Página inicial Guias de Viagem Guia de Viagem Jordânia: Tudo que você precisa saber antes de viajar

Guia de Viagem Jordânia: Tudo que você precisa saber antes de viajar

por Escolha Viajar
Guia de viagem Jordânia: Tudo que você precisa saber

A Jordânia é um território minúsculo encravado no coração do Oriente Médio e cujas fronteiras com vizinhos problemáticos – Síria, Israel e Iraque – acabam espantando muitos turistas. Mas não há o que temer em relação à segurança no país, onde é muito raro ocorrerem atentados. A Jordânia é um reino árabe pacífico, bastante ocidentalizado e governado por uma família real riquíssima e idolatrada. Você pode sair na rua à noite para ir a um supermercado com tranquilidade, sabendo que não será abordado por prestadores de serviços, vendedores ou tipos com más intenções. As mulheres com a cabeça descoberta não são alvo de olhares ou comentários desrespeitosos como em outros países de religião muçulmana. Mas é claro que ninguém viaja para ter segurança, mas sim para ver atrações turísticas.

E isso a Jordânia tem de sobra, embora sua área de apenas 89.000 km² – menor que o Estado de Santa Catarina – possa passar a impressão contrária. No sul, o país abriga nada menos do que as ruínas de Petra, eleitas uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Nessa região fica também o fascinante deserto vermelho de Wadi Rum. No norte estão as ruínas de cidade greco-romana de Jerash, algumas das mais bem preservadas do mundo. A capital, Amã, vale uma parada pelo magnífico anfiteatro. Ainda no norte, não perca a oportunidade de se hospedar em um resort à beira do Mar Morto e flutuar na água salgada. E, no meio do caminho entre o norte e sul, ficam algumas joias como o cânion de Wadi Mujib, o Castelo de Kerak e os mosaicos de Madaba. Confira tudo o que você precisa saber antes de embarcar para este pedaço do mundo no:

Guia de Viagem Jordânia do Escolha Viajar

LIGAÇÕES TELEFÔNICAS:
DDI da Jordânia – 962

VOLTAGEM E TOMADAS: 220 volts, com tomadas de cinco tipos diferentes! Há as de dois furos redondos paralelos tipos C e F, as de três furos redondos, sendo dois menores paralelos na base e um maior no meio e acima (tipo D), as de dois furos chatos lado a lado e um furo chato perpendicular localizado no meio e acima (tipo G) e as de três furos redondos, sendo dois paralelos na base e um no meio e ligeiramente acima (tipo J).

Aparelhos brasileiros com a antiga configuração de dois pinos redondos paralelos (tipo C) não precisam de adaptador para as tomadas também tipo C, tipo F, tipo D e tipo J. Os aparelhos que têm a configuração nova – com três pinos redondos, sendo dois paralelos e o do meio ligeiramente abaixo (tipo N) – precisam de adaptador para todas elas. Clique aqui para ver os tipos e saber mais sobre as tomadas de cada país.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

COMO CHEGAR: Não há voos diretos entre o Brasil e a Jordânia, mas várias companhias aéreas fazem a viagem com uma escala em cidades do Oriente Médio como Dubai e Doha, ou via Europa – Paris, Frankfurt, Londres, Istambul etc. A viagem dura a partir de 19 horas, sendo que os trajetos mais econômicos demoram em média 25 horas. O modo mais fácil de alcançar a Jordânia é incluí-la em uma viagem maior pela região. É possível chegar ao país de ônibus + ferry desde a Península do Sinai, no Egito; de van desde a popular Jerusalém, em Israel; ou a bordo de curtos voos diretos desde o Cairo, também no Egito (1 hora); Doha, no Qatar (3 horas); Dubai, nos Emirados Árabes (3 horas) e Istambul, na Turquia (2 horas).

CLIMA: A Jordânia tem clima semidesértico e desértico, com um verão seco e de temperaturas muito altas, especialmente de junho a agosto. Como quase todo o relevo da Jordânia é montanhoso, as noites costumam ser frescas, mas não se engane, pois os termômetros sobem rapidinho durante o dia. Na capital, Amã, que fica no norte do país, a temperatura média varia entre 18ºC e 33ºC nos meses de verão, com precipitação zero. No balneário de Aqaba, no extremo sul, piora para até 38ºC, também sem ver nenhuma gotinha d’água cair do céu.

É justamente nesta região, dominada por desertos e habitada pelo povo beduíno, que estão localizadas duas das maiores atrações das Jordânia, Petra e Wadi Rum. Portanto, o melhor é evitar fazer turismo nesta época, ou o sofrimento pode acabar sendo maior do que o prazer. Os meses com temperaturas maia agradáveis para ir à Jordânia são setembro-outubro e abril-maio, quando faz entre 10ºC e 30ºC. Já no inverno (novembro-fevereiro), os termômetros caem para de 4ºC a 15ºC.

FUSO HORÁRIO: 5 horas a mais que o horário de Brasília. Durante o horário de verão local, a diferença aumenta para 6 horas.

QUANTO TEMPO FICAR: Muita gente subestima o tempo de uma viagem à Jordânia por ser um país de tamanho bastante diminuto (89 mil km², área menor do que a do Estado de Santa Catarina). Mas há muita coisa legal para visitar por lá e nenhum motivo para fazer isso correndo. Em seis dias, você consegue conhecer todas as principais atrações do país como elas merecem. Calcule um dia para visitar Amã e as ruínas da cidade de Jerash. Mais um dia para ir ao local do batismo, no Rio Jordão (‘Bethany Beyond the Jordan’) e boiar no Mar Morto.

Outro dia para visitar Madaba – a cidade dos mosaicos -, passar pelo Cânion de Wadi Mujib e conhecer o castelo cruzado de Kerak. Petra vai exigir de você dois dias de viagem se quiser percorrer as trilhas sem morrer de cansaço e apreciar o espetáculo noturno ‘Petra by Night’. O sexto dia é dedicado ao deserto vermelho do Wadi Rum, com direito a dormir uma noite em um acampamento beduíno. A boa notícia é que, como as distâncias são curtas, você não precisa reservar dias extras para fazer os deslocamentos, como acontece em países grandes como a Austrália e a Índia.

MOEDA: Dinar, sendo que US$ 1 = 0,70 JOD e R$ 1 = 0,22 JOD (cotações de junho de 2017).

DOCUMENTOS: Brasileiros precisam de visto para viagens a turismo, por até 90 dias, mas ele pode ser obtido na chegada à Jordânia. Também é preciso fazer a vacina contra febre amarela. Para ter a permissão de entrada você deve apresentar um passaporte válido por pelo menos seis meses, o certificado internacional de vacinação e pagar a taxa de US$ 55. Clique aqui para saber como fazer a vacina contra febre amarela.

Guia de viagem Jordânia - AtraçõesO que fazer na Jordânia:

Este pequeno reino árabe no Oriente Médio ganhou fama por abrigar uma das Sete Maravilhas do Mundo: Petra. Mas há muito mais coisas imperdíveis na Jordânia!

⇒ Confira aqui 8 atrações imperdíveis


Guia de viagem Jordânia - HospedagemOnde se hospedar na Jordânia:

Achar onde ficar na Jordânia por um excelente custo-benefício não é nada difícil. Veja opções de hospedagem em Amã, Petra, Mar Morto e deserto de Wadi Rum.

⇒ Confira aqui onde se hospedar


Guia de viagem Jordânia - CustosQuanto custa viajar para Jordânia:

A primeira impressão dos custos dessa viagem pode ser um grande susto: a moeda local, o dinar, vale mais que o dólar! Saiba quanto custa viajar para Jordânia.

⇒ Confira aqui quanto custa a viagem


Guia de viagem Jordânia - Dicas úteisDicas de viagem para Jordânia:

Acha a região perigosa? Pensa que lá só tem Petra? Errado! Reunimos 10 dicas da Jordânia que farão você colocá-la na sua ‘wish list’ de viagens rapidinho.

⇒ Confira aqui as dicas essenciais


Guia de viagem Jordânia - RoteiroRoteiro de viagem pela Jordânia:

A Jordânia é mais do que lar de uma das Sete Maravilhas. Confira esta sugestão de roteiro de viagem pela Jordânia e descubra muitas maravilhas além de Petra.

⇒ Confira aqui sugestão de roteiro


Guia de viagem Jordânia - FotosConheça a Jordânia em 60 fotos:

Faça uma ‘viagem’ pelas areias douradas do Mar Morto, pelas tumbas rosadas de Petra, pelo deserto vermelho de Wadi Rum e além. Confira 60 fotos da Jordânia!

⇒ Confira aqui 60 fotos do país


Guia de viagem Jordânia - Como visitar PetraSaiba como visitar Petra:

Apesar da vizinhança com a Síria, é impossível resistir à única Maravilha do Mundo sem multidões. Veja tudo que você precisa saber sobre como visitar Petra.

⇒ Confira aqui como visitar Petra

Posts relacionados

Deixe um comentário

2 comentários

ana 17 de janeiro de 2018 - 20:29

Parabéns pelas super dicas de viagem . Voces utilizaram guia local em português ou agencia local? Poderia passar o contato. Obg

Responder
Escolha Viajar 21 de janeiro de 2018 - 00:09

Olá, Ana!
Contratamos um guia em inglês, mas não sabemos nem o nome dele ou da agência. Compramos o passeio pelo site City Discovery, que é um indexador de agências de viagem.
Um abraço,
Tici&Marquinhos

Responder

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais