Página inicial Guias de Viagem Guia de Viagem Peru: Tudo que você precisa saber antes de viajar

Guia de Viagem Peru: Tudo que você precisa saber antes de viajar

por Escolha Viajar
Guia de Viagem Peru: Tudo que você precisa saber

O Peru é um país surpreendente. Localizado logo aqui ao lado do Brasil, seu território espremido entre o Oceano Pacífico, a Cordilheira dos Andes e a Floresta Amazônica abriga uma diversidade única de belezas naturais de tirar o fôlego. Mas não é só isso. Séculos de tradição cultural indígena sobrevivem em meio ao patrimônio colonial espanhol e, hoje, convivem lado a lado, podendo ser vistas em seu esplendor em Cusco e Machu Picchu. A cidade perdida dos incas é a cereja do bolo de qualquer visita ao Peru, tendo sido eleita uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Mas o país tem ainda mais, muito mais! Ao longo do litoral norte, ruínas pré-incaicas encontram o mar e um pôr-do-sol de arrancar lágrimas dos olhos. No litoral sul, o deserto abriga as misteriosas e impressionantes Linhas de Nazca e surpreendente Reserva Natural de Paracas.

Você já ouviu falar no único oásis da América Latina? Pois Huacachina também fica no Peru. Assim como a cidade branca de Arequipa, os condores do Cânion del Colca, a imensidão do Lago Titicaca, os sítios arqueológicos do Vale Sagrado, as lagoas, montanhas e beleza sem fim do Parque Nacional Huascarán… A cosmopolita capital, Lima, não poderia deixar de receber uma menção honrosa por sua mescla de boemia e patrimônio histórico, tanto pré-inca quanto colonial. Tudo isso regado a muito pisco sour, acompanhado por uma das gastronomias mais em alta no planeta e a preços super camaradas. O Peru fica logo ali. Não deixe de visitá-lo. Confira tudo o que você precisa saber sobre esta parte do mundo: 

Guia de Viagem Peru do Escolha Viajar

LIGAÇÕES TELEFÔNICAS:
DDI do Peru – 51
Ligações a cobrar via Embratel (Brasil Direto) – 080050190

VOLTAGEM E TOMADAS: 220 volts, com dois tipos de tomadas. Uma de dois furos redondos paralelos (tipo C) e uma de dois furos chatos paralelos (tipo A). Aparelhos brasileiros com a antiga configuração de dois pinos redondos paralelos (também tipo C) não precisam de adaptador, mas os novos – com três pinos redondos, sendo dois paralelos e o do meio ligeiramente abaixo (tipo N) – precisam. Clique aqui para ver os tipos e saber mais sobre as tomadas de cada país.

COMO CHEGAR: O Peru está logo aqui ao lado do Brasil e não existe mistério nenhum para chegar até lá. De avião, há voos diretos para Lima partindo de várias capitais, sendo que a viagem de São Paulo dura 5h15 e do Rio, 5h50. Quem vai fazer uma viagem maior, incluindo países vizinhos, tem ainda a opção de entrar no Peru por terra. Da Bolívia, a rota mais comum entre os viajantes é via Lago Titicaca, sendo que a cidade boliviana de Copacabana está a apenas duas horas e meia de ônibus da peruana Puno (basta procurar qualquer agência de turismo para comprar a passagem).

SEGURO SAÚDE com 5% de desconto
O Seguro Saúde é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e recomendado em viagens para o exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Do Equador, a excelente empresa Cruz del Sur opera rotas desde Guayaquil até Mancora (8h20 de estrada), Trujillo (17h50) e Lima (28 horas). Do Chile, é possível cruzar a fronteira desde a cidade de Arica até Tacna, já no Peru, em apenas 1h30 de ônibus ou táxi internacional. A maioria dos viajantes faz a rota saindo de San Pedro do Atacama até Arica (8 horas de estrada) e, depois, segue de Tacna até Arequipa (mais 6 horas), que são as cidades turísticas mais próximas. Todas as passagens podem ser compradas diretamente nas respectivas rodoviárias ou terminais.

QUANDO VIAJAR (CLIMA): Existe um período do ano no qual você deve evitar viajar ao país sob risco de apenas perder tempo e dinheiro. O território peruano é extenso e dotado de climas variados, mas as duas regiões que basicamente interessam ao turista e das quais vamos falar são a costa e os Andes. Perto do mar, costuma ser muito seco ao longo de todo o ano, sendo que na capital, Lima, praticamente não chove. O que existe sim e bem forte é a umidade, que provoca nevoeiros intensos. Eles são mais presentes no período de inverno, entre maio e outubro. Nesta época, as temperaturas mínimas ficam entre 8ºC e 15ºC na parte sul e entre 14ºC e 18ºC na costa mais ao norte, enquanto as máximas variam dos 15ºC aos 23ºC no sul e dos 22ºC aos 29ºC no norte. No verão – dezembro a março -, os dias ficam ensolarados e os termômetros sobem.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

No sul, as mínimas vão de 18ºC a 22ºC e as máximas, de 24ºC a 30ºC. Já no norte, oscilam entre 20ºC e 23ºC na parte mais fresca do dia e entre 28ºC e 38ºC no auge do calor. A outra região do Peru por onde circulam muitos viajantes é a Cordilheira dos Andes, onde o clima é muito influenciado pela altura. O período mais seco do ano nesta parte do país é o do inverno, entre junho e setembro. É quando o tempo firma e os dias ficam ensolarados, com os termômetros subindo ao longo do dia e caindo à noite. Em Cusco, que está 3.400 metros acima do nível do mar e que serve como base para o clima em Machu Picchu, os termômetros variam em média dos 0ºC aos 20ºC nesta época do ano. Já durante o verão, de dezembro a março, ocorre o período de chuvas e neve nos Andes.

Sim, neva no verão porque é quando há umidade sobre as montanhas, mas apenas em altitudes superiores aos 4.000 metros. E falando em umidade, é por causa dela que você deve evitar visitar esta região do país neste período do ano: porque chove muito. Mas muito mesmo, a ponto de fazer os rios transbordarem, estradas fecharem e causar deslizamentos de terra. A precipitação é mais intensa em janeiro e fevereiro, sendo que neste mês a Trilha Inca para Machu Picchu fica FECHADA devido ao risco de deslizamentos. As temperaturas mínimas ficam pouco acima dos 6ºC e as máximas dificilmente passam dos 21ºC. Para conciliar uma visita às cidades da costa peruana com as dos Andes, a melhor solução é procurar viajar nos meses intermediários entre as épocas de seca e chuva, que são opostas nas duas regiões: abril ou novembro.

FUSO HORÁRIO: 2 horas a menos do que o horário de Brasília. Durante o horário de verão brasileiro, a diferença cai para 1 hora a menos.

QUANTO TEMPO FICAR: Nossa recomendação é que você reserve pelo menos 20 dias de viagem para conhecer o Peru como ele merece, mas quem tiver tempo disponível pode circular pelo país tranquilamente por 30 dias que vai ter muita coisa maravilhosa para ver. Para visitar a capital, Lima, são dois dias, sendo o primeiro dedicado ao bairro de Miraflores e o segundo ao centro histórico da cidade. Para visitar o sul do país, é bom tirar pelo menos três dias para circular entre o Oásis de Huacachina, as destilarias de Pisco, as Linhas de Nazca e a Reserva Nacional de Paracas. Cusco, Machu Picchu e o Vale Sagrado dos Incas exigem pelo menos quatro dias do seu roteiro.

Note que esse número pode aumentar consideravelmente se você pensa em fazer a Trilha Inca ou a Trilha Salkantay. Já Puno e o Lago Titicaca podem ser tranquilamente visitados em um único dia de passeio. Para conhecer Arequipa e o Cânion del Colca são mais dois dias no mínimo. Para conhecer as principais atrações de Huaraz, acrescente mais três dias no roteiro. E Trujillo, no norte, pode ser visitada em dois dias. Não esqueça que o Peru é um país de distâncias longas e, por isso, acrescente sempre um dia extra de deslocamento sempre que mudar de uma cidade para outra para calcular com exatidão seu tempo total de viagem.

MOEDA: Novo sol, sendo que US$ 1 = 3,27 PEN e R$ 1 = 0,92 PEN (cotações de maio de 2018).

DOCUMENTOS: Brasileiros não precisam de visto para viagens de turismo, por até 90 dias. Ao entrar no país, você deve apresentar um passaporte válido ou RG. 

VACINAS: O Peru não exige nenhuma vacina dos viajantes.

Guia de Viagem Peru - AtraçõesO que fazer no Peru:

Este vizinho é tão lindo e cheio de atrações que não vale a pena ir até lá só para ver Cusco e Machu Picchu! Veja 12 coisas imperdíveis o que fazer no Peru.

⇒ Confira aqui 12 atrações imperdíveis


Guia de Viagem Peru - HospedagemOnde se hospedar no Peru:

Onde ficar no Peru e gastar pouco? Confira sugestões de hospedagem com excelente custo-benefício nas cidades de Cusco, Lima, Trujillo, Huaraz e Puno.

⇒ Confira aqui onde se hospedar


Guia de Viagem Peru - CustosQuanto custa viajar para o Peru:

O Peru é uma delícia de viagem, seja pela quantidade de atrações incríveis, seja pelos precinhos super camaradas. Descubra quanto custa viajar para o Peru!

⇒ Confira aqui quanto custa a viagem


Guia de Viagem Peru - DicasDicas de viagem para o Peru:

Comprar entrada para Machu Picchu com antecedência? É caro? Quanto tempo ficar? Viajar de ônibus ou avião? Veja estas e outras dicas do Peru antes de viajar.

⇒ Confira aqui dicas para a viagem


Guia de Viagem Peru - RoteiroRoteiro de viagem no Peru:

Quer conhecer a terra dos incas como ela merece? Siga esta sugestão de roteiro no Peru e faça uma viagem de 18 dias pelo país mais fascinante da América do Sul.

⇒ Confira aqui roteiro de 18 dias


Guia de Viagem Peru - FotosConheça o Peru em 100 fotos:

Se você quiser passar um mês viajando por este país incrível não vai se arrepender! Veja 100 fotos do Peru e conheça atrações muito além de Machu Picchu!

⇒ Confira aqui 100 fotos do país


Guia de Viagem Peru - Como visitar a Laguna 69Saiba como visitar a Laguna 69:

Tudo o que precisa saber sobre como visitar a Laguna 69, no Peru, cada vez mais procurada por brasileiros e um dos lugares mais incríveis do mundo!

⇒ Veja aqui como visitar a Laguna 69


Guia de Viagem Peru - Visitar Machu PicchuSaiba como visitar Machu Picchu:

De trem ou ônibus? Pela Trilha Inca ou Salkantay? Fazer bate-volta ou dormir por lá? Subir ou não Huayna Picchu? Saiba tudo sobre como visitar Machu Picchu.

⇒ Veja aqui como visitar Machu Picchu

Posts relacionados

Deixe um comentário