Página inicial OceaniaNova Zelândia Saiba como visitar Cathedral Cove, a praia mais bonita da Nova Zelândia

Saiba como visitar Cathedral Cove, a praia mais bonita da Nova Zelândia

por Escolha Viajar
Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Aproveitar um dia de praia não é das coisas mais fáceis no clima predominantemente frio da Nova Zelândia. Mas isso não quer dizer que este país da Oceania não tenha belas faixas de areia para oferecer aos olhos. Cathedral Cove é considerada por muitas pessoas como a praia mais bonita da Nova Zelândia, o que não é pouco para uma nação cujo território de 270.000 quilômetros quadrados é formado por duas ilhas. Localizada na península de Coromandel, cerca de 90 km a leste de Auckland, esta pequena faixa de areia se destaca por suas formações geológicas, que compõem um cenário único e tão surreal que nem parece deste planeta. Ficou curioso? Calma que a gente mostra como visitar Cathedral Cove!

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NA NOVA ZELÂNDIA e pagar barato
⇒ GUIA DE VIAGEM NOVA ZELÂNDIA: Tudo que você precisa saber!

O litoral desta parte do país é recortado por falésias formadas por pedra porosa e cinzas espalhadas por erupções vulcânicas há milhões de anos. As rochas brancas desenharam baías, cavernas e outras figuras inusitadas que parecem reluzir contra o mar ora verde translúcido, ora azul profundo. A ‘catedral’ do nome, por exemplo, é um arco gigantesco na pedra, com o teto alto como de uma igreja, e que forma um túnel ligando duas faixas de areia branca e fofa. Do outro lado, um enorme bloco de rocha parece flutuar sobre o oceano.

Como visitar Cathedral Cove – Onde fica e como chegar

A Cathedral Cove Marine Reserve está localizada na Península de Coromandel, um dos destinos turísticos mais procurados da Nova Zelândia por suas praias e proximidade com Auckland, que é a maior cidade do país e de onde você pode dirigir ou pegar um ônibus intermunicipal. A área de preservação da Te Whanganui-a-Hei, como é conhecida em maori, vai da extremidade norte de Hahei até a Cook Bluff Scenic Reserve.

Como já dissemos, a cidade mais próxima de Cathedral é Hahei (na foto abaixo), mas muita gente prefere montar base no popular balneário de Whitianga, que fica a apenas 37 quilômetros de distância e tem muito mais atrações a oferecer. Se ficar baseado em Whitianga, as opções para chegar até a entrada da reserva são muitas: você pode dirigir um veículo alugado, pegar um shuttle ou contratar um tour de ônibus ou de barco. Note que o último trata-de de um passeio cênico e você não pode desembarcar na praia, pois é área de preservação ambiental.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Mas se você quer tranquilidade ou está interessado apenas em ver Cathedral, Hahei com certeza é o melhor lugar para ficar. Deste minúsculo balneário você pode ir a Cathedral Cove caminhando ou com um tour de caiaque. Existe também um ‘water taxi’ que sai da praia, mas este serviço só opera no verão. Independente da opção escolhida – com exceção do tour de barco, é claro -, é preciso caminhar para chegar até a praia.

Como visitar Cathedral Cove – A trilha até a praia

Partindo de Hahei, a ‘Cathedral Cove Walk’ tem 2,5 quilômetros e leva cerca de uma hora para ser percorrida (mais outra hora para voltar). O caminho é de nível fácil, começa na extremidade esquerda da praia e recompensa o viajante com belas vistas de Hahei do alto das pedras. Se preferir, você pode ir de carro até a entrada do centro de visitantes da reserva e poupar 20 minutos do seu fôlego, basta dirigir até o fim da Grange Road e virar à esquerda depois das lojas de Hahei.

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

Se você optar pelo acesso com veículo ou estiver vindo de Whitianga, vai desembarcar diretamente no estacionamento do centro de visitantes da reserva e, de lá, completar os 40 minutos de caminhada restantes. A entrada na Cathedral Cove Marine Reserve é gratuita. Não é permitido levar animais ou retirar qualquer tipo de elemento vivo do local.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

A primeira parada da ‘Cathedral Cove Walk’  pode ser feita na minúscula Gemstone Bay, famosa como ponto de snorkel. A área de mergulho é demarcada por boias, basta levar seu equipamento. Uma segunda parada pode ser feita na bela Stingray Bay (na foto acima), onde rochedos altos abraçam o mar de águas muito claras. Existe uma caverna marítima na ponta esquerda da praia, mas o acesso foi fechado devido ao risco de deslizamentos. Para chegar perto dela é preciso fazer o tour de barco.

Depois de Stingray Bay, a trilha passa a ser uma descida através de pastagens, mata nativa e florestas de pinheiros até chegar à escadaria que dá acesso à primeira faixa de areia de praia. Logo à esquerda, está a entrada do arco de pedra que dá nome ao lugar e faz a ligação com a segunda faixa de areia. E pronto, você chegou e já sabe como visitar Cathedral Cove!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Como visitar Cathedral Cove – Dicas para curtir a praia

Como já dissemos, Cathedral Cove é uma praia divida em duas praias de areias muito brancas e convidativas. No meio delas fica a tal catedral que dá nome ao lugar e que não é nenhuma construção humana, mas sim um gigantesco arco escavado na rocha, alto como o teto de uma igreja.

O governo da Nova Zelândia alerta que é preciso cuidado para atravessar a passagem, pois existe tanto o risco de uma subida súbita da água quanto de deslizamentos. Tome as devidas precauções e cruze para o outro lado, pois é a parte mais bonita da praia: de um lado, a catedral de rocha; do outro, um bloco gigantesco de pedra parece flutuar sobre o oceano.

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

O mar, apesar das belas cores, costuma ser gelado em Cathedral Cove, e poucos banhistas se arriscam. Se fizer questão de dar um mergulho, é aconselhavel levar roupas de snorkel, que ajudam a conter o frio. Atividades de mergulho são permitidas em toda a extensão da reserva, assim como caiaque (você pode levar o seu próprio ou alugar um em Hahei). També há passeios de barco de uma hora disponíveis durante o verão.

Lembre-se também de ter na mochila protetor solar, muita água e comida, pois não existe nada para vender dentro da área da reserva. Também não há serviços sanitários. A vegetação local e as rochas fornecem alguma sombra, mas se quiser passar o dia todo atirado na areia pode ser uma boa ideia leva uma barraca compacta. Quanto à chuva, não há nenhuma proteção, portanto pense em reservar pelo menos dois dias da sua viagem para ir a Cathedral, caso o tempo não colobore.

Agora que você já sabe como visitar Cathedral Cove e viu que é super fácil, não perca mais tempo e programe sua viagem para conhecer a praia mais bonita da Nova Zelândia!

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Desempacotados

*** O Escolha Viajar este em Cathedral Cove em dezembro de 2014 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais