Página inicial EuropaPortugal Como visitar o Santuário de Fátima, local de devoção e fé em Portugal

Como visitar o Santuário de Fátima, local de devoção e fé em Portugal

por Escolha Viajar
Santuário de Fátima, em Portugal

O Santuário de Fátima, localizado na cidade do mesmo nome no coração de Portugal, é nada menos do que um dos principais locais de peregrinação cristã e devoção católica no mundo todo. Maior santuário do país, Fátima é também um dos principais destinos de turismo religioso do planeta, recebendo nada menos do que 6 milhões de pessoas todos os anos. Sua importância para o catolicismo é tamanha que o local foi visitado pelos papas Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991 e 2000), Bento XVI (2010) e Francisco (2017). E, se você é devoto de Maria, com certeza também deve incluir o Santuário de Fátima em seu roteiro de viagem por Portugal. É um passeio emocionante!

⇒ ONDE SE HOSPEDAR EM PORTUGAL e gastar pouco dinheiro
⇒ GUIA DE VIAGEM PORTUGAL: Tudo que você precisa saber!

Como sempre, para começar, vamos contar um pouco de história. O Santuário de Fátima é oficialmente conhecido como  Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e é dedicado, obviamente, à Maria. Tudo começou em 1917, quando três crianças pastoras chamadas Lúcia, Francisco e Jacinta afirmaram terem presenciado aparições de Nossa Senhora em Fátima. Em suas mensagens, ela teria pedido que se rezasse o rosário e que construíssem uma capela em sua homenagem. As supostas aparições geraram tanto furor na época que, em 1919, já lá estava a Capelinha das Aparições. Foi o pontapé inicial para a formação do santuário, que hoje ocupa uma área com o dobro do tamanho da Praça de São Pedro, no Vaticano.

O gigantesco complexo católico reúne não só a capelinha, mas também uma série de outros prédios e locais de oração. Logo ao chegar, você encontrará, na entrada do Santuário de Fátima, o Centro Pastoral Paulo VI. Atrás, está a moderna Basílica da Santíssima Trindade. Passando por ela, você chegará a um enorme pátio, que costuma abrigar milhares de peregrinos durante os dias de maior movimentação no santuário, como as datas comemorativas cristãs. No centro, fica o Monumento ao Coração de Jesus. À esquerda, estão a Capelinha das Aparições – hoje cercada por um moderno alpendre -, centro de informações aos visitantes e o local para compra e queima de velas. É lindo ver a quantidade e o tamanho das velas ardendo!

Basílica de Nossa Senhora do Rosário, no Santuário de Fátima - Portugal

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

É na capelinha que se concentram as celebrações e momentos de oração diários do Santuário de Fátima, já que ela teria sido erguida no exato ponto em que Maria apareceu aos pastores, sob uma árvore. Nela está a famosa imagem de Nossa Senhora de Fátima que simboliza o local. Ao fim do pátio há uma grande tribuna e, atrás dela, ergue-se contra o céu azul a beleza imaculada da Basílica de Nossa Senhora do Rosário. Construído em 1928, o templo em estilo neo-barroco é ornado por uma torre de 65 metros de altura, em cujo topo está uma coroa de bronze de 7 toneladas. A basílica é cercada por colunas de ambos os lados. Em seu interior, estão os túmulos dos pastores que afirmam ter visto Maria.

SEGURO VIAGEM com 5% de desconto
O Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO para a maioria dos países da Europa e protege sua saúde no exterior. Faça aqui sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Use o código promocional: ESCOLHAVIAJAR5!

À direita do altar jaz Lúcia dos Santos, que se tornou freira e morreu em 2005 (seu processo de canonização está próximo do fim). À esquerda estão os irmãos Francisco e Jacinta Marto, que faleceram ainda meninos e hoje são santos da Igreja Católica. Para quem quiser agilizar a visita, a dica é entrar pela lateral do complexo que tem acesso pela rua Anjo de Portugal e que fica à esquerda se você está olhando de frente para a basílica, ou á direita se está vendo-a dos fundos, de costas (veja o mapa mais abaixo). Assim, você já estará muito próximo tanto da igreja quanto da capelinha, que são tradicionalmente os pontos mais buscados pelos visitantes e peregrinos.

Santuário de Fátima, em Portugal

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Também é na frente dessa entrada que fica a loja do santuário, onde você pode comprar os populares rosários de Fátima e toda outra sorte de souvenires. Mas, mesmo que entre pela frente e tenha que percorrer todo o santuário, você não precisa se preocupar em passar muito tempo na cidade. Se não pretende assistir a nenhuma missa, a visita não deve durar mais do que duas horas. Se for, confira o horário das celebrações e orações no site oficial. Mas se quiser presenciar a famosa Procissão das Velas, é melhor se programar para dormir uma noite em Fátima, já que ela só ocorre nos sábados, às 22h15. Não tivemos a oportunidade de ficar, mas com certeza é uma celebração de beleza ímpar.

⇒ Reserve já seu hotel em Fátima e garanta os melhores preços! ⇐

E vale a pena conhecer o Santuário de Fátima se você não é católico ou não pratica a religião? Sinceramente, não. O lugar tem sua beleza especial para os devotos, mas não é tão marcante assim para quem o olha friamente, apenas com um ponto turístico. Com certeza, Portugal tem atrações muito mais interessantes e bonitas para se visitar. Entre elas estão os mosteiros históricos de Batalha e Alcobaça, que ficam nas proximidades de Fátima. A maioria dos tours que percorre a região vai aos três locais em um único dia, o que pode tornar o passeio bem mais palatável para os não católicos ou devotos.


Santuário de Fátima – Quando visitar

Não existe um horário oficial de abertura e fechamento do santuário, já que o acesso ao mesmo é livre. As missas e celebrações começam cedinho pela manhã, às 7h30, e seguem por todo o dia até por volta das 22h30, 23h. O local fica aberto todos os dias do ano, inclusive nas datas comemorativas. Mas, se você quiser evitar evitar multidões de peregrinos, é melhor evitar dias sagrados para o catolicismo, como a Páscoa e o Natal. Além disso, fuja da semana de 13 de maio, quando se celebra a primeira aparição de Maria para os pastores. Aliás, todos os dias 13 de cada mês costumam ser bem mais movimentados que o normal. Se puder, faça sua visita no meio da semana, quando poderá ver tudo com mais calma e paz.

Santuário de Fátima, em Portugal

Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar


Santuário de Fátima – Como chegar

A cidade de Fátima fica na região de Estremadura e Ribatejo, 130 quilômetros ao norte de Lisboa e 85 quilômetros ao sul de Coimbra. Para chegar até ela de carro alugado não existe nenhum mistério, é só setar o destino no GPS e aproveitar as excelentes autoestradas portuguesas. Há diversos estacionamentos muito bem sinalizados ao redor do santuário, sendo que alguns são pagos e outros, gratuitos. Quer fazer uma cotação de aluguel? Clique aqui! A maioria dos turistas não fica na cidade, combinando a visita a Fátima com atrações vizinhas. São elas o Mosteiro de Alcobaça (em Alcobaça, a 23 quilômetros de distância), o Convento de Cristo (em Tomar, a 45 quilômetros), o Mosteiro da Batalha (em Batalha, a 20 quilômetros) e a cidade medieval de Óbidos (88 quilômetros).

Você pode percorrer tudo saindo de Lisboa e voltar para lá ou ainda no caminho para as cidades de Coimbra e Porto, também muito procuradas por turistas. Outra maneira de visitar o Santuário de Fátima é contratando um tour que costuma percorrer a região saindo de Lisboa – peça informações no seu hotel ou agência. Para conhecer o santuário por conta própria, mas sem carro, o único transporte viável é o ônibus. É possível chegar a Fátima em coletivos da Rede Nacional de Expressos desde Lisboa (1h30 de viagem por 12,50 euros o trecho ou 21 ida e volta), Coimbra (1 hora por 11 euros o trecho ou 19 ida e volta) e Porto (2 horas por 18 euros o trecho ou 30,50 ida e volta).

De Lisboa, os carros partem de hora em hora da Estação Sete Rios a partir das 7h, sendo a última volta às 20h30. Coletivos da RodoTejo fazem trajetos mais curtos, desde Alcobaça, Tomar, Óbidos, Batalha e outras cidades da região. Mas os carros até a pequena rodoviária de Fátima – que fica a apenas 500 metros do santuário – não são muito frequentes. Consulte o site da empresa para ver todos os horários, paradas e duração da viagem. Para quem não está contando as moedinhas, é possível fazer as visitas a Alcobaça e Batalha saindo de táxi de Fátima e voltando para lá no fim do passeio. Motoristas da cidade costumam fechar pacotes desse tipo, mas os preços com certeza não serão dos mais amigáveis.

*** O Escolha Viajar esteve em Portugal em setembro/outubro de 2017 ***

Posts relacionados

Deixe um comentário

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para melhorar sua experiência. E, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Saiba Mais