Página inicial EuropaPortugal Como visitar Monsaraz, a mais encantadora vila medieval de Portugal

Como visitar Monsaraz, a mais encantadora vila medieval de Portugal

por Escolha Viajar
Vilarejo medieval de Monsaraz, em Portugal

Quando o carro vai se aproximando pela estrada N256, você até pisca uma ou duas vezes para acreditar no que está vendo. No topo de uma colina, cercada pelos característicos campos dourados do Alentejo, você avista um minúsculo vilarejo de casinhas brancas cercadas por muralhas e dominado por um castelo. Esta é Monsaraz, uma antiga cidade fortificada que ainda vigia a fronteira entre Portugal e a Espanha. Debruçado sobre o Rio Guadiana, o vilarejo resistiu aos ataques inimigos e também à passagem dos anos, parecendo ter parado em algum momento no tempo muito longe do hoje. E esse é sem dúvida o charme essencial do lugar, que pode ser descrito como a mais encantadora vila medieval de Portugal!

⇒ ONDE SE HOSPEDAR EM PORTUGAL e gastar pouco dinheiro
⇒ GUIA DE VIAGEM PORTUGAL: Tudo que você precisa saber!

Apesar disso, são poucos os viajantes que chegam até a cidadezinha, que fica totalmente fora da rota das multidões que tomaram de assalto as regiões de Lisboa, Porto, Algarve e outras localidades mais turísticas do país. Hoje, apenas 800 pessoas habitam o vilarejo, número acrescido por algumas poucas dúzias de visitantes que passam uma manhã ou tarde por lá. O que só torna o passeio ainda mais interessante já que, depois de alguns dias em Portugal, você provavelmente estará cansado de visitar cidades e lugares superlotados. Até porque Monsaraz é tão pequena que não suportaria o turismo de massa, tendo uma área de apenas 88 km², hehe.

Mas tamanho não é documento, como já dizia o ditado, e, apesar de não ter muitas atrações, este é um daqueles lugares gostosos onde você tem vontade passar horas a fio e tirar milhares de fotos. Mas quem se delicia com o silêncio e paz do meio de uma tarde de verão, nem imagina que este vilarejo já viveu dias muito turbulentos. Sua história como território português já começou com sangue e guerra, tendo sido conquistado das mãos dos mouros em 1167. No entanto, após a derrota sofrida em Badajoz, a coroa portuguesa perde novamente a vila fortificada para o território muçulmano. Ela só será recuperada em em 1232 por D. Sancho II com o apoio dos Cavaleiros Templários, que passam a administrá-la.

Vilarejo medieval de Monsaraz, em Portugal

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Em 1381, um novo e inesperado ataque partiu dos soldados do aliado inglês Conde de Cambridge. Irritados com o fim do noivado do mesmo com a filha do rei português e com a falta de pagamento, eles descarregaram sua fúria sobre Monsaraz. Mas, como se pode ver, a cidade resistiu a mais esta e muitas outras batalhas depois, permanecendo intacta até hoje. Para começar seu passeio por este museu medieval a céu aberto, adentre em Monsaraz pela simples mas imponente Porta da Vila, em forma de arco gótico e protegida por dois torreões. Passe pela fonte e siga acompanhando as muralhas pela via à sua direita. Existem apenas duas ruas que cortam toda o vilarejo, então não há como errar, hehe.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Caminhe devagar pela ruela estreita e delicie-se com as casinhas baixas caiadas de branco e adornadas com brasões, construídas nos séculos XVII e XVIII. Namore as lojinhas que vendem o colorido artesanato alentejano e o vinho da região – o Reserva Monsaraz. Em poucos ou alguns minutos de caminhada – dependendo do seu ritmo de passeio e da quantidade de fotos de tira -, você chegará ao castelo, que é na verdade apenas um torreão. Construído por D. Dinis no século XIV, passou a servir como uma espécie de praça de touros onde, anualmente, é celebrada uma tradicional tourada em honra de Nosso Senhor Jesus dos Passos.

Vilarejo medieval de Monsaraz, em Portugal

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Não é preciso pagar nada para entrar no castelo e, do alto dos seus muros, descortinam-se vistas deslumbrantes dos campos e da Barragem de Alqueva, o maior lago artificial da Europa. Depois disso, siga pela rua central da vila até vislumbrar a Igreja Matriz – do século XVI – e seu Pelourinho em mármore branco. No fim da via, você terá chegado de volta à porta por onde entrou. Uma visita completa não demora mais do que duas horas. Para encerrar o passeio dentro da cidade murada, escolha um restaurante para desfrutar da sensacional culinária do Alentejo. Se tiver a oportunidade, fique até o entardecer, pois dizem que ver o pôr do sol do alto da cidade é muito bonito (infelizmente, não tivemos essa oportunidade).


Monsaraz – Arredores

Para completar o passeio à Monsaraz, existem algumas atrações que você pode visitar a poucos minutos de carro da vila fortificada. Entre elas está a praia fluvial, no lago da Barragem de Alqueva, que fica a apenas cinco quilômetros de distância. Ela conta com toda a infraestrutura de uma praia tradicional e é muito indicada para refrescar quem enfrenta o calor senegalês do verão em Portugal para conhecer a região. Outra atração nas proximidades é o Cromeleque do Xerez, um círculo de pedras que fica a dois quilômetros da vila. Erguido entre o início do 4º e meados do 3º milênio AC, este monumento megalítico é composto por 50 menires de granito de até 1,50 metros e um menir central de 4 metros.

Cromeleque do Xerez, em Monsaraz (Portugal)

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Monsaraz – Como chegar

Monsaraz está localizada no extremo leste da região do Alentejo, centro-sul de Portugal. O vilarejo fica 185 quilômetros a leste da capital do país, Lisboa; 233 quilômetros ao norte de Faro, a maior cidade do Algarve; e 54 quilômetros a leste de Évora, o principal município alentejano. É esta última que se costuma usar como base para visitar a região e fazer passeios de bate-volta até Monsaraz. Isso porque, além de muito próxima, Évora é a cidade mais turística da região. Se você está com um veículo alugado, é só setar a vila fortificada no seu GPS e aproveitar as excelentes estradas portuguesas.

⇒ Reserve já seu hotel em Monsaraz e garanta os melhores preços! ⇐

Há estacionamentos gratuitos onde deixar o carro logo do lado de fora das muralhas, a poucos passos da Porta da Vila, já que veículos são proibidos de circular na cidade. Quer fazer uma cotação de aluguel? Clique aqui! Para quem não vai viajar com automóvel, há tours de um dia que saem de Évora e vão até Monsaraz e outras atrações locais, como Reguengos de Monsaraz, São Pedro do Corval e Mourão. Consulte seu hotel sobre passeios do tipo. Para quem precisa chegar a Monsaraz via transporte público, a primeira opção é pegar um ônibus intermunicipal de Évora até Reguengos de Monsaraz e, de lá, tomar um táxi para percorrer os 15 quilômetros de distância restantes.

Os coletivos da Rede Nacional de Expressos saem duas vezes por dia em cada direção e percorrem o trajeto em 35 minutos por 6 euros o trecho. O mesmo vale para quem parte de Lisboa, mas com uma viagem de 2h25 de duração e ao custo de 12,80 euros o trecho. Passagens e mais informações podem ser consultadas do site da Renex. Há ainda um ônibus local da linha 8102 que sai do terminal rodoviário de Évora e chega a Reguengos uma hora depois, com direito a algumas paradas. Veja os horários no site da empresa Rodoviária do Alentejo.

*** O Escolha Viajar este em Portugal em setembro/outubro de 2017 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

8 comentários

Marluce Pereira Borba 1 de abril de 2020 - 17:06

Foi minha primeira ida a Portugal fomos na primavera .Passamos 15 dias visitando algumas cidades ,mas Monsaraz foi especial o por do sol é belissimo, depois fomos jantar caldo verde com um pao bem quentinho amei , dormimos numa pousada onde os donos pela manhã fizeram para nos um café especial com bolo de mel e pão fresquinho . Amei nunca esqueci penso em voltar um dia com meu marido.

Responder
Escolha Viajar 11 de abril de 2020 - 15:13

Olá, Marluce!
Obrigada por compartilhar sua experiência conosco.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
FABIOLA BARROS 17 de abril de 2019 - 16:28

COMO IR DE LISBOA PARA MONSARAZ? TEM TREM E ONIBUS?

Responder
Escolha Viajar 20 de abril de 2019 - 22:08

Olá, Fabiola!
Não existe nenhum meio de transporte direto entre Lisboa e Monsaraz. Você pode pegar um trem da capital até Évora (a viagem dura cerca de 1h30 com passagens a partir de 12,40 euros) e, de lá, fazer o deslocamento como sugerimos no texto para chegar a Monsaraz. Ou você pode pegar um ônibus da Renex de Lisboa até Reguengos de Monsaraz e também percorrer o restante do trajeto conforme sugerimos no texto (2h30 de viagem com passagens a 12,80 euros). Os links para consultar os sites da Comboios de Portugal (trens) e Renex (ônibus) estão no texto.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
jose victor de sousa junior 18 de julho de 2018 - 11:46

Excelentes posts vocês deixaram pra nós. Estou de malas prontas para o alentejo e meu percurso inclui monsaraz como última parada de nosso tour. Antes visitaremos, do começo ao fim, marváo, elvas, mérida (espanha), estremoz, évora e monseraz. Não iriamos pernoitar em Monseraz, e sim em évora (uma terceira vez), mas, achamos a vila tão charmosa que pensamos valer a pena uma noite ali em detrimento de mais uma em èvora. Fiz uma boa opção, na opinião de vocês? Abraços

Responder
Escolha Viajar 22 de julho de 2018 - 22:20

Olá, Jose!
Na nossa opinião, sim! Duas noites em Évora já são suficientes para dar uma volta noturna e experimentar os restaurantes da cidade. E Monsaraz, por menor que seja, deve ser um lugar encantador para ver o pôr do sol e fazer um passeio sob as estrelas. Com certeza há alguma boa tosca onde provar a culinária e o vinho alentejano para fechar seu passeio com chave de ouro.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder
Silvana Gontijo Fernandes Fazzi 12 de março de 2018 - 16:53

Boa tarde! Gostaria de saber se realmente não tem como ir ônibus ou trem de Évora para Monsaraz direto. E de Monsaraz para Marvão como devo fazer?
Aguardo retorno.
Obrigada

Responder
Escolha Viajar 17 de março de 2018 - 23:03

Olá, Silvana!
Não, não há ônibus de linha diretos entre Évora e Monsaraz, só ônibus de turismo. Marvão fica 137 quilômetros ao norte de Monsaraz e você pode fazer a viagem em menos de duas horas se estiver de carro. Se não estiver a coisa complica, pois tratam-se de dois vilarejos minúsculos e as opções de ônibus não são muitas. A melhor maneira de fazer o trajeto seria voltar para Évora e, de lá, pegar um ônibus para Portalegre, que fica a 30 minutos de distância de Marvão. Em Portalegre há linhas de ônibus regionais quatro ou cinco vezes ao dia para Marvão.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais