Página inicial OceaniaAustrália Confira 10 dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Confira 10 dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

por Escolha Viajar
Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

A Austrália se parece muito com o Brasil: um país gigantesco, onde viajar significa percorrer longas distâncias, enfrentar climas muito variados, cheio de belezas naturais, praias de tirar o fôlego e gente bronzeada. Então, viajar até lá é sopinha no mel para a gente! Só que não. Nossas diferentes colonizações – britânica X portuguesa – foram capazes de abrir um abismo entre os dois países. Você não verá ninguém bebendo na praia na Austrália, nem fazendo barulho na rua depois das 22h, porque não é permitido. Além disso, lá se dirige e caminha pela esquerda, e não a direita. Por uma série de detalhes como esses, é bom ler algumas dicas da Austrália antes de viajar.

⇒ ONDE SE HOSPEDAR NA AUSTRÁLIA gastando pouco
⇒ GUIA DE VIAGEM AUSTRÁLIA: Tudo que você precisa saber!

Não que a terra dos cangurus seja um local complexo de se visitar. Muito pelo contrário. A Austrália é um país extremamente turístico e sabe muito bem como explorar suas belezas naturais e outras atrações. E põe explorar nisso, já que é um país bastante caro para se visitar. De cara, você já vai gastar mais de US$ 100 só para solicitar o visto de turismo, o que deve ser feito desde o Brasil antes do embarque. Além disso, a Austrália não oferece tanta qualidade de hospedagem e alimentação para quem quer viajar gastando pouco como a Europa, por exemplo.

Mas um pouco de pesquisa e preparação vão ajudar você a se manter dentro do orçamento. Confira 10 dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar:

Dicas da Austrália – Uma viagem gigantesca

Uma viagem para a Austrália não é coisa de cinco dias. Primeiro, porque você não vai até o outro lado do mundo só para dar uma olhadinha, não é mesmo? Segundo, porque este país da Oceania tem o tamanho de um continente inteiro, a exemplo do Brasil. Portanto, se você quer conhecer a Austrália, ou pelo menos a parte mais turística dela, prepare-se para uma viagem gigante. Quer você vá percorrer o território de ônibus, quer de avião, as distâncias são longas e você vai precisar reservar boa parte do seu tempo apenas para deslocamentos.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

Estamos falando de, no mínimo 20 dias para percorrer a costa leste do país, onde ficam as principais praias, cidades e atrações turísticas. Entre elas estão Melbourne, Sydney, Gold Coast, Ilhas Whitsunday – onde fica a famosa praia de Whitehaven -, Ilha Fraser, a Grande Barreira de Corais e a Great Ocean Road. Se você quiser estender o roteiro para o interior do país, onde fica o famoso ‘outback’, ou deserto, pode colocar mais quatro dias na conta. Se quiser ir até Perth, lá na costa oeste, são outros quatro etc. Confira aqui uma sugestão de roteiro de viagem pela Austrália de 22 dias.

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Imagem: Google Maps/Reprodução


Dicas da Austrália – Prepare-se para gastar muito

Uma viagem para a Austrália exige um bom planejamento financeiro, pois ela não é nada barata. Não porque a moeda local seja muito valorizada ou porque o custo de vida no país seja super alto, mas porque tudo o que está ligado ao turismo na terra dos cangurus sai caro. Hospedagem, transporte e, principalmente, entradas em atrações e passeios vão acrescentar alguns zeros na sua conta na hora de calcular quanto custa viajar para Austrália. Isso sem falar na passagem aérea até lá. Um ticket São Paulo-Sydney não sai por menos de R$ 5 mil (preço para junho de 2017).

Viaje para o exterior com internet no celular
Chegue ao seu destino com o celular funcionando! A EasySim4u oferece plano de dados em países do mundo todo para que você fique conectado à internet o tempo todo. Faça simulação de preços e compre aqui!

Uma cama em quarto compartilhado de hostel custa entre US$ 15 e US$ 25 em média, mas esse valor pode subir bastante em épocas de grandes eventos, como o Ano Novo de Sydney e o Australian Open. Já o transporte vai comer boa parte do seu orçamento de viagem. Um voo de uma hora e meia entre a Gold Coast – famoso reduto de surfistas e jovens bronzeadas – e Melbourne custa US$ 125,15 em empresa ‘low cost’. Passagens de ônibus não ficam muito atrás: de Cairns até Airlie Beach, US$ 148,40. Na hora de comer, prepare-se para comprar coisas nos supermercados e colocar mãos à obra, caso contrário vai gastar pelo menos US$ 30 em uma refeição para duas pessoas, com bebidas.

Mas o que encarece MESMO uma viagem à Austrália são as entradas nas atrações e passeios. Basicamente, nada é de graça na terra dos cangurus, a não ser a praia. Para conhecer os principais pontos turísticos de Sydney (Taronga Zoo, Sea Life Sydney Aquarium, Wild Life Sydney Zoo, Sydney Tower Eye e Sydney Opera House), você sempre terá que desembolsar entre US$ 30 e US$ 45 por pessoa. Um passeio de barco de dois dias para mergulhar na Grande Barreira de Corais sai por US$ 568,10 com tudo incluído, menos sessões de mergulho com cilindro. Outro tour de barco, para passar o dia em Whitehaven Beach, a praia mais bonita do país, custa US$ 141,65.

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Austrália – Hostels caros e não muito bons

Embora seja um país muito popular entre mochileiros e cheio de opções de hospedagem compartilhada, a Austrália não é pródiga em hostels bons e baratos. Para pagar pouco, você vai ter que aceitar pouca qualidade, e nem sempre é tão pouco assim. Uma cama em quarto compartilhado de albergue bem avaliado nos sites de reservas e com localização privilegiada em Sydney pode custar mais de US$ 40, um valor próximo aos encontrados na inflacionada Nova York e bem longe da Europa, onde bons hostels saem por menos de US$ 25.

⇒ Vai para Sydney? Reserve aqui sua hospedagem pelo Booking ⇐

Se estiver disposto a aceitar um nível menor de qualidade, você consegue encontrar preços entre US$ 15 e US$ 25 pelo país. Isso significa ter que dividir a acomodação com MUITA gente, ter que pagar WiFi à parte e nada de café da manhã. Mesmo assim, com um pouco de pesquisa, é possível encontrar lugares que se encaixem no meio-termo do custo-benefício. Confira aqui todas as nossas sugestões de onde ficar na Austrália e gastar pouco.

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Austrália – Respeite o horário de silêncio

Na Austrália, um país de colonização britânica, segue-se o costume das geladas terras da rainha de dormir muito cedo e acordar muito cedo. Hábito estranho em um lugar quase tão tropical quanto o Brasil, mas é assim que funciona. Acorda-se às 5h, a maioria das atividades começa às 8h, janta-se às 19h e, ás 23h, todos já estão recolhidos a suas camas.

Esse é um dos motivos pelos quais o horário de silêncio impera nas ruas da Austrália depois das 22h. Mesmo que seja uma deliciosa noite quente de verão e você queira aproveitá-la ao ar livre, não faça barulho. Se não, algum morador contrariado poderá até chamar a polícia (e cá entre nós, brasileiros já têm uma boa fama de baderneiros por lá).

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Austrália – Praia estranha, com bichos esquisitos

Não se surpreenda se, ao chegar a uma belíssima praia australiana em um dia quente de verão, não enxergar uma viva alma tomando banho de mar. Embora o litoral do país seja quase tão bonito por natureza quanto o brasileiro, os australianos convivem com algumas espécies menos amistosas do que os peixinhos brazucas em seus mares. Muitas delas são frequentadas por arraias, tubarões e águas-vivas em tal quantidade que ninguém se arrisca a entrar na água sem roupa de mergulho ou pelo menos de surfe.

Preste atenção ao avisos que são fixados nas areias antes de se jogar na água. Em muitas cidades balneárias australianas, a praia foi totalmente abolida e substituída por ‘lagoons’, que são piscinas à beira-mar, com direito à areia e palmeiras. Em outras, como Sydney, foram construídas piscinas nas rochas próximas das praias. Assim, as pessoas podem nadar e se refrescar sem o risco de nenhum ferimento. E põe ferimento nisso: uma ferroada de arraia-jamanta pode matar, assim como um ataque de tubarão, é claro. Não se arrisque!

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Austrália – Cuidado com os animais

Não tem como ir até a Austrália sem sonhar em tirar uma foto abraçadinho a um coala ou alimentar cangurus com as suas próprias mãos, não é mesmo? Pois é bom saber que essa prática não é liberada em todo o território australiano. Cada estado tem sua própria lei sobre se é permito e como é permitido o contato com os animais nativos. Em Queensland, que abrange todo o nordeste australiano e onde ficam Cairns, Brisbane, Whitsunday e outras localidades turísticas, você pode tocar coalas e cangurus desde que dentro de zoológicos autorizados para esse fim.

O lugar mais famoso entre os turistas para fazer isso é o Lone Pine Koala Sanctuary, em Brisbane, onde é possível desde a famosa fotinho segurando o coala no colo até um dia inteiro trabalhando com os tratadores profissionais dos animais. Mas existem diversos centros do tipo espalhados pelo estado, basta procurar o mais próximo ou o que se encaixa no seu bolso. Já em New South Wales e Victoria, estados que abrangem o sudeste da Austrália e onde estão localizadas as grandes cidades de Sydney e Melbourne, não é permitido tocar nos bichinhos, nem mesmo nos zoos.

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Austrália – Olhe para a esquerda!

Como dissemos mais acima, a Austrália é um país de colonização britânica. Por isso, a mão lá é a inglesa: dirige-se, caminha-se e até para-se na escada rolante do metrô no lado esquerdo, e não no direito. Por isso, pense bem antes de alugar um carro em uma viagem por lá – a não ser que você já tenha experiência com a mão inglesa, é claro. Se você nunca esteve em um país onde se dirige pela esquerda, preste muita atenção antes de atravessar a rua e olhe para todos os lados como garantia. Por causa das Olimpíadas de Sydney, em 2000, muitas ruas têm pintado no chão o providencial letreiro: ‘look left’ (olhe à esquerda).

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Austrália – Bebida só nas ‘liquor shops’

Outra coisa que qualquer brasileiro vai estranhar nas praias australianas é a ausência de pessoas bebendo cerveja. Isso porque não é permitido consumir bebidas alcoólicas ao ar livre no país. Nem na praia, nem na praça, nem no parque, nem na rua. Enfim, os únicos lugares onde você pode se refrescar com uma ‘loira’ não muito gelada – assim como os britânicos, os australianos bebem cerveja quase em temperatura ambiente – são os pubs, bares e restaurantes com autorização para este fim. E dentro de propriedades privadas, é claro. Outro detalhe, é que não há bebida alcoólica à venda em qualquer estabelecimento, como padarias e supermercados.

Apenas nas chamadas ‘liquor shops’, que são lojas só de bebidas e que funcionam com autorização do governos australiano para comercializar álcool. E que fecham as portas às 22h! Com tanta restrição de consumo, cerveja é um produto caro na Austrália. Um pint de cerveja das mais baratas (e não muito boas), não sai por menos de US$ 7,50 em The Rocks, o bairro boêmio de Sydney. O preço cai um pouco nas cidades menores, principalmente se você aproveitar as promoções do dia – algo comum na Austrália. No P.J.O’Brien’s, o pub mais badalado de Cairns, um pint pequeno – 350 ml – saía por US$ 2,65 em determinados dias e horários.

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Austrália – Clima muito variado

Planejar uma viagem para a Austrália é como planejar uma viagem ao Brasil: devido ao seu tamanho e variação climática, é preciso saber exatamente quais locais vai visitar para ter uma ideia de como estará o tempo em cada época do ano. E esse pode ser um quebra-cabeça e tanto! O norte e nordeste do país têm clima tropical: calor quase o ano todo e muita, mas MUITA chuva no verão (dezembro-março). Já o sudeste apresenta quatro estações bem definidas e chuvas também no verão. Mas, quanto mais para o sul do mapa, maior a chance de frio e neve com a proximidade do inverno (junho-agosto), que é também a época mais molhada do ano.

Enquanto isso, o centro e oeste do país estão sujeitos ao clima desértico, em que não chove quase nunca. Para tentar exemplificar melhor, usamos algumas das cidades mais procuradas por turistas na Austrália. Em Brisbane, que fica no estado de Queensland junto com Cairns e Whitsunday, as temperaturas médias mínimas e máximas variam de 20ºC a 30ºC no verão e de 10ºC a 26ºC no inverno. O período de chuvas vai de dezembro a março. Em Sydney, que fica no estado de New South Wales junto com a Gold Coast, as temperaturas médias mínimas e máximas variam de 18ºC a 27ºC no verão e de 8ºC a 22ºC no inverno.

O período de chuvas vai de dezembro a março. Em Melbourne, que fica no estado de Victoria, ao sul de New South Wales, as temperaturas médias mínimas e máximas variam de 14ºC a 27ºC no verão e de 7ºC a 18ºC no inverno. O período de chuvas vai de junho a setembro. Por isso tudo, a melhor coisa a se fazer antes de viajar para a Austrália é traçar um roteiro de viagem. Decididos os lugares que vai visitar, pesquise o clima em cada um deles e faça um balanço sobre qual a melhor época para viajar com base naquilo que você mais gosta: frio, praia, sol, neve, chuva etc.

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Dicas da Austrália – Brasileiros precisam de visto prévio

Brasileiros precisam de visto prévio para viagens a turismo – por até 90 dias – para a Austrália, além de tomar a vacina contra a febre amarela. O pedido de Visto de Visitante (Categoria Turismo – subclasse 600) é feito através de um formulário eletrônico a ser preenchido em inglês no site da embaixada e pagamento da taxa de solicitação (135 dólares australianos). O questionário é longo e você vai precisar anexar uma série de documentos para mostrar ao governo australiano que não está imigrando ilegalmente.

Entre eles estão foto, documentos de identidade, passagens, reservas de hotéis, vínculos com o Brasil como certidão de casamento ou atestado de emprego/matrícula, comprovantes de renda para pagar a viagem e bens. A resposta chega no seu e-mail em cerca de 30 dias. Uma vez autorizada a entrada no país, você só precisa apresentar o passaporte e o certificado internacional de vacinação quando chegar à Austrália. Confira aqui passo a passo como tirar visto de turismo para Austrália. E aqui como fazer a vacina contra febre amarela.

Dicas da Austrália que você precisa saber antes de viajar

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

*** O Escolha Viajar esteve na Austrália em março de 2012 e em dezembro/janeiro de 2014/2015 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais