazer em Washington!

⇒ ONDE SE HOSPEDAR EM WASHINGTON e pagar barato
⇒ GUIA DE VIAGEM WASHINGTON: Tudo que você precisa saber!

E o melhor é que, para visitar as atrações de Washington, você não precisa nem voar. Há ônibus da empresa ‘low cost’ MegaBus que ligam as duas cidades em apenas 4h30 e por preços tão baixos como US$ 17. E o que é melhor ainda: TUDO o que há para ver e visitar em Washington é de graça! E a maioria das atrações fica no National Mall e arredores, o que significa que nem com transporte você vai gastar. Então, além de ser um passeio super interessante, a capital dos Estados Unidos da América ainda sai baratinha para o bolso do viajante.

Saiba o que fazer em Washington – 10 atrações que você não pode perder:

O que fazer em Washington – Casa Branca

Lar do homem mais poderoso do mundo, a Casa Branca é, de longe, a principal atração turística de Washington. De longe mesmo, já que só é possível avistá-la através das grades do President’s Park, hehe. Há dois ângulos de onde você pode ver a White House: o sul, que é acessado pela E Street; e o norte, visto desde a Pensylvania Avenue. O sul é a fachada, a parte mais bonita da Casa com os jardins floridos e uma fonte na frente, mas é também o que fica mais longe do público (na foto).

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Já o norte é os fundos da Casa, digamos assim, mas é possível vê-la muito mais de perto. Em ambos os casos, você vai precisar de uma câmera com bom zoom ou lente de longo alcance (75-300 mm) para fazer fotos através das grades de proteção. Na parte norte, preste atenção ao telhado, onde volte e meia aparecem agentes do serviço secreto que fazem a proteção do edifício mais importante dos Estado Unidos.

Mas não pode entrar? Embora seja teoricamente possível conhecer o interior da Casa Branca, é altamente improvável que você tenha sucesso na empreitada. Para isso, seria preciso agendar uma visita através da Embaixada do Brasil em Washington, o que não está mais sendo feito pelo governo brasileiro por conta das longas filas de espera e datas de visitação indefinidas.

Para ter um gostinho de como vivem os presidentes dos Estados Unidos, você pode conhecer, também de forma gratuita, o Centro de Visitantes da Casa Branca. O local abriga um museu, objetos históricos, reprodução de ambientes e exposições temáticas. O primeiro retrato oficial de Donald Trump como presidente já se encontra em exibição. O local abre todos os dias, das 7h30 às 16h.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Museu Nacional de História Natural

Ou ‘National Museum of Natural History‘ para os locais, este é o terceiro museu mais visitado do mundo. São nada menos do que 126 milhões de itens como plantas, animais, fósseis, minerais, rochas e meteoritos espalhados por uma área de mais de 30 mil metros quadrados de exibição. Apesar do tamanho e de ser diversão garantida para as crianças por muitas horas, a visita dos adultos pode ser mais objetiva.

Basta passar pelo gigantesco e belo hall onde fica um elefante africano de 12 toneladas e seguir para o segundo andar, que abriga a coleção de gemas e minerais. Além de inúmeras joias impressionantes, inclusive brincos que pertenceram a Maria Antonieta, ali estão as duas principais atrações do museu: o mais famoso diamante do mundo, o Hope; e a maior água-marinha do mundo, que é brasileiríssima e recebeu o nome de Dom Pedro. A entrada no Smithsonian é livre todos os dias, das 10h às 17h30.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Lincoln Memorial

O memorial erguido em homenagem ao 16º presidente americano, Abraham Lincoln, é um dos maiores símbolos do patriotismo americano, além de ser um lugar lindo de se visitar. O prédio em formato de um templo grego abriga a icônica estátua de Lincoln sentado, com quase 6 metros de altura, enquanto as paredes são cobertas com dois dos seus discursos mais emblemáticos. Na frente do prédio está localizado o icônico espelho d’água por onde Jenny corre para Forrest Gump no filme.

O lugar foi cenário marcante de cinema e também de momentos da vida real. Foi no topo das escadarias do memorial que Martin Luther King fez o histórico discurso ‘I Have a Dream’ (‘Eu Tenho um Sonho’), em 1963. A frase está gravada no chão, no exato local onde ele a proferiu. A visita ao memorial é sempre gratuita e ele fica aberto 24 horas por dia, o ano todo. Não perca a oportunidade de vê-lo todo iluminado á noite, assim como o Washignton Monument, refletido no espelho d’água.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Cemitério Nacional de Arlington

Esta é a única das atrações imperdíveis de Washington que não está localizada no National Mall, mas a algumas estações de metrô de distância, do outro lado do Rio Potomac (desça na estação Arlington Cemetery). Embora nunca pareça muito agradável visitar um cemitério, Arlington é o local de descanso de mais de 14 mil pessoas que morreram a serviço dos Estados Unidos ou em seu nome – como militares, chefes de Estado e vítimas dos atentados de 11 de Setembro – desde a Guerra Civil americana.

É lá que estão enterrados o presidente John F. Kennedy e os astronautas que morreram no incêndio da Apollo 1. Outro marco do local é a Tumba do Soldado Desconhecido. Mas o mais impressionante mesmo é observar a imensidão de lápides que se espalha por 70 sessões dos seus mais de 250 hectares. Ao chegar, é melhor se dirigir primeiro ao centro de visitantes para pegar um mapa e conhecer as regras de visitação. O Cemitério de Arlington abre todos os dias do ano, das 8h às 19h (abril-setembro), ou das 8h às 17h (outubro-março).

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Memorial da Segunda Guerra Mundial

Ou ‘World War II Memorial’, para os locais, ele lembra mais uma bela praça do que um lugar de luto. Mas é, e não por poucas pessoas. O memorial foi construído em homenagem às mais de 400 mil pessoas que morreram a serviço das Forças Armadas dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra. Ele está localizado entre o Washington Monument, ou Obelisco, e o espelho d’água do Lincoln Memorial. Os dois monumentos juntos compõem um conjunto belíssimo, principalmente iluminados à noite.

O memorial é composto por uma grande fonte central, rodeada por dois coretos e 56 pilares de granito com mais de 5 metros de altura, que simbolizam os estados americanos e colônias que participaram da guerra. Há ainda um mural de estrelas douradas chamado ‘Freedom Wall’ e, é claro, as tradicionais bandeiras azul, branca e vermelha. O ‘World War II Memorial’ fica aberto 24 horas por dia e seu acesso é livre e gratuito.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Museu Nacional do Ar e Espaço

Ou ‘National Air and Space Museum‘, para os locais. Este é nada menos do que o maior acervo de aeronaves e naves espaciais do mundo e o quinto museu mais visitado do planeta. Lá dentro estão em exibição desde o aeroplanador dos irmãos Wright – aquele que os americanos insistem ter voado antes de Santos Dumont – até o Bell X-1, que quebrou a barreira do som. Entre eles, centenas de modelos de todas as épocas e guerras, inclusive foguetes e mísseis da temida Guerra Fria. Mas as grandes estrelas do museu são mesmo as relíquias trazidas do espaço.

Entre elas o módulo de comando da Apollo 11 – a espaçonave que levou o primeiro homem à Lua (na foto) -, a cápsula Friendship 7 – que levou o primeiro americano à órbita da Terra -, e uma pedra trazida da Lua que pode ser tocada pelos visitantes. Só não se surpreenda, pois é um fragmento tão pequeno que às vezes é preciso pedir informações para encontrá-la! O Air and Space abre todos os dias, das 10h às 17h30, e a entrada é franca.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Capitólio

Segundo edifício mais protegido e simbólico dos Estados Unidos, o Capitólio marca o início do National Mall, na ponta oposta ao Lincoln Memorial. O prédio abriga as duas Casas do Parlamento norte-americano, a Câmara (ala sul) e o Senado (ala norte). No centro, vê-se a belíssima cúpula construída no século XVIII e encimada por uma réplica da Estátua da Liberdade. É neste cenário que tomam posse os presidentes do país, fazendo seu juramento e primeiro discurso nas varandas do Capitólio.

E o melhor de tudo é que é possível admirá-lo por fora e conhecê-lo por dentro! A visitação é sempre gratuita, das 8h30 às 16h30, mas é preciso agendar um horário e imprimir o passe através do site do Capitólio na internet. O acesso ao centro de visitantes é livre, mas pelo restante do prédio você será levado em um tour guiado. Note que não é permitido entrar no Capitólio com qualquer tipo de comida ou bebida, bolsas grandes e, claro, qualquer objeto perigoso.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Jardim Nacional de Esculturas

Ou ‘National Gallery of Art Sculpture Garden’, para os locais. Esta bela praça é um anexo da Galeria Nacional de Arte e abriga algumas peças que antes estavam em exibição no interior do prédio, mas que combinam muito mais com o verde da grama e o azul do céu ao ar livre. Entre elas ‘Personnage Gothique, Oiseau-Eclair’, de Miró; a impressionante árvore metálica ‘Graft’, de Roxy Paine; e o popular letreiro ‘AMOR’, de Robert Indiana (na foto).

O acesso ao jardim é livre de segunda a sábado das 10h às 17h, e nos domingos das 11h às 18h. Nos meses de inverno (dezembro a março), a fonte central da praça é transformada em um rinque de patinação no gelo. Se estiver por lá nessa época do ano, você pode alugar patins e participar da diversão, mas daí é preciso pagar entrada. Para preços e horários, acesse o site do Sculpture Garden.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Washington Monument

O Washington Monument marca o coração do National Mall, exatamente a meio caminho entre o Capitólio e o Lincoln Memorial. Trata-se nada menos do que do maior obelisco do mundo, com 169 metros de altura, e foi erguido em homenagem ao primeiro presidente dos Estados Unidos: George Washington. Sua impressionante estrutura feita em mármore e granito brancos pode ser vista de vários pontos da cidade e fica especialmente bela refletida nos lagos dos parques ao redor e no espelho d’água do Lincoln Memorial. Uma visita noturna é imperdível.

O obelisco pode ser admirado tanto por fora como por dentro, só que, infelizmente, o elevador interno está fechado para restauro até 2019! Mas valerá a pena esperar: do alto do monumento tem-se uma belíssima vista panorâmica da capital norte-americana. Os ingressos são gratuitos, mas devem ser retirados no mesmo dia da visita, a partir das 8h30 (as longas filas começam a se formar já antes disso) ou serem reservados com antecedência pela internet.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


O que fazer em Washington – Memorial da Guerra do Vietnã

Ou ‘Vietnam Veterans Memorial’, para os locais, é um espaço de homenagem aos mortos, desaparecidos, ex-combatentes e mulheres que serviram na malfadada Guerra do Vietnã (1955-1975), que custou a vida de cerca de 58 mil cidadãos americanos. A principal parte do memorial é o muro de mais de 75 metros em cujos painéis estão inscritos os nomes de todos os mortos e desaparecidos em ação. O memorial fica logo ao lado esquerdo de quem sai do Lincoln Memorial, é livre e nunca fecha.

O que fazer em Washington: 10 atrações imperdíveis

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve em Washington em outubro de 2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais